Polícia apreende adolescentes suspeitos de homicídios

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/02/2019 às 06:46:00

 

Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) apreenderam na última semana, na cidade de Aracaju, um adolescente suspeito de ato infracional de homicídio, mediante o emprego de arma de fogo, fato ocorrido no bairro São Conrado, zona Sul da capital. No ato da apreensão, o adolescente confessou ter se dirigido à casa da vítima e efetuado seis disparos pela janela do quarto dela, vindo a consumar o ato infracional, ceifando a vida desta. De acordo com levantamentos, o fato ocorreu em meados de 2018.
Nos últimos 15 dias, na capital sergipana, o DEPCA cumpriu um mandado de internação provisória em desfavor de um adolescente suspeito de ato infracional análogo ao crime de homicídio tentado, ocorrido na bairro Aeroporto.
De acordo com o delegado Valter Simas, no final do ano passado, familiares do rapaz que veio a óbito procuraram a Depca para informar que a vítima teve uma faca cravada no corpo, perfurando o pulmão.  Além do jovem, o genitor deste também foi agredido enquanto tentava evitar o ato.
Ainda segundo o delegado, as operações voltadas para os atos infracionais contra a vida têm seguido diretrizes Superintendência da Polícia Civil de Sergipe (Supci) e Coordenadoria de Polícia Civil da Capital (Copcal), focando na redução dos índices no Estado. Ambos os adolescentes já se encontram internados na Unidade Socioeducativa de Internação Provisória (Usip), à disposição da 17ª Vara Cível de Aracaju.

Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) apreenderam na última semana, na cidade de Aracaju, um adolescente suspeito de ato infracional de homicídio, mediante o emprego de arma de fogo, fato ocorrido no bairro São Conrado, zona Sul da capital. No ato da apreensão, o adolescente confessou ter se dirigido à casa da vítima e efetuado seis disparos pela janela do quarto dela, vindo a consumar o ato infracional, ceifando a vida desta. De acordo com levantamentos, o fato ocorreu em meados de 2018.
Nos últimos 15 dias, na capital sergipana, o DEPCA cumpriu um mandado de internação provisória em desfavor de um adolescente suspeito de ato infracional análogo ao crime de homicídio tentado, ocorrido na bairro Aeroporto.
De acordo com o delegado Valter Simas, no final do ano passado, familiares do rapaz que veio a óbito procuraram a Depca para informar que a vítima teve uma faca cravada no corpo, perfurando o pulmão.  Além do jovem, o genitor deste também foi agredido enquanto tentava evitar o ato.
Ainda segundo o delegado, as operações voltadas para os atos infracionais contra a vida têm seguido diretrizes Superintendência da Polícia Civil de Sergipe (Supci) e Coordenadoria de Polícia Civil da Capital (Copcal), focando na redução dos índices no Estado. Ambos os adolescentes já se encontram internados na Unidade Socioeducativa de Internação Provisória (Usip), à disposição da 17ª Vara Cível de Aracaju.