Secult e Ibram assinam termo que beneficia museus de SE

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 28/11/2012 às 02:56:00

Com o objetivo de concretizar a implementação dos novos instrumentos de gestão voltados para os museus, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) assinaram na manhã desta terça-feira, dia 27, um Termo de Cooperação que possibilitará um maior intercâmbio entre a esfera federal e os museus de Sergipe. A parceria foi firmada durante solenidade de abertura do 'Conexões Ibram', evento que prossegue nesta quarta-feira, dia 28, no Museu da Gente Sergipana.

Segundo Cássia Ribeiro Bandeira de Melo, que representou o presidente do Ibram, José do Nascimento Júnior durante a assinatura, essa cooperação visa fortalecer o Sistema Brasileiro de Museus. "O objetivo dessa parceria é o fortalecimento da rede de museus para que possamos implantar um sistema de gestão integrada. Para isso, a nossa grande ideia é qualificar e amparar essas unidades através desse compromisso firmado entre ambas as partes", destacou.

Em todo o país, existem mais de três mil museus. Só em Sergipe são 30 espalhados pela capital e interior. Durante os dois dias de evento, os gestores e profissionais que trabalham nessas unidades terão contato com os temas atuais e estruturantes que compõem a nova política pública para os museus que está sendo implementada no Brasil. Essa linha de trabalho ganhou força com a criação do Ibram e aprovação do Estatuto dos Museus, ambos em 2009.

A secretária de Estado da cultura, Eloísa Galdino, ressaltou a importância da realização do evento em Sergipe e afirmou que esse será um passo primordial para integrar as políticas nacional e estadual. "O fortalecimento dos museus do nosso Estado tem sido ação primordial do Governo Marcelo Déda, que tem conquistado inúmeras vitórias nessa área", enfatizou a secretária citando o exemplo do Museu da Gente Sergipana, que virou referência no setor.

Para Eloísa Galdino, a realização do 'Conexões Ibram' em Sergipe será de importância fundamental para capacitar os profissionais que trabalham nos museus de Sergipe. "Espero que esses dois dias tragam resultados objetivos para a concretização das políticas públicas voltadas para os museus de Sergipe", afirmou.

Evento - O 'Conexões' traz para Sergipe técnicos do Ibram para apresentar as novas políticas e instrumentos de gestão que deverão ser implantados pelos estados e municípios. Dentre os temas que serão abordados durante o evento estão: 'Plano Nacional Setorial de Museus'; 'Estatuto de Museus' e 'Estratégias de Fomento e Financiamento aos Museus'.

A programação conta ainda com uma palestra das professoras Verônica Nunes e Janaína Mello abordando a realidade dos museus de Sergipe e o curso de Museologia da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Participam do evento cerca de 80 profissionais de diversas unidades museais da capital e do interior integrantes do Fórum de Museus de Sergipe, além de estudantes e pesquisadores da área.

De acordo com a coordenadora de museus da Secult, Sayonara Viana, o último momento do 'Conexões' será dedicado aos Grupos de Trabalho. "Nos grupos os profissionais e gestores dos museus poderão tirar dúvidas em relação aos editais de financiamento, que estarão com inscrições abertas a partir de 15 de dezembro, e receberão orientações sobre como elaborar projetos para captação de recursos para os museus", destacou.