MDB de cara nova

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O novo presidente estadual do MDB, deputado federal Fábio Reis, disse que iniciava um dos maiores desafios da sua vida. \"Trabalharei para buscar, antes de tudo, a união. É hora de construir, de agregar e de fortalecer o partido\", afirmou, enfati
O novo presidente estadual do MDB, deputado federal Fábio Reis, disse que iniciava um dos maiores desafios da sua vida. \"Trabalharei para buscar, antes de tudo, a união. É hora de construir, de agregar e de fortalecer o partido\", afirmou, enfati

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/04/2019 às 22:46:00

 

Nas últimas décadas o MDB em Sergipe foi 
comandado por José Carlos Teixeira, Ja
ckson Barreto, Benedito Figueiredo e João Augusto Gama. Dessas quatro lideranças da política no Estado, somente Teixeira, que foi vice-governador e deputado federal, não está mais nesta dimensão terrestre.
Jackson, Benedito e Gama, que fazem parte da velha guarda do MDB, continuam ativos na política. Até o ano passado JB era o governador do Estado. Já Benedito e Gama secretários de Estado, além de dirigentes do MDB em Sergipe, como membros da Executiva Estadual.
Jackson, Benedito e José Carlos Teixeira, que tiveram mandatos de deputado federal, fizeram história com a luta pelas Diretas Já e redemocratização do país. Os três, inclusive, combateram a ditadura militar. João Gama, que também participou dessa luta, foi o presidente do MDB nos últimos anos e Benedito é o presidente do Instituto Ulisses Guimarães.
Ontem encerrou o ciclo da velha guarda do MDB com a chegada do jovem deputado federal Fábio Reis. Por consenso, Fábio foi eleito presidente do Diretório Estadual e assume o comando do partido no estado em clima de harmonia entre os emedebistas históricos e a nova geração.   
Fábio se cacifou para comandar o MDB. Está no terceiro mandato de deputado federal e é hoje o coordenador da bancada federal de Sergipe na Câmara dos Deputados.
Assume a presidência do MDB com o projeto de oxigenação e renovação da legenda. Quer modernizar o partido, buscar a renovação não só em alguns diretórios, mas, também, na Executiva Nacional. Deseja mudar a forma de fazer política e ouvir as ruas.  
O deputado garante que vai buscar novos filiados e o fortalecimento para as eleições municipais de 2020. Ele, inclusive, que está no terceiro mandato de deputado federal, pode ser candidato a prefeito de Lagarto no ano que vem.
Vale ressaltar nesse processo de transformação do MDB o desprendimento do ex-governador Jackson Barreto de abrir mão de comandar o partido no estado para a nova geração emedebista.  JB se contentou em presidir o Diretório Municipal de Aracaju com o mesmo entusiasmo de sempre...

Nas últimas décadas o MDB em Sergipe foi  comandado por José Carlos Teixeira, Ja ckson Barreto, Benedito Figueiredo e João Augusto Gama. Dessas quatro lideranças da política no Estado, somente Teixeira, que foi vice-governador e deputado federal, não está mais nesta dimensão terrestre.
Jackson, Benedito e Gama, que fazem parte da velha guarda do MDB, continuam ativos na política. Até o ano passado JB era o governador do Estado. Já Benedito e Gama secretários de Estado, além de dirigentes do MDB em Sergipe, como membros da Executiva Estadual.
Jackson, Benedito e José Carlos Teixeira, que tiveram mandatos de deputado federal, fizeram história com a luta pelas Diretas Já e redemocratização do país. Os três, inclusive, combateram a ditadura militar. João Gama, que também participou dessa luta, foi o presidente do MDB nos últimos anos e Benedito é o presidente do Instituto Ulisses Guimarães.
Ontem encerrou o ciclo da velha guarda do MDB com a chegada do jovem deputado federal Fábio Reis. Por consenso, Fábio foi eleito presidente do Diretório Estadual e assume o comando do partido no estado em clima de harmonia entre os emedebistas históricos e a nova geração.   
Fábio se cacifou para comandar o MDB. Está no terceiro mandato de deputado federal e é hoje o coordenador da bancada federal de Sergipe na Câmara dos Deputados.
Assume a presidência do MDB com o projeto de oxigenação e renovação da legenda. Quer modernizar o partido, buscar a renovação não só em alguns diretórios, mas, também, na Executiva Nacional. Deseja mudar a forma de fazer política e ouvir as ruas.  
O deputado garante que vai buscar novos filiados e o fortalecimento para as eleições municipais de 2020. Ele, inclusive, que está no terceiro mandato de deputado federal, pode ser candidato a prefeito de Lagarto no ano que vem.
Vale ressaltar nesse processo de transformação do MDB o desprendimento do ex-governador Jackson Barreto de abrir mão de comandar o partido no estado para a nova geração emedebista.  JB se contentou em presidir o Diretório Municipal de Aracaju com o mesmo entusiasmo de sempre...

Prestigiando a convenção

O governador Belivaldo Chagas (PSD) foi prestigiar a convenção emedebista que elegeu o deputado federal Fábio Reis presidente estadual do partido. "O MDB estará em boas mãos. Fábio é um jovem atuante, é nosso coordenador de bancada na Câmara dos Deputados e se dedica por Sergipe. É um deputado que tem tudo para fazer com que o MDB cresça mais ainda. Desejo sucesso. Tenho a certeza que fará um novo MDB em Sergipe. Contará  com o apoio do nosso grupo, que é forte e quer o melhor para o nosso povo".

