Saúde deve usar 500 mil doses de vacina contra a gripe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/04/2019 às 07:26:00

 

Milton Alves Júnior
A partir da próxima 
quarta-feira, 10, a Se-
cretaria de Estado da Saúde (SES) inicia mais uma etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza). Em virtude do baixo índice de imunização no ano passado, o público alvo desta edição foi ampliada e cerca de 500 mil doses devem ser aplicadas até o dia 31 de maio, quando a campanha será concluída. O serviço, coordenado pela Gerência de Imunização da SES, estará disponível aos sergipanos em todas as unidades básicas de saúde de Aracaju, e nas unidades de saúde estaduais e municipais instaladas no interior sergipano.
Conforme destacado pela SES, a gripe é uma doença respiratória infecciosa de origem viral que pode se agravar até o óbito, principalmente em indivíduos que apresentam fatores e condições de risco para a complicação da infecção. O público alvo são todas as crianças de seis meses a menores de 6 anos, pessoas com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas até 45 dias do parto, e trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas. A lista de prioridades compõe ainda adolescentes entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, e pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais.
Na perspectiva de ampliar a cobertura de imunização a crianças - em baixa no ano passado -, a primeira semana será destinada exclusivamente a esse grupo de brasileiros. "Entre os dias 10 a 19 de abril, serão vacinadas as crianças e as gestantes. Então, nessa semana só vai para a unidade tomar a vacina esse público. Nessa campanha não vamos trabalhar somente a Influenza, como o país está com cobertura baixa, inclusive Sergipe, vamos aproveitar esse momento para atualizar o cartão de vacinação. A criança que chegar e estiver com alguma vacina de rotina atrasada poderá ser vacinada", informou a gerente de imunização da SES, Sândala Teles.
Ao JORNAL DO DIA, a enfermeira Ana Lúcia Santos, que atua nas unidades básicas de saúde em Aracaju, os postos estão prontos para atender a demanda. A expectativa fica apenas por conta do repasse dos medicamentos e insumos. "Não é que no ano passado o índice de proteção foi pequena. A questão é que muitas crianças deixaram de ser atendidas. Esse ano. estamos com as bases reforçadas e desde o início do mês passado já chamando a atenção dos pais para não deixarem de vacinar as crianças. Acredito que até segunda ou terça esse material deve chegar e na quarta iniciaremos os trabalhos alusivos à campanha", avaliou.

Milton Alves Júnior

A partir da próxima  quarta-feira, 10, a Se- cretaria de Estado da Saúde (SES) inicia mais uma etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Influenza). Em virtude do baixo índice de imunização no ano passado, o público alvo desta edição foi ampliada e cerca de 500 mil doses devem ser aplicadas até o dia 31 de maio, quando a campanha será concluída. O serviço, coordenado pela Gerência de Imunização da SES, estará disponível aos sergipanos em todas as unidades básicas de saúde de Aracaju, e nas unidades de saúde estaduais e municipais instaladas no interior sergipano.
Conforme destacado pela SES, a gripe é uma doença respiratória infecciosa de origem viral que pode se agravar até o óbito, principalmente em indivíduos que apresentam fatores e condições de risco para a complicação da infecção. O público alvo são todas as crianças de seis meses a menores de 6 anos, pessoas com 60 anos ou mais, gestantes, puérperas até 45 dias do parto, e trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas. A lista de prioridades compõe ainda adolescentes entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, e pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais.
Na perspectiva de ampliar a cobertura de imunização a crianças - em baixa no ano passado -, a primeira semana será destinada exclusivamente a esse grupo de brasileiros. "Entre os dias 10 a 19 de abril, serão vacinadas as crianças e as gestantes. Então, nessa semana só vai para a unidade tomar a vacina esse público. Nessa campanha não vamos trabalhar somente a Influenza, como o país está com cobertura baixa, inclusive Sergipe, vamos aproveitar esse momento para atualizar o cartão de vacinação. A criança que chegar e estiver com alguma vacina de rotina atrasada poderá ser vacinada", informou a gerente de imunização da SES, Sândala Teles.
Ao JORNAL DO DIA, a enfermeira Ana Lúcia Santos, que atua nas unidades básicas de saúde em Aracaju, os postos estão prontos para atender a demanda. A expectativa fica apenas por conta do repasse dos medicamentos e insumos. "Não é que no ano passado o índice de proteção foi pequena. A questão é que muitas crianças deixaram de ser atendidas. Esse ano. estamos com as bases reforçadas e desde o início do mês passado já chamando a atenção dos pais para não deixarem de vacinar as crianças. Acredito que até segunda ou terça esse material deve chegar e na quarta iniciaremos os trabalhos alusivos à campanha", avaliou.