Escolhidas ginastas que irão ao Mundial e Pan

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Comissão da CBG escolheu jovens ginastas para representar o país no mundial e no Pan-Americano deste ano
Comissão da CBG escolheu jovens ginastas para representar o país no mundial e no Pan-Americano deste ano

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 02/03/2019 às 14:42:00

 

Foram definidas no último final de semana, em São Paulo, as integrantes da Seleção Brasileira Juvenil de Ginástica Rítmica. A seletiva escolheu quatro integrantes do Individual e um Conjunto para as primeiras competições do ano na categoria: o Campeonato Mundial Juvenil, que acontecerá em Moscou (RUS), entre 19 e 21 julho e o Pan-Americano da modalidade, previsto para o mês de junho.
- A seletiva foi excelente. Observamos a evolução no trabalho das ginastas e treinadoras e nos surpreenderam, tanto o nível das atletas, como o quanto elas já estão preparadas neste início da temporada. Cada vez mais, temos de nos adaptar para trabalhar de acordo com o calendário europeu. O Mundial delas já é em julho, o Pan previsto para junho. Pelo que vimos daqui temos certeza que vamos fazer um bom trabalho na categoria juvenil em 2019 -, afirmou Renata Teixeira, Coordenadora do Comitê Técnico de GR da CBG.
Além dela, participaram do processo seletivo Leonardo Palitot, Coordenador Adjunto do Comitê Técnico e Diretor de Arbitragem da CBG, e Camila Ferezin, Coordenadora das Seleções de Ginástica Rítmica e Treinadora da Seleção Brasileira de Conjunto.
Para Camila, a seletiva teve como objetivo dar oportunidade ao maior número de meninas e assim formar uma equipe com bom nível técnico para disputar o primeiro Mundial Juvenil, marcado para acontecer em Moscou, na Rússia.
 - Analisando essas meninas, enxergo nelas a continuidade das nossas seleções adultas, com grandes possibilidades de ingressarem nas equipes Conjunto e Individual, num futuro próximo - afirmou.
No individual foram selecionadas para integrar a Seleção Brasileira Juvenil as seguintes ginastas, pela ordem de classificação: Ana Luísa Passos Neiva (CASSAB/DF) - Mariana Vitória Gonçalves Pinto (AGIR/PR) - Maria Eduarda Moraes Pereira (AGINAT/RN) e Viviane Oda Miranda (FAE Osasco/SP) e no conjunto: ADR UNOPAR/PR.

Foram definidas no último final de semana, em São Paulo, as integrantes da Seleção Brasileira Juvenil de Ginástica Rítmica. A seletiva escolheu quatro integrantes do Individual e um Conjunto para as primeiras competições do ano na categoria: o Campeonato Mundial Juvenil, que acontecerá em Moscou (RUS), entre 19 e 21 julho e o Pan-Americano da modalidade, previsto para o mês de junho.
- A seletiva foi excelente. Observamos a evolução no trabalho das ginastas e treinadoras e nos surpreenderam, tanto o nível das atletas, como o quanto elas já estão preparadas neste início da temporada. Cada vez mais, temos de nos adaptar para trabalhar de acordo com o calendário europeu. O Mundial delas já é em julho, o Pan previsto para junho. Pelo que vimos daqui temos certeza que vamos fazer um bom trabalho na categoria juvenil em 2019 -, afirmou Renata Teixeira, Coordenadora do Comitê Técnico de GR da CBG.
Além dela, participaram do processo seletivo Leonardo Palitot, Coordenador Adjunto do Comitê Técnico e Diretor de Arbitragem da CBG, e Camila Ferezin, Coordenadora das Seleções de Ginástica Rítmica e Treinadora da Seleção Brasileira de Conjunto.
Para Camila, a seletiva teve como objetivo dar oportunidade ao maior número de meninas e assim formar uma equipe com bom nível técnico para disputar o primeiro Mundial Juvenil, marcado para acontecer em Moscou, na Rússia.
 - Analisando essas meninas, enxergo nelas a continuidade das nossas seleções adultas, com grandes possibilidades de ingressarem nas equipes Conjunto e Individual, num futuro próximo - afirmou.
No individual foram selecionadas para integrar a Seleção Brasileira Juvenil as seguintes ginastas, pela ordem de classificação: Ana Luísa Passos Neiva (CASSAB/DF) - Mariana Vitória Gonçalves Pinto (AGIR/PR) - Maria Eduarda Moraes Pereira (AGINAT/RN) e Viviane Oda Miranda (FAE Osasco/SP) e no conjunto: ADR UNOPAR/PR.