Hamilton de Holanda realiza show gratuito na General Valadão no dia 25

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/04/2019 às 11:40:00

 

"É muito bom voltar para Aracaju e celebrar o Choro junto com os músicos sergipanos e com o pessoal que ajuda a manter a cena instrumental viva em Sergipe". Assim anunciou o bandolinista Hamilton de Holanda, que vem a capital sergipana, no próximo dia 25, para realizar um show gratuito, na Praça General Valadão, em frente ao Centro Cultural. A apresentação faz parte do 'Quinta Instrumental', projeto da Prefeitura mantido pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju).   
Com seu bandolim de 10 cordas, Hamilton de Holanda reinventa o instrumento e transita com tranquilidade pelas mais diferentes formações musicais e ainda passeia por diversos gêneros com seu estilo único e "coração na ponta dos dedos". Durante apresentação no Quinta Instrumental, o público presente vai poder sentir de perto a beleza da sonoridade do bandolim interpretada por Holanda que, inclusive, já o fez receber diversos prêmios, incluindo dois Grammy Latino.
Hamilton tem a música popular brasileira como referência e passeia por diversos gêneros musicais, tendo como base o bandolim e o choro. Ele é autor do primeiro CD do mundo com solo de bandolim 10 cordas e já dividiu o palco com cantores como John Paul Jones (Led Zepellin), Milton Nascimento, Chico Buarque, Zeca Pagodinho e Djavan.
Em Aracaju, o grupo sergipano que também subirá ao palco da terceira temporada do Quinta Instrumental, no próximo dia 25, é o 'Brasileiríssimo'. A jovem banda nasceu, em 2012, com a intenção de resgatar o choro e o repertório de grandes artistas do gênero como Chiquinha Gonzaga, Pixiguinha, dentre outros. 

"É muito bom voltar para Aracaju e celebrar o Choro junto com os músicos sergipanos e com o pessoal que ajuda a manter a cena instrumental viva em Sergipe". Assim anunciou o bandolinista Hamilton de Holanda, que vem a capital sergipana, no próximo dia 25, para realizar um show gratuito, na Praça General Valadão, em frente ao Centro Cultural. A apresentação faz parte do 'Quinta Instrumental', projeto da Prefeitura mantido pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju).   
Com seu bandolim de 10 cordas, Hamilton de Holanda reinventa o instrumento e transita com tranquilidade pelas mais diferentes formações musicais e ainda passeia por diversos gêneros com seu estilo único e "coração na ponta dos dedos". Durante apresentação no Quinta Instrumental, o público presente vai poder sentir de perto a beleza da sonoridade do bandolim interpretada por Holanda que, inclusive, já o fez receber diversos prêmios, incluindo dois Grammy Latino.
Hamilton tem a música popular brasileira como referência e passeia por diversos gêneros musicais, tendo como base o bandolim e o choro. Ele é autor do primeiro CD do mundo com solo de bandolim 10 cordas e já dividiu o palco com cantores como John Paul Jones (Led Zepellin), Milton Nascimento, Chico Buarque, Zeca Pagodinho e Djavan.
Em Aracaju, o grupo sergipano que também subirá ao palco da terceira temporada do Quinta Instrumental, no próximo dia 25, é o 'Brasileiríssimo'. A jovem banda nasceu, em 2012, com a intenção de resgatar o choro e o repertório de grandes artistas do gênero como Chiquinha Gonzaga, Pixiguinha, dentre outros.