Antes de 2022 tem 2020

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 07/02/2019 às 06:32:00

 

* Rômulo Rodrigues
É para ficar temeroso se for comprovado que lideranças expressivas do campo democrático e popular estejam tratando de cenários, panoramas ou alianças para a disputa eleitoral de 2022, passando por cima do que será a trajetória mais espinhosa que é chegar vivo até 2020; para aí, vencer o grande plebiscito.
É deveras preocupante, porque a dispersão política é um mal tão perigoso que assusta mais que um Câncer, Mal de Alzheimer e de Parkinson.
É dispersão porque pensar nisso agora é exatamente reforçar a pauta da já instalada ditadura militar, jurídica e midiática que quer exatamente isso; que o ano de 2020 deixe de ser pauta política e dê lugar a 2022 e aí, fica mais fácil desmantelar os Partidos e adiar as eleições que se prognosticam como mais plebiscitária da nossa frágil República.
O episódio da negativa a Lula para ir se despedir do irmão Vavá, com um definitivo adeus, mostra em que estágio de covardia está o golpismo.
Mostra também que, estrategicamente, Lula está derrotando, um a um, os golpistas, sem lutar abertamente contra eles.
Lula está em paz consigo, enquanto eles estão apavorados com as suas consciências, como se fossem peles de Rinocerontes a se estenderem por sobre todas as suas vidas.
Não passam de cadáveres ambulantes de "Creontes"; contestados pela imortal deusa "Antígonas" que afirmou: não nasci para partilhar ódios; apenas o amor.
Claro que Creonte condenou Antígonas à morte, assim como seus descendentes, condenaram Lula e a Democracia.
A Democracia está condenada e suas penas serão executadas em dissoluções dos atuais Partidos políticos e adiamento das eleições plebiscitárias de 2020; se não houver reação-já!
A capitulação das forças progressistas se dará se engolirem a pauta de 2022 como alimento envenenado, produzido pelo Agronegócio, enquanto que a resistência vencerá se colocada na ordem do dia, como alimento saudável, da agricultura familiar, que é 2020.
Quem pautar hoje 2022 estará fazendo o jogo de Creonte; quem pautar 2020 estará reverenciando a Deusa Antígonas; está aí, o grande momento de se posicionar com coragem e ousadia perante a História. Ela é implacável!
O episódio do crime de Brumadinho traz um desfecho que está meio escondido; as prisões de bodes expiatórios que tem que ser visto como um ensinamento para a classe média; enquanto os representantes das Elites são salvos, ela dança. Exemplo bem caracterizado no filme Titanic; quando a alta burguesia percebeu que não havia Botes Salva Vidas para todos, mandou a Orquestra tocar para que os emergentes dançassem até serem engolidos pelas águas.
A pauta que interessa de verdade é Lula livre e, ações mais imediatas devem denunciar os diversos crimes cometidos contra ele. Os golpistas mercenários a serviço dos EUA e Israel, não se sustentarão com o aprofundamento da crise econômica.
O maior fator de mobilização na disputa da hegemonia da sociedade será antecipar e acelerar o processo eleitoral de 2020; com o povo mobilizado e nas ruas para barrar as futuras manobras golpistas.
Ao perceberem falta de Oxigênio em seus balões de maldades, as Elites e seus capachos tendem a apelar para a brutalidade e as mobilizações servirão como Barragens seguras para conterem os rios de violências que estarão cheios de manobras traiçoeiras conta os interesses da Nação.
Um alerta! Não se iludir com Mourão nem com a Rede Globo; ao contrário, mostrar que a comprovação do neto de Figueiredo, no escândalo do BRB, mostra que a ditadura também fabrica corrupto. O pai desse menino, filho do Ditador, foi acusado, no passado, de ser um dos responsáveis pela quebra do Banco Nacional de Minas Gerais; que deu nome ao JN da Globo.
O que os assusta, está bem explicitado em duas versões do Fórum Econômico Mundial; em 2009, Lula foi condecorado como o primeiro Presidente a receber o diploma de Estadista do ano e o Brasil como País seguro para receber investimentos; em 2019, Bolsonaro foi considerado o pior Presidente do Fórum e o Brasil foi rebaixado ao último lugar para investimentos. Bandejão e Caneta BIC, não encobrem fatos históricos.
Há exatos quatro anos, a Câmara dos Deputados elegia Eduardo Cunha Presidente e ele, através das Pautas Bombas, impediu de Dilma dar seguimento a um projeto de governo que estava colocando o Brasil entre as maiores Nações. Agora, vê-se o retorno do DEM ao comando do Senado e da Câmara, fato que não acontecia desde ACM e o filho. O DEM já foi PFL, que foi PDS e que foi ARENA, partido oficial da Ditadura Militar.
Eles não derrubaram a Dilma por causa de redirecionamento de verba dentro do OGU; o que provocou o golpe foi o PROUNI; FIES; COTAS; PRONATEC; ENEM; LUZ PARA TODOS; TRANSPOSIÇÃO; PROJOVEN; CIÊNCIAS SEM FRONTEIRAS; BOLSA FAMÍLIA e o Fato Histórico de o Brasil em 500 anos ter formado Três milhões e quinhentos mil doutores e em 10 anos os governos do PT terem formados sete milhões.
 Estudo recente da ONU comprova que o Bolsa Família foi responsável por diminuição visível dos índices de violência que aliado à comprovação de todos esses índices citados, coloca todo o campo progressista, democrata e de esquerda em condições de enfrentar e ganhar o debate pela Hegemonia. Afinal, foi aí, onde o Fascismo avançou demais.
* Rômulo Rodrigues é militante político

