Lavagem das escadarias da Igreja Matriz em Nossa Senhora do Socorro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 31/01/2019 às 06:49:00

 

Neste sábado, 02, dezenas de adeptos e simpatizantes das religiões de matriz africana participam do ato em homenagem a Nossa Senhora do Pérpetuo Socorro, padroeira do município de Nossa Senhora do Socorro.
A Lavagem das Escadarias da Igreja Matriz, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), marca um momento de fé, união e respeito às religiões durante as comemorações ao Dia da Padroeira.
No calendário litúrgico das religiões de matriz africana, no dia 2 de fevereiro comemora-se o dia de Ìyemanjá, considerada protetora dos pescadores e jangadeiros, mãe das águas, mãe de todos, por isso é chamada de Ìyá Orí, "mãe de todas as cabeças''.
A concentração acontecerá a partir das 07h, na Igreja Matriz e, após a lavagem das escadarias, a programação se estenderá em um cortejo em direção à Prainha do Porto Grande, onde sacerdotes e sacerdotisas farão a entrega das oferendas.
O evento reflete a diversidade cultural e religiosa do município, unindo católicos, candomblecistas, umbandistas e a sociedade socorrense, e conta com total apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura.
A programação da Festa da Padroeira acontece entre os dias entre 1 e 2 com programação cultural, a partir das 21h, na sede do município.

Neste sábado, 02, dezenas de adeptos e simpatizantes das religiões de matriz africana participam do ato em homenagem a Nossa Senhora do Pérpetuo Socorro, padroeira do município de Nossa Senhora do Socorro.
A Lavagem das Escadarias da Igreja Matriz, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), marca um momento de fé, união e respeito às religiões durante as comemorações ao Dia da Padroeira.
No calendário litúrgico das religiões de matriz africana, no dia 2 de fevereiro comemora-se o dia de Ìyemanjá, considerada protetora dos pescadores e jangadeiros, mãe das águas, mãe de todos, por isso é chamada de Ìyá Orí, "mãe de todas as cabeças''.
A concentração acontecerá a partir das 07h, na Igreja Matriz e, após a lavagem das escadarias, a programação se estenderá em um cortejo em direção à Prainha do Porto Grande, onde sacerdotes e sacerdotisas farão a entrega das oferendas.
O evento reflete a diversidade cultural e religiosa do município, unindo católicos, candomblecistas, umbandistas e a sociedade socorrense, e conta com total apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura.
A programação da Festa da Padroeira acontece entre os dias entre 1 e 2 com programação cultural, a partir das 21h, na sede do município.