CEAF-SE realiza avaliação psicológica nos árbitros

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 29/03/2019 às 06:59:00

 

A Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF-SE) em parceria com a Federação Sergipana de Futebol (FSF), realizou a etapa de aplicação dos testes psicológicos nos árbitros e assistentes sergipanos, dos quadros da CBF e FIFA. As avaliações aconteceram na Universidade Tiradentes (Unit) campus Farolândia, na capital sergipana. 
As provas foram supervisionadas pelo presidente da CEAF-SE, Edmo Oliveira e pelo diretor de arbitragem, Coronel Rollemberg. A psicóloga Anne Patrícia, sempre acompanha os árbitros em diversas atividades e destacou a importância da avaliação.  "Fico feliz em fazer parte desta etapa tão importante, que é o pilar mental, já que este é fundamental para a excelência na qualidade dos trabalhos no campo de jogo, fazendo com que o crescimento mental tenha seu papel tão fundamental, como os pilares físico e teórico".
A psicóloga Anne Patrícia destacou o trabalho da FSF, ao se preocupar com a parte psicológica dos árbitros sergipanos. "Parabenizo a Federação Sergipana de Futebol e a Comissão Estadual de Arbitragem de Sergipe, na pessoa do presidente Edmo Oliveira, por abrir as portas da Psicologia no campo da arbitragem e permitir que nosso estado, seja colocado em posição de destaque, nos cuidados em prol da qualidade de vida pessoal e profissional dos árbitros sergipanos", finalizou a psicóloga Anne Patrícia.
A estagiária em psicologia Fabiana Moura, também participou da aplicação dos testes psicológicos. Essa é mais uma etapa da preparação dos árbitros sergipanos para o condicionamento das competições de 2019.

A Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF-SE) em parceria com a Federação Sergipana de Futebol (FSF), realizou a etapa de aplicação dos testes psicológicos nos árbitros e assistentes sergipanos, dos quadros da CBF e FIFA. As avaliações aconteceram na Universidade Tiradentes (Unit) campus Farolândia, na capital sergipana. 
As provas foram supervisionadas pelo presidente da CEAF-SE, Edmo Oliveira e pelo diretor de arbitragem, Coronel Rollemberg. A psicóloga Anne Patrícia, sempre acompanha os árbitros em diversas atividades e destacou a importância da avaliação.  "Fico feliz em fazer parte desta etapa tão importante, que é o pilar mental, já que este é fundamental para a excelência na qualidade dos trabalhos no campo de jogo, fazendo com que o crescimento mental tenha seu papel tão fundamental, como os pilares físico e teórico".
A psicóloga Anne Patrícia destacou o trabalho da FSF, ao se preocupar com a parte psicológica dos árbitros sergipanos. "Parabenizo a Federação Sergipana de Futebol e a Comissão Estadual de Arbitragem de Sergipe, na pessoa do presidente Edmo Oliveira, por abrir as portas da Psicologia no campo da arbitragem e permitir que nosso estado, seja colocado em posição de destaque, nos cuidados em prol da qualidade de vida pessoal e profissional dos árbitros sergipanos", finalizou a psicóloga Anne Patrícia.
A estagiária em psicologia Fabiana Moura, também participou da aplicação dos testes psicológicos. Essa é mais uma etapa da preparação dos árbitros sergipanos para o condicionamento das competições de 2019.