Setor de serviço está bem mais confiante

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 28/11/2012 às 03:01:00

O setor de serviços está mais confiante na economia brasileira. O Índice de Confiança de Serviços (ICS), divulgado ontem pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou alta de 3,2% de outubro para novembro, passando de 121,5 para 125,4 pontos. É a terceiro aumento consecutivo e o resultado supera a média histórica (125 pontos) pela primeira vez desde maio.

O resultado positivo foi influenciado, sobretudo, pelo aumento dos dois componentes do ICS, os índices da Situação Atual (ISA-S) e de Expectativas (IE-S). O ISA-S cresceu 4,5% e atingiu 105 pontos em novembro, sob o impacto principalmente do indicador que mede o volume de demanda atual, que cresceu 4,6% e chegou a 105 pontos. Segundo a FGV, apesar da melhora na percepção do setor sobre a situação atual, o subíndice permanece abaixo da média histórica de 111,2 pontos.

O IE-S subiu 2,3% no período e alcançou 145,7 pontos, mantendo-se acima da média histórica de 139,5 pontos. O indicador que mede o grau de otimismo dos empresários em relação à demanda prevista nos meses seguintes foi o que mais influenciou o aumento do IE-S, ao registrar elevação de 4,2% em novembro ante outubro.