"Caravana Lula Livre foi um sucesso e percorrerá todo o país", diz Marcio Macedo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 10/04/2019 às 10:13:00

 

Após o encerramento da primeira edição da Caravana Lula Livre com Haddad, na região Sul do país neste último fim de semana, o vice-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) e ex-deputado federal, Marcio Macedo, que está coordenando a caravana, falou em entrevista concedida na manhã desta terça-feira à rádio Fan FM, que a mobilização foi um sucesso e que os brasileiros demonstraram total indignação a prisão do ex-presidente Lula.
 "Tivemos uma participação em massa na região Sul e o povo está unido em defesa da liberdade de Lula, que está em uma prisão política, injusta e ilegal. Fomos a Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba, onde encerramos, no domingo (7), na data que completou um ano da prisão arbitrária de Lula, a primeira edição da Caravana, com um grande ato em frente à Polícia Federal. Foi um ato forte, significativo e que teve muita emoção. Finalizamos a primeira edição da jornada Lula Livre com a certeza de que os brasileiros querem a liberdade do ex-presidente para, juntos com Lula, enfrentarmos o desgoverno de Bolsonaro", disse Marcio.
Marcio contou ainda que a caravana passará por todas as regiões do país. "Iremos percorrer o Brasil para conversar com os brasileiros. Além de defender a liberdade de Lula, a caravana tem o objetivo também de discutir com o povo a atual situação do país. Bolsonaro está querendo acabar com a aposentadoria dos brasileiros e entregar o patrimônio nacional. Não podemos nos calar e vamos lutar com o povo, movimentos sociais e sindicais, e com Lula contra esse desgoverno", afirma.
 
Eleições 2020 - Ainda durante a entrevista, ao ser questionado sobre as próximas eleições do Município de Aracaju, Marcio esclareceu que é natural que haja possibilidade de o PT sair com candidatura própria, no entanto, segundo ele, ainda não é o momento para essa discussão.
 "As discussões sobre as eleições em 2020 serão feitas na hora certa. O PT é forte em Aracaju, eu tive uma votação expressiva nas eleições de 2018, sendo o candidato a deputado federal mais votado da coligação na capital, mas, como o próprio prefeito Edvaldo Nogueira já afirmou, ainda não é a hora de discutir as próximas eleições. Isso será feito no momento certo", conclui o vice-presidente do PT.

Após o encerramento da primeira edição da Caravana Lula Livre com Haddad, na região Sul do país neste último fim de semana, o vice-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) e ex-deputado federal, Marcio Macedo, que está coordenando a caravana, falou em entrevista concedida na manhã desta terça-feira à rádio Fan FM, que a mobilização foi um sucesso e que os brasileiros demonstraram total indignação a prisão do ex-presidente Lula.
 "Tivemos uma participação em massa na região Sul e o povo está unido em defesa da liberdade de Lula, que está em uma prisão política, injusta e ilegal. Fomos a Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba, onde encerramos, no domingo (7), na data que completou um ano da prisão arbitrária de Lula, a primeira edição da Caravana, com um grande ato em frente à Polícia Federal. Foi um ato forte, significativo e que teve muita emoção. Finalizamos a primeira edição da jornada Lula Livre com a certeza de que os brasileiros querem a liberdade do ex-presidente para, juntos com Lula, enfrentarmos o desgoverno de Bolsonaro", disse Marcio.
Marcio contou ainda que a caravana passará por todas as regiões do país. "Iremos percorrer o Brasil para conversar com os brasileiros. Além de defender a liberdade de Lula, a caravana tem o objetivo também de discutir com o povo a atual situação do país. Bolsonaro está querendo acabar com a aposentadoria dos brasileiros e entregar o patrimônio nacional. Não podemos nos calar e vamos lutar com o povo, movimentos sociais e sindicais, e com Lula contra esse desgoverno", afirma. 
Eleições 2020 - Ainda durante a entrevista, ao ser questionado sobre as próximas eleições do Município de Aracaju, Marcio esclareceu que é natural que haja possibilidade de o PT sair com candidatura própria, no entanto, segundo ele, ainda não é o momento para essa discussão.
 "As discussões sobre as eleições em 2020 serão feitas na hora certa. O PT é forte em Aracaju, eu tive uma votação expressiva nas eleições de 2018, sendo o candidato a deputado federal mais votado da coligação na capital, mas, como o próprio prefeito Edvaldo Nogueira já afirmou, ainda não é a hora de discutir as próximas eleições. Isso será feito no momento certo", conclui o vice-presidente do PT.