PSD se fortalecendo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, e o deputado federal Fábio Mitidieri visitaram ontem à tarde o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Na oportunidade,  as duas lideranças do PSD convidaram o gestor municipal para participar hoje do Encontro Dem
O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, e o deputado federal Fábio Mitidieri visitaram ontem à tarde o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Na oportunidade, as duas lideranças do PSD convidaram o gestor municipal para participar hoje do Encontro Dem

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/03/2019 às 06:47:00

 

O PSD estará em festa hoje no esta
do. É que durante todo o dia desta 
sexta-feira acontece, no plenário da Assembleia Legislativa, o Encontro Democrático do PSD, a partir das 9h30. Participarão do evento lideranças do partido a nível local e nacional.
O presidente nacional do PSD Gilberto Kassab e o vice-presidente José Raimundo Colombo, além do governador Belivaldo Chagas, do deputado federal Fábio Mitidieri, deputados estaduais, prefeitos e vereadores estarão presentes ao encontro que visa promover uma ampliação política da legenda no estado.
Nesse sentido, durante a programação importantes nomes do partido a nível nacional ministrarão palestras e promoverão debates objetivando tornar o PSD mais aberto aos interessados pelos princípios, valores e propostas da agremiação política.
Entre os temas em pauta, serão debatidos os desafios para as eleições de 2020, os valores e objetivos do PSD daqui para frente e a participação da mulher na política brasileira.  
O PSD convidou o veterano do cenário político nacional Vilmar Rocha, do partido em Goiás, para palestrar com o intuito de atrair futuras filiações a legenda; o advogado Thiago Bovério, especialista em direito eleitoral, para falar sobre o que esperar das eleições 2020 e como transformar obstáculos em oportunidades; o jornalista e advogado Márcio Aith, secretário de Comunicação do STF, para abordar democracia e comunicação; e, por fim, Alda Marco para falar sobre a participação da mulher na política.
O ápice do Encontro Democrático do PSD, com certeza, será a filiação de oito prefeitos à legenda. Confirmando a filiação desses gestores municipais o partido passará a ter 15 dos 75 prefeitos de Sergipe, além de um governador, um deputado federal, quatro deputados estaduais, sete vice-prefeitos e 82 vereadores, sendo três em Aracaju.  
É o PSD se fortalecendo para as eleições municipais 2020 e, consequentemente, para o pleito de 2022 quando o partido pretende manter o governador, um deputado federal e ampliar o número de deputados estaduais.
Já é sabido que o nome do PSD para governador em 2022 é o do deputado federal Fábio Mitidieri, mas não será surpresa se o candidato à sucessão de Belivaldo Chagas pelo partido for o conselheiro Ulices Andrade, ex-deputado estadual.
Certo mesmo é que tem muita água para rolar por debaixo da ponte até 2022...

O PSD estará em festa hoje no esta do. É que durante todo o dia desta  sexta-feira acontece, no plenário da Assembleia Legislativa, o Encontro Democrático do PSD, a partir das 9h30. Participarão do evento lideranças do partido a nível local e nacional.
O presidente nacional do PSD Gilberto Kassab e o vice-presidente José Raimundo Colombo, além do governador Belivaldo Chagas, do deputado federal Fábio Mitidieri, deputados estaduais, prefeitos e vereadores estarão presentes ao encontro que visa promover uma ampliação política da legenda no estado.
Nesse sentido, durante a programação importantes nomes do partido a nível nacional ministrarão palestras e promoverão debates objetivando tornar o PSD mais aberto aos interessados pelos princípios, valores e propostas da agremiação política.
Entre os temas em pauta, serão debatidos os desafios para as eleições de 2020, os valores e objetivos do PSD daqui para frente e a participação da mulher na política brasileira.  
O PSD convidou o veterano do cenário político nacional Vilmar Rocha, do partido em Goiás, para palestrar com o intuito de atrair futuras filiações a legenda; o advogado Thiago Bovério, especialista em direito eleitoral, para falar sobre o que esperar das eleições 2020 e como transformar obstáculos em oportunidades; o jornalista e advogado Márcio Aith, secretário de Comunicação do STF, para abordar democracia e comunicação; e, por fim, Alda Marco para falar sobre a participação da mulher na política.
O ápice do Encontro Democrático do PSD, com certeza, será a filiação de oito prefeitos à legenda. Confirmando a filiação desses gestores municipais o partido passará a ter 15 dos 75 prefeitos de Sergipe, além de um governador, um deputado federal, quatro deputados estaduais, sete vice-prefeitos e 82 vereadores, sendo três em Aracaju.  
É o PSD se fortalecendo para as eleições municipais 2020 e, consequentemente, para o pleito de 2022 quando o partido pretende manter o governador, um deputado federal e ampliar o número de deputados estaduais.
Já é sabido que o nome do PSD para governador em 2022 é o do deputado federal Fábio Mitidieri, mas não será surpresa se o candidato à sucessão de Belivaldo Chagas pelo partido for o conselheiro Ulices Andrade, ex-deputado estadual.
Certo mesmo é que tem muita água para rolar por debaixo da ponte até 2022...

O foco 

Para o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) o Encontro Democrático do PSD será um grande ato democrático do partido com palestras e filiações. Ressalta que hoje será um dia festivo e que a meta do partido é se tornar uma grande força política visando às eleições 2020.

Evento do PP

Quem também promove ato político hoje é o PP do deputado federal Laércio Oliveira. Será o "I Encontro Mulheres Progressistas", a ser realizado na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), às 9h, em Aracaju. "Precisamos aumentar a taxa de representatividade de mulheres exercendo um mandato político desde a Câmara de Vereadores até o Senado e no Poder Executivo. O cenário já mudou muito, porém podemos melhorar ainda mais. A mulher brasileira já provou que tem competência e que exerce cargos com maestria", explicou o parlamentar.

Ganhando liberdade

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) expediu, na tarde de ontem, ordem de soltura para Igor Ribeiro Costa Aragão, genro do prefeito licenciado Valmir Monteiro (PSC-Lagarto). Os dois foram presos no dia 22 de fevereiro deste ano, durante Operação Leak, deflagrada pelos promotores de Justiça do GAECO, delegados e policiais da Deotap, PRF e COE, que investiga desvio de verbas públicas do Matadouro Municipal de Lagarto e a prática do crime de lavagem de dinheiro. Valmir, preso no Presídio Militar de Aracaju, já teve pedido de habeas corpus negado pelo STJ.

Continuará preso

Por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou ontem recurso impetrado pela defesa do ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita. Com isso, ele permanecerá preso no presídio de Nossa Senhora do Socorro, onde cumpre pena de 13 anos, nove meses e 15 dias por corrupção eleitoral, desvio de verbas públicas e autorização de despesas não previstas em lei. O relator foi o desembargador Diógenes Barreto. Sukita está preso desde 14 de setembro do ano passado, quando estava em campanha para deputado federal.

Posse de petista 1 

Indiferente às insinuações de lideranças petistas de que o partido pode ter candidato próprio a prefeito de Aracaju, o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) empossou ontem o professor Cássio Murilo como presidente da Funcaju, em solenidade que contou com a presença do vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo. Márcio, responsável pela indicação de Cássio, que já estava como interino da Funcaju, é um dos nomes especulados para suceder Edvaldo em 2020.

Posse de petista 2

Chegou a declarar Edvaldo em seu discurso de posse: "Efetivar Cássio na Funcaju mostra o nosso cuidado com a cultura aracajuana e também fortalece a aliança histórica do PT com o PCdo B em Sergipe. Estamos e continuaremos juntos na caminhada para tornar Aracaju mais humana, inteligente e criativa".

