Musa Trans do carnaval teme as consequências do que ela chama de: \"Diferenças criadas pelo próprio público LGBT\"

Variedades


 

A criminalização da homofobia volta à pauta do STF e tem gerado muita polêmica. Um dos pedidos é um mandado de injunção, impetrado pela Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo (APOLGBT), para que o STF defina o crime de homofobia. As opiniões estão divididas na sociedade, e existe muita pressão vindo tanto de segmentos mais conservadores, como a bancada evangélica, que temem que pastores sejam presos por falar contra a homossexualidade, quanto de movimentos ativistas LGBT, que querem garantir direitos dos gays, lésbicas e transexuais.
Priscila Reis, musa transexual do Carnaval carioca 2019, acredita que embora seja importante a militância pela igualdade e por direitos, toda essa discussão pode gerar mais apatia e criar uma segmentação na sociedade:"me preocupo muito com essa tentativa de criar leis direcionadas ao público LGBT. 

A criminalização da homofobia volta à pauta do STF e tem gerado muita polêmica. Um dos pedidos é um mandado de injunção, impetrado pela Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo (APOLGBT), para que o STF defina o crime de homofobia. As opiniões estão divididas na sociedade, e existe muita pressão vindo tanto de segmentos mais conservadores, como a bancada evangélica, que temem que pastores sejam presos por falar contra a homossexualidade, quanto de movimentos ativistas LGBT, que querem garantir direitos dos gays, lésbicas e transexuais.
Priscila Reis, musa transexual do Carnaval carioca 2019, acredita que embora seja importante a militância pela igualdade e por direitos, toda essa discussão pode gerar mais apatia e criar uma segmentação na sociedade:"me preocupo muito com essa tentativa de criar leis direcionadas ao público LGBT. 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS