Duplas brasileiras buscam medalhas na etapa do Chile

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 01/02/2019 às 06:17:00

 

O segundo desafio das duplas brasileiras no Circuito Sul-Americano de vôlei de praia 2019 acontece neste final de semana, de sexta-feira (01.02) a domingo (03.02), em Coquimbo, no Chile. O país será representado por quatro duplas, duas no gênero masculino e duas no feminino, que buscarão repetir os títulos conquistados em 2017 e 2018.
No naipe feminino, o Brasil será representado pela sergipana Tainá Bigi e a mato-grossense Victoria Lopes e Carolina Horta/Ângela (CE/DF), enquanto, no masculino Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) e Jô/Léo Gomes (PB/DF) serão os times que defenderão o país. O torneio conta com 16 duplas em cada gênero, divididas em quatro grupos. Os dois melhores avançam à fase eliminatória.
Os pontos obtidos em cada etapa vão para o país, de acordo com a classificação final da melhor dupla de cada nação nos eventos. Ao final, os pontos são somados e o país na liderança do ranking é declarado campeão geral. 
O Circuito Sul-Americano contará em 2019 com cinco etapas regulares e dois torneios 'Finals', com maior pontuação e premiação, sendo um para o naipe masculino, e outro para o naipe feminino. Além de São Francisco do Sul, estão confirmadas etapas em Coquimbo (Chile), Lima (Peru), Brasília (DF) e Camaçari (Bahia). Os torneios 'Finals' serão em Resistência (Argentina), para o naipe feminino, e Brasil, em cidade a definir, no masculino.

O segundo desafio das duplas brasileiras no Circuito Sul-Americano de vôlei de praia 2019 acontece neste final de semana, de sexta-feira (01.02) a domingo (03.02), em Coquimbo, no Chile. O país será representado por quatro duplas, duas no gênero masculino e duas no feminino, que buscarão repetir os títulos conquistados em 2017 e 2018.
No naipe feminino, o Brasil será representado pela sergipana Tainá Bigi e a mato-grossense Victoria Lopes e Carolina Horta/Ângela (CE/DF), enquanto, no masculino Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR) e Jô/Léo Gomes (PB/DF) serão os times que defenderão o país. O torneio conta com 16 duplas em cada gênero, divididas em quatro grupos. Os dois melhores avançam à fase eliminatória.
Os pontos obtidos em cada etapa vão para o país, de acordo com a classificação final da melhor dupla de cada nação nos eventos. Ao final, os pontos são somados e o país na liderança do ranking é declarado campeão geral. 
O Circuito Sul-Americano contará em 2019 com cinco etapas regulares e dois torneios 'Finals', com maior pontuação e premiação, sendo um para o naipe masculino, e outro para o naipe feminino. Além de São Francisco do Sul, estão confirmadas etapas em Coquimbo (Chile), Lima (Peru), Brasília (DF) e Camaçari (Bahia). Os torneios 'Finals' serão em Resistência (Argentina), para o naipe feminino, e Brasil, em cidade a definir, no masculino.