Onyx diz que governo não vai intervir na diretoria da Vale

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 30/01/2019 às 06:31:00

 

Ana Cristina Campos e Carolina Gonçalves 
Agência Brasil  Brasília
O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou ontem (29) que o governo federal não vai intervir na diretoria da Vale, empresa responsável pela barragem que se rompeu em Brumadinho, em Minas Gerais.
Segundo ele, o governo tem a golden share (ação de ouro) da Vale. "Essa posição não permite interferência na gestão propriamente dita. Essa é uma decisão do Conselho de Administração [da empresa]", disse, após a reunião do Conselho de Governo sobre a tragédia ocorrida há quatro dias. "Não há condição de haver qualquer grau de intervenção até porque essa não seria uma sinalização desejada ao mercado", completou.
O ministro foi perguntado se o governo apoia a atual diretoria da Vale. "Temos que aguardar o andamento das investigações. Não cabe ao governo federal apoiar nenhuma empresa ou diretoria que não seja da sua administração", disse Onyx.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou ontem (29) que o governo federal não vai intervir na diretoria da Vale, empresa responsável pela barragem que se rompeu em Brumadinho, em Minas Gerais.
Segundo ele, o governo tem a golden share (ação de ouro) da Vale. "Essa posição não permite interferência na gestão propriamente dita. Essa é uma decisão do Conselho de Administração [da empresa]", disse, após a reunião do Conselho de Governo sobre a tragédia ocorrida há quatro dias. "Não há condição de haver qualquer grau de intervenção até porque essa não seria uma sinalização desejada ao mercado", completou.
O ministro foi perguntado se o governo apoia a atual diretoria da Vale. "Temos que aguardar o andamento das investigações. Não cabe ao governo federal apoiar nenhuma empresa ou diretoria que não seja da sua administração", disse Onyx.