Policial é baleado e homem morre em Itabaiana

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 12/02/2019 às 06:31:00

 

Um ataque a tiros ocorrido na noite deste domingo, em um bar no povoado Agrovila, em Itabaiana (Agreste), terminou com um homem morto e um policial militar ferido. O atentado foi praticado por dois homens armados que chegaram ao local encapuzados e, após sacarem suas armas, atiraram contra o primeiro homem, que estava sentado em uma das mesas. O PM, que estava de folga e acompanhado da esposa, chegou a reagir ao ataque, abrindo fogo contra os atiradores. No confronto eu se seguiu, o soldado foi atingido na perna e a dupla fugiu.
A princípio, afirmou-se que os dois criminosos fariam uma tentativa de assalto, mas, de acordo com as equipes da PM que estiveram no local, os dois motoqueiros não fizeram nenhum anúncio ou menção de assalto, indo direto para o homem que acabou morto. Já o militar, após ser baleado, se afastou dos bandidos e procurou proteger a esposa que o acompanhava. Ele foi socorrido em seguida e medicado no Hospital Regional Pedro Garcia Moreno, em Itabaiana.  
O rapaz assassinado, identificado como Herivelton Silva, 34 anos, morreu enquanto também era atendido no hospital. A PM informou que ele era ex-presidiário e foi um dos investigados pela 'Operação Valquíria', deflagrada em 2013 pela Polícia Civil, tendo já cumprido uma pena de um ano e 10 meses de prisão. Os motivos do crime, no entanto, ainda são desconhecidos, assim como a identificação dos atiradores. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Itabaiana.

Um ataque a tiros ocorrido na noite deste domingo, em um bar no povoado Agrovila, em Itabaiana (Agreste), terminou com um homem morto e um policial militar ferido. O atentado foi praticado por dois homens armados que chegaram ao local encapuzados e, após sacarem suas armas, atiraram contra o primeiro homem, que estava sentado em uma das mesas. O PM, que estava de folga e acompanhado da esposa, chegou a reagir ao ataque, abrindo fogo contra os atiradores. No confronto eu se seguiu, o soldado foi atingido na perna e a dupla fugiu.
A princípio, afirmou-se que os dois criminosos fariam uma tentativa de assalto, mas, de acordo com as equipes da PM que estiveram no local, os dois motoqueiros não fizeram nenhum anúncio ou menção de assalto, indo direto para o homem que acabou morto. Já o militar, após ser baleado, se afastou dos bandidos e procurou proteger a esposa que o acompanhava. Ele foi socorrido em seguida e medicado no Hospital Regional Pedro Garcia Moreno, em Itabaiana.  
O rapaz assassinado, identificado como Herivelton Silva, 34 anos, morreu enquanto também era atendido no hospital. A PM informou que ele era ex-presidiário e foi um dos investigados pela 'Operação Valquíria', deflagrada em 2013 pela Polícia Civil, tendo já cumprido uma pena de um ano e 10 meses de prisão. Os motivos do crime, no entanto, ainda são desconhecidos, assim como a identificação dos atiradores. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Itabaiana.