Do Bugio para o mundo

Cultura


  • No meio da rua, porque o Bugio é lugar de gente, sim senhor

O ator Rogério Alves está que não se aguenta. O Jornal do Dia já publicou e deu fé ao trabalho realizado pelo grupo de teatro Boca de Cena nas lonjuras do Bugio. A oportunidade de reafirmar a importância do único aparelho cultural do lugar, mantido sem nenhuma colaboração do poder público, capaz de falar ao mundo, ele reclama, vem sendo negligenciada pela coluna. Fica aqui o registro, portanto. A sede do grupo Boca de Cena ganhou uma bela reforma. E o Bugio é lugar de gente, sim senhor.


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS