Promessa de um clássico muito seguro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Torcidas organizadas de Sergipe e Confiança participaram da reunião sobre segurança do da manhã desta terça-feira na sede da FSF
Torcidas organizadas de Sergipe e Confiança participaram da reunião sobre segurança do da manhã desta terça-feira na sede da FSF

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 30/01/2019 às 06:21:00

 

A Federação Sergipa
na de Futebol (FSF) 
e a Policia Militar de Sergipe (PM-SE) têm primado pela segurança nos estádios de futebol, traçando normas, reunindo torcedores e dirigentes, sempre que acontecem grandes jogos no futebol sergipano. E os resultados tem sido os melhores, com a redução da violência nas praças de esportes.   
Domingo (3) teremos mais um clássico entre Confiança e Sergipe na Arena Batistão, este válido pela Copa do Nordeste. Objetivando definir um plano de segurança para essa partida, a Federação Sergipana de Futebol realizou na manhã desta terça-feira (29) uma reunião na sede da FSF.
A reunião aconteceu no auditório da FSF e contou com as presenças de representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal de Aracaju e OAB. Além do administrador da Arena Batistão, Sidrack Marinho e do coordenador da segurança privada da arena, Magno Silvestre. A reunião também contou com a participação das torcidas organizadas do Sergipe e Confiança. O diretor de Competições da FSF, Gleyson Prado comandou o evento que foi finalizado no início da tarde. 
Alguns pontos importantes sobre segurança nos estádios foram debatidos, ficando definido também a logística para a partida de domingo entre Confiança e Sergipe.
Medidas de segurança - Ficou definido por exemplo, que as torcidas serão escoltadas dos seus pontos de concentração até o Arena Batistão. A torcida rubra concentra no Estádio João Hora e segue pela avenida Edézio Vieira de Melo, sob escolta do Pelotão de Choque, enquanto a torcida proletária concentra na Praça Olímpio Campos e segue até a Arena Batistão escoltada pela Cavalaria da PM.
A PM alerta que vai levar cães farejadores e fará vistorias aleatórias. Em caso de vitória deixará o estádio primeiro, a torcida do time perdedor. 30 minutos depois a do vencedor. Em caso de empate, a torcida do Confiança, que tem mando de campo, fica no estádio por mais 30 minutos. Ou seja, com empate a torcida rubra sai primeiro.
A abertura dos portões acontece às 14h30, mas pela manhã do domingo será aberta uma bilheteria na Arena Batistão, pelo lado das cadeiras. Fogos de artifício estão suspensos pelos bombeiros até autorização formal. Encerrando a reuhnião, as torcidas foram parabenizadas pelo comportamento no último clássico, um dos mais tranquilos já vistos. 

A Federação Sergipa na de Futebol (FSF)  e a Policia Militar de Sergipe (PM-SE) têm primado pela segurança nos estádios de futebol, traçando normas, reunindo torcedores e dirigentes, sempre que acontecem grandes jogos no futebol sergipano. E os resultados tem sido os melhores, com a redução da violência nas praças de esportes.   
Domingo (3) teremos mais um clássico entre Confiança e Sergipe na Arena Batistão, este válido pela Copa do Nordeste. Objetivando definir um plano de segurança para essa partida, a Federação Sergipana de Futebol realizou na manhã desta terça-feira (29) uma reunião na sede da FSF.
A reunião aconteceu no auditório da FSF e contou com as presenças de representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal de Aracaju e OAB. Além do administrador da Arena Batistão, Sidrack Marinho e do coordenador da segurança privada da arena, Magno Silvestre. A reunião também contou com a participação das torcidas organizadas do Sergipe e Confiança. O diretor de Competições da FSF, Gleyson Prado comandou o evento que foi finalizado no início da tarde. 
Alguns pontos importantes sobre segurança nos estádios foram debatidos, ficando definido também a logística para a partida de domingo entre Confiança e Sergipe.

Medidas de segurança - Ficou definido por exemplo, que as torcidas serão escoltadas dos seus pontos de concentração até o Arena Batistão. A torcida rubra concentra no Estádio João Hora e segue pela avenida Edézio Vieira de Melo, sob escolta do Pelotão de Choque, enquanto a torcida proletária concentra na Praça Olímpio Campos e segue até a Arena Batistão escoltada pela Cavalaria da PM.
A PM alerta que vai levar cães farejadores e fará vistorias aleatórias. Em caso de vitória deixará o estádio primeiro, a torcida do time perdedor. 30 minutos depois a do vencedor. Em caso de empate, a torcida do Confiança, que tem mando de campo, fica no estádio por mais 30 minutos. Ou seja, com empate a torcida rubra sai primeiro.
A abertura dos portões acontece às 14h30, mas pela manhã do domingo será aberta uma bilheteria na Arena Batistão, pelo lado das cadeiras. Fogos de artifício estão suspensos pelos bombeiros até autorização formal. Encerrando a reuhnião, as torcidas foram parabenizadas pelo comportamento no último clássico, um dos mais tranquilos já vistos.