Centro Cultural de Aracaju recebe o III Fórum Sergipano de Cultura Indígena

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/04/2019 às 09:47:00

 

O lll Fórum Sergipano de Cultura Indígena acontece nestas quinta, 11, e sexta-feira, 12, no Centro Cultural de Aracaju, localizado na praça General Valadão. 
O evento é uma realização da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), em parceria com a Associação Nacional de História de Sergipe (ANPUH/SE). 
Através de palestras, debates e documentários, o fórum reunirá estudantes, professores, pesquisadores e membros de comunidades indígenas para discutir os desafios enfrentados por esses povos no atual cenário político brasileiro. 
Destacando a importância do diálogo entre indígenas e não-indígenas, o encontro pretende difundir o conhecimento acerca dos desafios atuais enfrentados pelos indígenas, e apontar meios para superação do desrespeito à cultura, para a garantia dos direitos dos índios. 
As inscrições podem ser realizadas, até quinta-feira, através do email: centro.cultural@aracaju.se. gov.br ou presencialmente no Centro Cultural de Aracaju. Mais informações através do telefone (79) 3214-5387.
Programação
11/04 (quinta-feira)
8h - Credenciamento
9h - Palestras:
- Resistência e sobrevivência indígena no Brasil do ponto de vista político-social, cultural e metafísico. Estudo de casos: os Xokó da Ilha de São Pedro, Sergipe, e os Pataxó da Aldeia da Junqueira, Porto Seguro, Bahia.
Palestrante: Professora Dra. Clarice Novaes da Mota (UFRJ). 
- Os índios e a defesa dos seus direitos: educação, terra, identidade, política e juventude entre os Xokó da Ilha de São Pedro, Porto da Folha/SE.
Palestrante: Professora Daniely Silva dos Santos (Colégio Indígena Estadual Dom José Brandão de Castro).
 
Local: Auditório do Centro Cultural de Aracaju
14h30 - Apresentação cultural: "Eram quase três milhões de índios?"
12/04 (sexta-feira)
9h- Palestras:
- Os usos das imagens e representações sobre povos indígenas nas ações de dominação e resistência no contexto de políticas antidemocráticas.
Palestrante: Professor Dr. José Adelson Lopes Peixoto (UNEAL).
- A diversidade cultural no ambiente acadêmico: a (in)visibilidade dos povos indígenas nas pesquisas do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFS.
Palestrante: Professora Dra. Marizete Lucini (PPGED-UFS).

O lll Fórum Sergipano de Cultura Indígena acontece nestas quinta, 11, e sexta-feira, 12, no Centro Cultural de Aracaju, localizado na praça General Valadão. 
O evento é uma realização da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), em parceria com a Associação Nacional de História de Sergipe (ANPUH/SE). 
Através de palestras, debates e documentários, o fórum reunirá estudantes, professores, pesquisadores e membros de comunidades indígenas para discutir os desafios enfrentados por esses povos no atual cenário político brasileiro. 
Destacando a importância do diálogo entre indígenas e não-indígenas, o encontro pretende difundir o conhecimento acerca dos desafios atuais enfrentados pelos indígenas, e apontar meios para superação do desrespeito à cultura, para a garantia dos direitos dos índios. 
As inscrições podem ser realizadas, até quinta-feira, através do email: centro.cultural@aracaju.se. gov.br ou presencialmente no Centro Cultural de Aracaju. Mais informações através do telefone (79) 3214-5387.
Programação
11/04 (quinta-feira)
8h - Credenciamento
9h - Palestras:
- Resistência e sobrevivência indígena no Brasil do ponto de vista político-social, cultural e metafísico. Estudo de casos: os Xokó da Ilha de São Pedro, Sergipe, e os Pataxó da Aldeia da Junqueira, Porto Seguro, Bahia.
Palestrante: Professora Dra. Clarice Novaes da Mota (UFRJ). 
- Os índios e a defesa dos seus direitos: educação, terra, identidade, política e juventude entre os Xokó da Ilha de São Pedro, Porto da Folha/SE.
Palestrante: Professora Daniely Silva dos Santos (Colégio Indígena Estadual Dom José Brandão de Castro). 
Local: Auditório do Centro Cultural de Aracaju
14h30 - Apresentação cultural: "Eram quase três milhões de índios?"
12/04 (sexta-feira)
9h- Palestras:
- Os usos das imagens e representações sobre povos indígenas nas ações de dominação e resistência no contexto de políticas antidemocráticas.
Palestrante: Professor Dr. José Adelson Lopes Peixoto (UNEAL).
- A diversidade cultural no ambiente acadêmico: a (in)visibilidade dos povos indígenas nas pesquisas do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFS.
Palestrante: Professora Dra. Marizete Lucini (PPGED-UFS).