Batata está de volta ao Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O atacante Batata pediu para retornar ao Sergipe. Diretoria ouviu o técnico e George deu o sinal verde
O atacante Batata pediu para retornar ao Sergipe. Diretoria ouviu o técnico e George deu o sinal verde

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 28/02/2019 às 09:03:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
O atacante Batata 
está de volta ao 
Sergipe. O atleta estava sendo esperado em Aracaju nesta quarta-feira (27) e se apresenta nesta quinta-feira ao treinador George Liteira e já começa a treinar com vistas ao último compromisso do time rubro nesta fase do campeonato dia 10 de março contra o Olímpico de Itabaianinha.
Batata retorna depois de uma semana que pediu para ser liberado. O atleta informou que estava passando por um drama familiar com a perda um filho e tinha que estar mais próximo da família. A diretoria do Sergipe entendeu a situação e liberou ao atleta. Como o nome dele não saiu no BID da CBF, portanto ainda estaria com contrato com o clube legalmente.
Como tem que reforçar o elenco e pelo regulamento da competição, o Sergipe só pode contratar mais dois reforços, a diretoria resolveu aceitar a volta de Batata e reincorpora-lo ao elenco. até porque o contrato dele vai até o final do mês de abril. Batata conversou com algumas pessoas, entre elas Reinaldo Moura, que é vice-presidente do conselho e está temporariamente como presidente executivo do clube, e o técnico interino George Litiere. 
- Ele que pediu para ir, pois estava deprimido pelo episódio do filho e não tinha como ficar longe de casa. Por intermédio de um amigo em comum, ele manifestou o desejo de retornar, com o qual concordei, porque houve tempo de barrar a tramitação da rescisão junto à CBF. Ele vem o mais urgente possível - confirmou Reinaldo Moura.

O atacante Batata  está de volta ao  Sergipe. O atleta estava sendo esperado em Aracaju nesta quarta-feira (27) e se apresenta nesta quinta-feira ao treinador George Liteira e já começa a treinar com vistas ao último compromisso do time rubro nesta fase do campeonato dia 10 de março contra o Olímpico de Itabaianinha.
Batata retorna depois de uma semana que pediu para ser liberado. O atleta informou que estava passando por um drama familiar com a perda um filho e tinha que estar mais próximo da família. A diretoria do Sergipe entendeu a situação e liberou ao atleta. Como o nome dele não saiu no BID da CBF, portanto ainda estaria com contrato com o clube legalmente.
Como tem que reforçar o elenco e pelo regulamento da competição, o Sergipe só pode contratar mais dois reforços, a diretoria resolveu aceitar a volta de Batata e reincorpora-lo ao elenco. até porque o contrato dele vai até o final do mês de abril. Batata conversou com algumas pessoas, entre elas Reinaldo Moura, que é vice-presidente do conselho e está temporariamente como presidente executivo do clube, e o técnico interino George Litiere. 
- Ele que pediu para ir, pois estava deprimido pelo episódio do filho e não tinha como ficar longe de casa. Por intermédio de um amigo em comum, ele manifestou o desejo de retornar, com o qual concordei, porque houve tempo de barrar a tramitação da rescisão junto à CBF. Ele vem o mais urgente possível - confirmou Reinaldo Moura.