* Rômulo Rodrigues

É para ficar temeroso se for comprovado que lideranças expressivas do campo democrático e popular estejam tratando de cenários, panoramas ou alianças para a disputa eleitoral de 2022, passando por cima do que será a trajetória mais espinhosa que é chegar vivo até 2020; para aí, vencer o grande plebiscito.
É deveras preocupante, porque a dispersão política é um mal tão perigoso que assusta mais que um Câncer, Mal de Alzheimer e de Parkinson.
É dispersão porque pensar nisso agora é exatamente reforçar a pauta da já instalada ditadura militar, jurídica e midiática que quer exatamente isso; que o ano de 2020 deixe de ser pauta política e dê lugar a 2022 e aí, fica mais fácil desmantelar os Partidos e adiar as eleições que se prognosticam como mais plebiscitária da nossa frágil República.
O episódio da negativa a Lula para ir se despedir do irmão Vavá, com um definitivo adeus, mostra em que estágio de covardia está o golpismo.
Mostra também que, estrategicamente, Lula está derrotando, um a um, os golpistas, sem lutar abertamente contra eles.
Lula está em paz consigo, enquanto eles estão apavorados com as suas consciências, como se fossem peles de Rinocerontes a se estenderem por sobre todas as suas vidas.
Não passam de cadáveres ambulantes de "Creontes"; contestados pela imortal deusa "Antígonas" que afirmou: não nasci para partilhar ódios; apenas o amor.
Claro que Creonte condenou Antígonas à morte, assim como seus descendentes, condenaram Lula e a Democracia.
A Democracia está condenada e suas penas serão executadas em dissoluções dos atuais Partidos políticos e adiamento das eleições plebiscitárias de 2020; se não houver reação-já!
A capitulação das forças progressistas se dará se engolirem a pauta de 2022 como alimento envenenado, produzido pelo Agronegócio, enquanto que a resistência vencerá se colocada na ordem do dia, como alimento saudável, da agricultura familiar, que é 2020.
Quem pautar hoje 2022 estará fazendo o jogo de Creonte; quem pautar 2020 estará reverenciando a Deusa Antígonas; está aí, o grande momento de se posicionar com coragem e ousadia perante a História. Ela é implacável!
O episódio do crime de Brumadinho traz um desfecho que está meio escondido; as prisões de bodes expiatórios que tem que ser visto como um ensinamento para a classe média; enquanto os representantes das Elites são salvos, ela dança. Exemplo bem caracterizado no filme Titanic; quando a alta burguesia percebeu que não havia Botes Salva Vidas para todos, mandou a Orquestra tocar para que os emergentes dançassem até serem engolidos pelas águas.
A pauta que interessa de verdade é Lula livre e, ações mais imediatas devem denunciar os diversos crimes cometidos contra ele. Os golpistas mercenários a serviço dos EUA e Israel, não se sustentarão com o aprofundamento da crise econômica.
O maior fator de mobilização na disputa da hegemonia da sociedade será antecipar e acelerar o processo eleitoral de 2020; com o povo mobilizado e nas ruas para barrar as futuras manobras golpistas.
Ao perceberem falta de Oxigênio em seus balões de maldades, as Elites e seus capachos tendem a apelar para a brutalidade e as mobilizações servirão como Barragens seguras para conterem os rios de violências que estarão cheios de manobras traiçoeiras conta os interesses da Nação.
Um alerta! Não se iludir com Mourão nem com a Rede Globo; ao contrário, mostrar que a comprovação do neto de Figueiredo, no escândalo do BRB, mostra que a ditadura também fabrica corrupto. O pai desse menino, filho do Ditador, foi acusado, no passado, de ser um dos responsáveis pela quebra do Banco Nacional de Minas Gerais; que deu nome ao JN da Globo.
O que os assusta, está bem explicitado em duas versões do Fórum Econômico Mundial; em 2009, Lula foi condecorado como o primeiro Presidente a receber o diploma de Estadista do ano e o Brasil como País seguro para receber investimentos; em 2019, Bolsonaro foi considerado o pior Presidente do Fórum e o Brasil foi rebaixado ao último lugar para investimentos. Bandejão e Caneta BIC, não encobrem fatos históricos.
Há exatos quatro anos, a Câmara dos Deputados elegia Eduardo Cunha Presidente e ele, através das Pautas Bombas, impediu de Dilma dar seguimento a um projeto de governo que estava colocando o Brasil entre as maiores Nações. Agora, vê-se o retorno do DEM ao comando do Senado e da Câmara, fato que não acontecia desde ACM e o filho. O DEM já foi PFL, que foi PDS e que foi ARENA, partido oficial da Ditadura Militar.
Eles não derrubaram a Dilma por causa de redirecionamento de verba dentro do OGU; o que provocou o golpe foi o PROUNI; FIES; COTAS; PRONATEC; ENEM; LUZ PARA TODOS; TRANSPOSIÇÃO; PROJOVEN; CIÊNCIAS SEM FRONTEIRAS; BOLSA FAMÍLIA e o Fato Histórico de o Brasil em 500 anos ter formado Três milhões e quinhentos mil doutores e em 10 anos os governos do PT terem formados sete milhões.
 Estudo recente da ONU comprova que o Bolsa Família foi responsável por diminuição visível dos índices de violência que aliado à comprovação de todos esses índices citados, coloca todo o campo progressista, democrata e de esquerda em condições de enfrentar e ganhar o debate pela Hegemonia. Afinal, foi aí, onde o Fascismo avançou demais.

* Rômulo Rodrigues é militante político