Na Alese 1

O convite do ministro Sérgio Moro para a delegada da Polícia Civil Danielle Garcia integrar sua equipe no Ministério da Justiça e Segurança Pública foi destacado ontem por alguns parlamentares na Assembleia Legislativa. "Ganha Sergipe e ganha o Brasil em ter no quadro do Governo Federal uma delegada tão competente e tão comprometida com a segurança pública e o bem estar da população", disse Rodrigo Valadares (PTB).

Na Alese 2

Disse o deputado Gilmar Carvalho (PSC): "Muitas autoridades em Sergipe calaram sua voz para não apoiar a delegada diante de investigações que fazia. É provável que autoridades de Sergipe fingiram não reconhecer, mas o Brasil sim não apenas pelo convite feito pelo ministro Sérgio Moro, mas pelo trabalho que a delegada Danielle Garcia desenvolverá enquanto profissional da investigação".

No Senado

Do próprio Sérgio Moro, anteontem, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, ao confirmar convite para Danielle assumir um cargo no seu ministério: "Chamamos a delegada Danielle Garcia, pois a política do ministério é premiar, reconhecer o trabalho daqueles policiais que se destacam com coragem e competência. Acho que isso também é importante".   Na oportunidade o delegado senador Alessandro Vieira (PPS-SE), que trabalhou com Garcia, agradeceu a Moro, em nome do povo de Sergipe, a sua indicação para compor a equipe dele no ministério.

Registro 1

Danielle, que atualmente é delegada na Barra dos Coqueiros, vai trabalhar no Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional da Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública ao lado da delegada da Polícia Federal Erika Marena, ex-superintendente da PF em Sergipe.

Registro 2

Antes de ser delegada na Barra dos Coqueiros Danielle esteve à frente do Deotap, onde  coordenou operações importantes como a que investigou em 2014 irregularidades no repasse e na aplicação de verbas de subvenção social recebida pelos deputados da Assembleia Legislativa. A Câmara de Vereadores de Aracaju também foi alvo da delegada em 2016, que através da "Operação Indenizar-se" investigou crimes de sonegação fiscal, peculato e lavagem de dinheiro nos contratos de locação de veículos e nas verbas indenizatórias, um desvio de aproximadamente R$ 7 milhões.

Veja Essa ...

Do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, na Câmara dos Deputados sobre o golpe no Brasil em 1964, cujo o ato o presidente Jair Bolsonaro quer comemorar no dia 31 de março: "Não considero um golpe. Considero que foi um movimento necessário para que o Brasil não se tornasse uma ditadura. Não tenho a menor dúvida disso". Só Jesus na causa!

Curtas

Gilberto Kassab, Fábio Mitidieri, deputados estaduais do PSD e outras lideranças do partido em Sergipe jantaram ontem com o governador Belivaldo Chagas.

A convite do deputado federal Fábio Reis (MDB) a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, esteve ontem em Lagarto participando da feira regional do agronegócio em Sergipe. O parlamentar acredita que a ministra pode contribuir para multiplicar o conhecimento junto ao setor produtivo.

Hoje a ministra da Agricultura visita o projeto Jacaré-Curituba, em Canindé do São Francisco

A Câmara Municipal de Cristinápolis aprovou projeto de lei de autoria do vereador Landinho (PSB), que dispõe sobre a padronização do uniforme escolar na rede municipal de ensino. "A ideia é trazer praticidade, conforto e economia aos pais e responsáveis pelos alunos, bem como identificar os alunos dentro e fora das escolas, gerando segurança, evitando infiltrações de pessoas estranhas".

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Orçamento Impositivo, analisada em uma votação-relâmpago na Câmara dos Deputados na última terça-feira, já foi lida no Senado na noite da quarta-feira e encaminhada à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), por onde começa a tramitar na Casa. Caminha para ser aprovada também no Senado, numa derrota ao governo Bolsonaro.