Edise lança o livro 'Ranulfo Prata - Vida & Obra'

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/02/2019 às 05:02:00

 

A Editora Diário Oficial de Sergipe (Edise) lança o livro 'Ranulfo Prata - Vida e Obra', organizado por Gilfrancisco Santos, no dia 7 de fevereiro, às 19 horas, na Biblioteca Ranulpho Prata, em Barretos, São Paulo.
A obra conta a trajetória de vida de um dos mais importantes escritores do país, o sergipano Ranulfo Prata, médico, contista e romancista. Ranulfo Prata nasceu no dia 04 de maio de 1896, na cidade de Lagarto, Sergipe. Entrou na Faculdade de Medicina de Salvador, Bahia, onde deu início a sua vida acadêmica e apresentou os primeiros interesses em literatura quando escreveu o conto 'O tropeiro', que foi publicado no Jornal A Tarde, de Salvador. A obra trouxe reconhecimento ao seu nome no campo literário e acadêmico quando, em 1926, conquistou o prêmio de melhor romancista no concurso promovido pela Academia Brasileira de Letras, com o conto 'O lírio na torrente'.
Depois de passados quatro anos de graduação em Salvador foi morar no Rio de Janeiro para concluir o curso em 1920 na Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro. Casou-se com a professora Maria da Gloria Brandão Prata e teve o seu primeiro filho, Paulo. No ano de 1924, decidiu se mudar para a cidade de Santos, São Paulo,  onde o casal se radicou e até hoje estão os seus descendentes. 
Gilfrancisco Santos, organizador da obra, relata que a escolha do tema se deu quando chegou a Aracaju para coordenar o curso de Letras, da Universidade Tiradentes, e resolveu reunir uma lista de escritores para embasar suas aulas. Durante as pesquisas, notou sua familiarização com a história de Ranulfo Prata e decidiu embarcar nesse tema. "O livro é uma homenagem, uma dívida que temos com Ranulfo", ressalta Gilfrancisco Santos.
O presidente da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe - Segrase, Ricardo Roriz, explica como a publicação dessa obra é especial: "Todos os amantes da literatura conhecem Ranulfo Prata e suas obras, sabe da importância que ele teve não só para o mundo literário, mas também para o campo da saúde. E é a história de mais um sergipano que ganhou o respeito nacional", e completa: "me orgulha saber que nossa Editora levará mais essa obra para as mãos e prateleiras dos leitores, em especial a família do homenageado".
Para àqueles que, depois da leitura desse livro bibliográfico, tenham o interesse de conhecer todas as publicações do autor Ranulfo Prata, registramos outras obras escritas por ele: 'O Triunfo - 1918', 'Dentro da Vida - 1922', 'Lampião - 1934', 'Navios Iluminados - 1937' e o conto 'A longa estrada - 1925'.

A Editora Diário Oficial de Sergipe (Edise) lança o livro 'Ranulfo Prata - Vida e Obra', organizado por Gilfrancisco Santos, no dia 7 de fevereiro, às 19 horas, na Biblioteca Ranulpho Prata, em Barretos, São Paulo.
A obra conta a trajetória de vida de um dos mais importantes escritores do país, o sergipano Ranulfo Prata, médico, contista e romancista. Ranulfo Prata nasceu no dia 04 de maio de 1896, na cidade de Lagarto, Sergipe. Entrou na Faculdade de Medicina de Salvador, Bahia, onde deu início a sua vida acadêmica e apresentou os primeiros interesses em literatura quando escreveu o conto 'O tropeiro', que foi publicado no Jornal A Tarde, de Salvador. A obra trouxe reconhecimento ao seu nome no campo literário e acadêmico quando, em 1926, conquistou o prêmio de melhor romancista no concurso promovido pela Academia Brasileira de Letras, com o conto 'O lírio na torrente'.
Depois de passados quatro anos de graduação em Salvador foi morar no Rio de Janeiro para concluir o curso em 1920 na Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro. Casou-se com a professora Maria da Gloria Brandão Prata e teve o seu primeiro filho, Paulo. No ano de 1924, decidiu se mudar para a cidade de Santos, São Paulo,  onde o casal se radicou e até hoje estão os seus descendentes. 
Gilfrancisco Santos, organizador da obra, relata que a escolha do tema se deu quando chegou a Aracaju para coordenar o curso de Letras, da Universidade Tiradentes, e resolveu reunir uma lista de escritores para embasar suas aulas. Durante as pesquisas, notou sua familiarização com a história de Ranulfo Prata e decidiu embarcar nesse tema. "O livro é uma homenagem, uma dívida que temos com Ranulfo", ressalta Gilfrancisco Santos.
O presidente da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe - Segrase, Ricardo Roriz, explica como a publicação dessa obra é especial: "Todos os amantes da literatura conhecem Ranulfo Prata e suas obras, sabe da importância que ele teve não só para o mundo literário, mas também para o campo da saúde. E é a história de mais um sergipano que ganhou o respeito nacional", e completa: "me orgulha saber que nossa Editora levará mais essa obra para as mãos e prateleiras dos leitores, em especial a família do homenageado".
Para àqueles que, depois da leitura desse livro bibliográfico, tenham o interesse de conhecer todas as publicações do autor Ranulfo Prata, registramos outras obras escritas por ele: 'O Triunfo - 1918', 'Dentro da Vida - 1922', 'Lampião - 1934', 'Navios Iluminados - 1937' e o conto 'A longa estrada - 1925'.