Sergipe em crise enfrenta o Itabaiana

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
SEM TÉCNICO NEM DIRETORIA, O SERGIPE VAI ENFRENTAR O ITABAIANA ESTA TARDE, NO BATISTÃO. NEM UMA VITÓRIA DARÁ FIM A CRISE ENFRENTADA PELA EQUIPE
SEM TÉCNICO NEM DIRETORIA, O SERGIPE VAI ENFRENTAR O ITABAIANA ESTA TARDE, NO BATISTÃO. NEM UMA VITÓRIA DARÁ FIM A CRISE ENFRENTADA PELA EQUIPE

O Sergipe fez treino apronto na sexta-feira à tarde, mas George Litiere não revela a equipe para encarar o Itabaiana
O Sergipe fez treino apronto na sexta-feira à tarde, mas George Litiere não revela a equipe para encarar o Itabaiana

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/02/2019 às 14:39:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
Na semana em que per
deu o seu técnico e 
toda a diretora, o Sergipe tenta sair da crise que envolve a equipe, com uma vitória contra o Itabaiana. Vencer é tudo o que desejam os rubros, do mais humilde torcedor até o presidente interino, Reinaldo. 
- Uma vitória com certeza supera todos os problemas, alivia a pressão e nos dá folega para ainda poder lutar pelo primeiro lugar. Não podemos é perder, porque a situação se complica mais ainda e o time pode até entrar na zona de rebaixamento-  avalia o capitão Ramalho.
Outro que acredita na vitória para sair da crise é o meia Zé Mário. Ele esteve bem na partida contra o Botafogo e Lagarto. Muitos não entendem porque ele foi substituído nessas duas partidas. Zé Mario está confiante na vitória. 
- Precisamos ganhar, só conseguiremos afastar essa fase com vitória, não existe outra saída. Vamos procurar deixar tudo isso fora de campo e buscar a vitória, só ela nos interessa. Precisamos fazer algo diferente nesse jogo, precisamos também resgatar a confiança necessária para voltar a vencer - comentou Zé Mário.
A crise que era técnica, dentro de campo com a ausência de vitória agora passou a ser administrativa com a renúncia do presidente Carlson Silva. Neste sabado, Reinado Moura que estatutariamente assumiu o comando do Sergipe, se reuniu com um grupo, para saber a situação atual do Sergipe. Esse grupo se comprometeu trabalhar para tirar o time da situação atual. O primeiro caminho para sair da crise é vencer o Itabaiana neste domingo.
Interino - Contra o Itabaiana o Sergipe vai a campo com um treinador interino. George Litiere. Aliás foi com Litiere como interino, antes da chegada de Edmilson Silva, que o Sergipe conquistou a última vitória. Foi contra o Guarany, 1x0 gol assinalado aso 48 min dopo segundo tempo. Não fosse aquele golzinho a situação hoje poderia ser bem pior.
George está confiante em uma boa apresentação do Sergipe. Ele encerrou os trabalhos com um treino recreativo na manhã deste sábado no João Hora. Na sexta fez treino fechado, mas disse que ainda não definiu a equipe. Um coisa é certa, o time terá mudanças, tanto na defesa como no ataque. 
O Sergipe deve ser uma outra equipe contra o Itabaiana, principalmente em termos de motivação. Um dos trabalhos desta semana foi de ordem psicológica, o de tentar reerguer a moral do time com palestras e conversas motivacionais.
Sergipe e Itabaiana se enfrentam neste domingo, às 17 horas, na Arena Batistão. O clássico será válido pela sétima rodada do Campeonato Sergipano. Claudionor dos Santos Junior será o árbitro dessa partida, tendo como assistentes Vaneide Vieira de Góis (CBF) e Wendel Augusto Lino (CBF). Thayslane de Melo Costa (FIFA) é a quarta árbitra e Marcelo Soares da Silva (FSF) ficará como quinto árbitro. 

Na semana em que per deu o seu técnico e  toda a diretora, o Sergipe tenta sair da crise que envolve a equipe, com uma vitória contra o Itabaiana. Vencer é tudo o que desejam os rubros, do mais humilde torcedor até o presidente interino, Reinaldo. 
- Uma vitória com certeza supera todos os problemas, alivia a pressão e nos dá folega para ainda poder lutar pelo primeiro lugar. Não podemos é perder, porque a situação se complica mais ainda e o time pode até entrar na zona de rebaixamento-  avalia o capitão Ramalho.
Outro que acredita na vitória para sair da crise é o meia Zé Mário. Ele esteve bem na partida contra o Botafogo e Lagarto. Muitos não entendem porque ele foi substituído nessas duas partidas. Zé Mario está confiante na vitória. 
- Precisamos ganhar, só conseguiremos afastar essa fase com vitória, não existe outra saída. Vamos procurar deixar tudo isso fora de campo e buscar a vitória, só ela nos interessa. Precisamos fazer algo diferente nesse jogo, precisamos também resgatar a confiança necessária para voltar a vencer - comentou Zé Mário.
A crise que era técnica, dentro de campo com a ausência de vitória agora passou a ser administrativa com a renúncia do presidente Carlson Silva. Neste sabado, Reinado Moura que estatutariamente assumiu o comando do Sergipe, se reuniu com um grupo, para saber a situação atual do Sergipe. Esse grupo se comprometeu trabalhar para tirar o time da situação atual. O primeiro caminho para sair da crise é vencer o Itabaiana neste domingo.

Interino - Contra o Itabaiana o Sergipe vai a campo com um treinador interino. George Litiere. Aliás foi com Litiere como interino, antes da chegada de Edmilson Silva, que o Sergipe conquistou a última vitória. Foi contra o Guarany, 1x0 gol assinalado aso 48 min dopo segundo tempo. Não fosse aquele golzinho a situação hoje poderia ser bem pior.
George está confiante em uma boa apresentação do Sergipe. Ele encerrou os trabalhos com um treino recreativo na manhã deste sábado no João Hora. Na sexta fez treino fechado, mas disse que ainda não definiu a equipe. Um coisa é certa, o time terá mudanças, tanto na defesa como no ataque. 
O Sergipe deve ser uma outra equipe contra o Itabaiana, principalmente em termos de motivação. Um dos trabalhos desta semana foi de ordem psicológica, o de tentar reerguer a moral do time com palestras e conversas motivacionais.
Sergipe e Itabaiana se enfrentam neste domingo, às 17 horas, na Arena Batistão. O clássico será válido pela sétima rodada do Campeonato Sergipano. Claudionor dos Santos Junior será o árbitro dessa partida, tendo como assistentes Vaneide Vieira de Góis (CBF) e Wendel Augusto Lino (CBF). Thayslane de Melo Costa (FIFA) é a quarta árbitra e Marcelo Soares da Silva (FSF) ficará como quinto árbitro.