Luciano Bispo empossa concursados e diz que Alese é casa dos iguais

Política


  • O presidente da Alese, deputado Luciano Bispo, discursa durante a cerimônia de posse dos servidores aprovados em concurso público

 

Em um momento histórico, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB) empossou na manhã desta terça-feira, no auditório da Escola do Legislativo, 37 dos 96 aprovados no primeiro concurso realizado pela Alese. Na solenidade, lembrou que a Assembleia é formada por 24 parlamentares e pediu que os convocados tenham uma boa convivência com todos porque a 'Assembleia é uma casa dos iguais'.
"Num universo de 45 mil inscritos no concurso, vocês passaram porque são capazes e estão sendo empossados para trabalhar na casa do povo sergipano. Vocês foram aprovados para uma casa política, boa para trabalhar, que não atrasa os seus salários e tem um carinho especial pelos seus servidores. A Assembleia Legislativa de Sergipe fez o primeiro concurso na sua história, o que era cobrado pela sociedade sergipana. Vocês precisam entender que irão conviver uma casa política, formada por 24 deputados e daqui a três anos teremos novos parlamentares, por isso, terão que aprender a trabalhar com todos porque a Assembleia é a casa dos iguais. Dos 24 deputados, nenhum é mais ou menos do que outro. Todos têm o mesmo poder de comando, cada um pensa de um jeito, mas vocês precisarão de uma boa convivência", destaca ressaltando a importância do diretor geral, Roberto Bispo e do presidente do Sindicato dos Servidores da Alese, Geraldo Silva.
Trabalho imediato - O presidente Luciano Bispo explicou que foram convocados 39 aprovados no concurso realizado em 2018 na capital sergipana. Desses, foram empossados 37 porque dois engenheiros pediram um prazo maior para a juntada de documentos.
Quanto à convocação dos empossados na manhã desta terça-feira para as diversas áreas tanto para técnico legislativo quanto para analista legislativo, o assessor da presidência, Daniel Haack informou que após a cerimônia de posse, os servidores serão lotados. "Isso para dizer para quais setores eles vão ainda hoje ou a partir de amanhã, visando já começar efetivamente a trabalhar na Assembleia Legislativa de Sergipe", esclarece.
Para o diretor geral da Assembleia Legislativa de Sergipe, Roberto Bispo, a solenidade de posse dos aprovados no concurso é a finalização de um trabalho iniciado há um ano.
"Isso quando da abertura do concurso; quando fomos procurar uma empresa para elaborar o edital e as prova. O principal é que tudo ocorreu com transparência. É uma vitória muito grande para a Assembleia, para a mesa diretora; esse o primeiro concurso público e é muito salutar. Hoje finaliza a primeira etapa, com a convocação dos aprovados e no decorrer do ano, chamaremos mais. São 96 aprovados e hoje é o brinde do chamado primeiro lote dos concursados", afirma Roberto.

Em um momento histórico, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo (MDB) empossou na manhã desta terça-feira, no auditório da Escola do Legislativo, 37 dos 96 aprovados no primeiro concurso realizado pela Alese. Na solenidade, lembrou que a Assembleia é formada por 24 parlamentares e pediu que os convocados tenham uma boa convivência com todos porque a 'Assembleia é uma casa dos iguais'.
"Num universo de 45 mil inscritos no concurso, vocês passaram porque são capazes e estão sendo empossados para trabalhar na casa do povo sergipano. Vocês foram aprovados para uma casa política, boa para trabalhar, que não atrasa os seus salários e tem um carinho especial pelos seus servidores. A Assembleia Legislativa de Sergipe fez o primeiro concurso na sua história, o que era cobrado pela sociedade sergipana. Vocês precisam entender que irão conviver uma casa política, formada por 24 deputados e daqui a três anos teremos novos parlamentares, por isso, terão que aprender a trabalhar com todos porque a Assembleia é a casa dos iguais. Dos 24 deputados, nenhum é mais ou menos do que outro. Todos têm o mesmo poder de comando, cada um pensa de um jeito, mas vocês precisarão de uma boa convivência", destaca ressaltando a importância do diretor geral, Roberto Bispo e do presidente do Sindicato dos Servidores da Alese, Geraldo Silva.

Trabalho imediato - O presidente Luciano Bispo explicou que foram convocados 39 aprovados no concurso realizado em 2018 na capital sergipana. Desses, foram empossados 37 porque dois engenheiros pediram um prazo maior para a juntada de documentos.
Quanto à convocação dos empossados na manhã desta terça-feira para as diversas áreas tanto para técnico legislativo quanto para analista legislativo, o assessor da presidência, Daniel Haack informou que após a cerimônia de posse, os servidores serão lotados. "Isso para dizer para quais setores eles vão ainda hoje ou a partir de amanhã, visando já começar efetivamente a trabalhar na Assembleia Legislativa de Sergipe", esclarece.
Para o diretor geral da Assembleia Legislativa de Sergipe, Roberto Bispo, a solenidade de posse dos aprovados no concurso é a finalização de um trabalho iniciado há um ano.
"Isso quando da abertura do concurso; quando fomos procurar uma empresa para elaborar o edital e as prova. O principal é que tudo ocorreu com transparência. É uma vitória muito grande para a Assembleia, para a mesa diretora; esse o primeiro concurso público e é muito salutar. Hoje finaliza a primeira etapa, com a convocação dos aprovados e no decorrer do ano, chamaremos mais. São 96 aprovados e hoje é o brinde do chamado primeiro lote dos concursados", afirma Roberto.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS