Projeto garante a São Cristóvão ser capital do Estado por um dia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Os deputados votaram diversos projetos nas comissões técnicas
Os deputados votaram diversos projetos nas comissões técnicas

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/06/2012 às 02:28:00

São Cristóvão voltará a ser capital do Estado novamente. E por um dia. O projeto que transfere a capital do Estado de Aracaju para São Cristóvão, de autoria do Poder Executivo, foi aprovado nas comissões temáticas ontem de manhã. A transferência ocorrerá no dia 8 de julho. Os parlamentares aprovaram ainda um pacote de projetos de autoria do governo, do Tribunal de Justiça e de autoria dos próprios deputados.
De autoria do Poder Executivo foram aprovadas as concessões de crédito para aplicação em obras de recursos hídricos e na agricultura sergipana. Foram aprovadas ainda várias proposituras que garantem a concessão de prédios do Estado para municípios como General Maynard, que terá a cessão de um prédio de uma escola estadual, e Nossa Senhora das Dores, que utilizará terreno para a ampliação de pólo da Universidade Aberta.
Do Poder Judiciário os parlamentares aprovaram nas comissões projeto que cria cargos de juiz substituto, analista judiciário e assessor de juiz, além de proposta que autoriza o Poder Executivo a conceder um imóvel no povoado Oiteirinhos, em Gararu, para o uso do município.
Projetos de Lei de autoria do deputado estadual Augusto Bezerra também foram aprovados hoje nas comissões. Um deles determina que o Estado garanta a contratação de 40% de artistas sergipanos em eventos promovidos pelo governo estadual. E da deputada estadual Ana Lúcia foi aprovado projeto que obriga as escolas da rede estadual a acatar o nome social de travestis, transexuais e transgêneros.
Das deputadas estaduais Goretti Reis e Maria Mendonça foi aprovado projeto que veta o uso de jalecos fora do ambiente hospitalar por profissionais da saúde. Também foi aprovado propositura que garante vagas de estágios em órgãos e secretarias do Estado para estudantes das redes pública estadual e municipal. Os projetos serão votados nesta quarta-feira, em Plenário.