Mulher morre esfaqueada pelo ex-namorado em Umbaúba

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Michael Bonfim está sendo procurado pela polícia
Michael Bonfim está sendo procurado pela polícia

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/02/2019 às 05:17:00

 

A Polícia Civil investiga o assassinato de Laudilene Santos de Jesus, 36 anos, que morreu esfaqueada na madrugada do domingo, em Umbaúba (Sul). Segundo as investigações, o principal suspeito do crime é o ex-namorado da vítima, Michael Santos Bonfim, 29 anos, que está foragido. Segundo testemunhas, os dois estavam em uma festa e a vítima estava acompanhada por amigas e parentes. Quando a vítima resolveu ir embora, Michael seguiu e atacou Laudilene no meio do caminho, acertando-lhe vários golpes de faca, levando Laudilene ao óbito. 
O delegado Paulo Cristiano Ricarte, responsável pelas investigações sobre o caso, informou que o crime teve motivação passional, pois o suspeito não aceitou o fim do relacionamento. "Laudilene e Michael tinham um relacionamento recente. A vítima resolveu acabar a relação, mas Michael não aceitou e passou a fazer ameaças, que resultaram na morte de Laudilene", disse o delegado. A vítima foi sepultada na manhã de ontem, em Umbaúba, e logo após o enterro, parentes da vítima e testemunhas que estavam na festa prestaram depoimento na delegacia de Umbaúba.
Ricarte já ingressou na Justiça com o pedido da prisão preventiva de Michael, além de instaurar um inquérito para investigar o crime de feminicídio (morte de mulheres por motivação machista). A polícia ainda está investigando a localização de infrator e pede que a população colabore com as investigações, repassando qualquer informação sobre a localização do foragido por meio do Disque Denúncia (181).

A Polícia Civil investiga o assassinato de Laudilene Santos de Jesus, 36 anos, que morreu esfaqueada na madrugada do domingo, em Umbaúba (Sul). Segundo as investigações, o principal suspeito do crime é o ex-namorado da vítima, Michael Santos Bonfim, 29 anos, que está foragido. Segundo testemunhas, os dois estavam em uma festa e a vítima estava acompanhada por amigas e parentes. Quando a vítima resolveu ir embora, Michael seguiu e atacou Laudilene no meio do caminho, acertando-lhe vários golpes de faca, levando Laudilene ao óbito. 
O delegado Paulo Cristiano Ricarte, responsável pelas investigações sobre o caso, informou que o crime teve motivação passional, pois o suspeito não aceitou o fim do relacionamento. "Laudilene e Michael tinham um relacionamento recente. A vítima resolveu acabar a relação, mas Michael não aceitou e passou a fazer ameaças, que resultaram na morte de Laudilene", disse o delegado. A vítima foi sepultada na manhã de ontem, em Umbaúba, e logo após o enterro, parentes da vítima e testemunhas que estavam na festa prestaram depoimento na delegacia de Umbaúba.
Ricarte já ingressou na Justiça com o pedido da prisão preventiva de Michael, além de instaurar um inquérito para investigar o crime de feminicídio (morte de mulheres por motivação machista). A polícia ainda está investigando a localização de infrator e pede que a população colabore com as investigações, repassando qualquer informação sobre a localização do foragido por meio do Disque Denúncia (181).