Jair Rodrigues ganha documentários inéditos pelos seus 80 anos de nascimento

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 09/02/2019 às 06:04:00

 

Esta semana foi comemorado o 80º aniversário de nascimento do mais irreverente cantor da Música Popular Brasileira, Jair Rodrigues. A data dá início à série de homenagens dos herdeiros Jair Oliveira e Luciana Mello ao artista e abre contagem regressiva pelo seu centenário em 2039, por meio de uma série de lançamentos. Para este ano, as novidades incluem produção de dois documentários biográficos inéditos.
Luciana Mello explica que o objetivo do projeto é resgatar a obra de Jair Rodrigues, tornando a sua música acessível a todos os públicos, desde contemporâneos a nova geração, que talvez não conheça o legado de 55 anos do artista. Ela adianta que há dois documentários inéditos em produção que deverão chegar ao circuito comercial a partir do final deste ano.
Produzido por Confeitaria de Cinema com direção de Rubens Rewald, 'Deixa que Digam' vai narrar as características marcantes de um dos mais importantes cantores da história da música brasileira. Do sorriso franco à alegria contagiante, do samba à MPB, do rap ao sertanejo, a obra mostrará a popularidade de um dos mais versáteis e anárquicos intérpretes brasileiros. O documentário encontra-se em fase de filmagens e inclui entrevistas de Jair Oliveira e Luciana Mello.
 
'Jairzão - O Documentário' pretende resgatar a trajetória do artista retratado, por meio do olhar dos filhos Luciana Mello e Jair Oliveira. O roteiro acompanhará as origens familiares desde Igarapava, no interior paulista onde nasceu, até a chegada à capital São Paulo, que culminou no sucesso pessoal e profissional. O documentário é uma coprodução da Santa Rita Filme e Cantarolar Produções com produção executiva de Marcelo Braga e direção de Alexandre Sorriso. Encontra-se em captação de recursos com início de filmagens previstas para o primeiro semestre deste ano.

Esta semana foi comemorado o 80º aniversário de nascimento do mais irreverente cantor da Música Popular Brasileira, Jair Rodrigues. A data dá início à série de homenagens dos herdeiros Jair Oliveira e Luciana Mello ao artista e abre contagem regressiva pelo seu centenário em 2039, por meio de uma série de lançamentos. Para este ano, as novidades incluem produção de dois documentários biográficos inéditos.
Luciana Mello explica que o objetivo do projeto é resgatar a obra de Jair Rodrigues, tornando a sua música acessível a todos os públicos, desde contemporâneos a nova geração, que talvez não conheça o legado de 55 anos do artista. Ela adianta que há dois documentários inéditos em produção que deverão chegar ao circuito comercial a partir do final deste ano.
Produzido por Confeitaria de Cinema com direção de Rubens Rewald, 'Deixa que Digam' vai narrar as características marcantes de um dos mais importantes cantores da história da música brasileira. Do sorriso franco à alegria contagiante, do samba à MPB, do rap ao sertanejo, a obra mostrará a popularidade de um dos mais versáteis e anárquicos intérpretes brasileiros. O documentário encontra-se em fase de filmagens e inclui entrevistas de Jair Oliveira e Luciana Mello. 

'Jairzão - O Documentário' pretende resgatar a trajetória do artista retratado, por meio do olhar dos filhos Luciana Mello e Jair Oliveira. O roteiro acompanhará as origens familiares desde Igarapava, no interior paulista onde nasceu, até a chegada à capital São Paulo, que culminou no sucesso pessoal e profissional. O documentário é uma coprodução da Santa Rita Filme e Cantarolar Produções com produção executiva de Marcelo Braga e direção de Alexandre Sorriso. Encontra-se em captação de recursos com início de filmagens previstas para o primeiro semestre deste ano.