Ponto de vista

Para o prefeito Marcos Santana (MDB-São Cristovão), que integra a nova Executiva Estadual, Fábio Reis no comando do MDB representa uma mudança estimuladora para os filiados. "O partido rejuvenescerá com a chegada de Fábio, que é um jovem, está no seu terceiro ano como deputado federal. A gente precisa mudar, dá direcionamento novo, ideias novas, levar o partido para o interior, voltar a ser o que sempre foi o MDB na luta pelas diretas e redemocratização do país. Isso é o que marca esse momento", frisou.

Reconhecimento 

Marcos ressalta o gesto do ex-governador abrir mão de ser o novo presidente do MDB em substituição a João Augusto Gama. "Fábio Reis assumindo o comando do MDB no estado representa mais uma forma que Jackson Barreto impõe na política sergipana. Jackson, em cima de sua história, abre mão do Diretório Estadual e fica com o Diretório Municipal de Aracaju, onde fez história política".

Reeleição

O prefeito de São Cristovão confirmou ontem que vai para reeleição e trabalha para isso. "Estamos fazendo obras e estimulando as pessoas a refletir sobre as obras. Que todos compreendam a necessidade de continuar. O sonho para São Cristovão não cabe em quatro anos. Espero que a população entenda isso".

É fogo

Do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) sobre licitação de R$ 1,1 milhão do Supremo Tribunal Federal (STF) para compra com dinheiro público de medalhões de lagosta, uísque 18 anos e vinhos com uvas colhidas a mão misturados em barris francês: "A licitação é uma vergonha e mais um abuso diante da crise que estamos vivendo. O Congresso tentando aprovar a reforma da Previdência para reduzir gastos, enquanto o Supremo investe em mordomias!".

Nem Freud explica 

De Alessandro Vieira alfinetando o governo Bolsonaro: "Um governo que se guia por um suposto filósofo quer acabar com os cursos de Filosofia. Deve ter alguma explicação filosófica".

Na Comissão Especial 1

Indicado pelo PDT, o deputado federal Fábio Henrique é o único sergipano que vai integrar a Comissão Especial da Reforma da Previdência. "Fiquei muito feliz, tenho estudado muito sobre os assuntos da Previdência, farei propostas de emendas e também argumentarei para retirada dos pontos que vejo como prejudicial, principalmente para o povo mais pobre", afirmou.

Na Comissão Especial 2

 Fábio antecipa que será contra medidas como a redução do BPC, contra o tipo de aposentadoria para o trabalhador rural, em defesa dos professores e à igualdade entre os segmentos da segurança. "Não sou contra uma reforma na previdência, isso é importante para o Brasil. Mas não desta forma que está colocada, sobre tudo, porque afeta os trabalhadores e os mais pobres".

Ainda os matadouros

Durante visita ontem ao Ministério Público Estadual o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) conversou com o procurador geral de Justiça, Eduardo D'Ávila, e o promotor Arnaldo Sobral sobre o fechamento dos matadouros municipais. Pediu o apoio ao MP no sentido de se criar uma normativa, uma cartilha do que é necessário efetivamente para que os entes, privado ou público, possam colocar o negócio para funcionar.

Prefeito agressor 1

A conselheira tutelar de Pedra Mole, Karine da Conceição Santos, prestou boletim de ocorrência contra o prefeito João José de Carvalho Neto (DEM). Ela acusa o gestor de invadir na última quinta-feira a sede do Conselho Tutelar, filmar no celular as ações, falar palavras de baixo calão contra as três conselheiras, tomar documentos de registros internos e a agredir física e psicologicamente, tomando também o seu celular. Segundo Karine, o prefeito chegou a afirmar: "Esse Conselho é um cabaré e aqui no município a autoridade máxima sou eu".

Prefeito agressor 2

A conselheira tutelar atribuiu à atitude agressiva do prefeito ao fato dele  ter sido intimado pela Promotoria de Justiça a prestar esclarecimentos na última terça-feira e ter lhe dado prazo para estruturar o órgão. Explicou que o gestor municipal foi intimado após o Conselho Tutelar ter enviado várias vezes documento pedindo que estruturasse a sede para que fosse prestado um bom serviço à população e, diante do seu descaso, o Colegiado ter encaminhado ao Ministério Público local denúncia sobre o desserviço prestado pela sua administração ao órgão. 

Nota de apoio

O episódio levou o Fórum Associativo de Conselheiros Tutelares de Sergipe (FACTUS) a sair ontem com nota de solidariedade as três conselheiras agredidas e comunicar que está formando uma comissão de diretores para ir a Pedra Mole na próxima semana para conversar com o Conselho Tutelar, a Promotoria e o Poder Judiciário.

Em liberdade 1 

Na tarde de ontem o juiz de Direito Marcel de Castro Britto acatou o agravo de instrumento de pedido de revogação das prisões preventivas do empresário Joel do Nascimento Cruz e do ex-secretário de Finanças de Lagarto, Anderson Souza de Andrade. Eles foram presos em 25 de fevereiro deste ano, junto com o prefeito afastado Valmir Monteiro (PSC) e o seu genro Igor Ribeiro (presos dia 22 de fevereiro), durante a Operação Leak, deflagrada pela Polícia Civil e Ministério Público, visando investigar desvio de recursos no matadouro de Lagarto.

Em liberdade 2

Em seu despacho, o juiz entendeu que a prisão não era mais necessária já que os dois foram denunciados pelo Ministério Público do Estado pelo suposto crime de lavagem de dinheiro e como suspeitos de integrarem um esquema de desvio de recursos da Prefeitura de Lagarto. Joel, inclusive, é apontado como "laranja" de Valmir Monteiro, que ainda permanece preso no Presídio Militar em Aracaju. 

Restrições

Medidas cautelares foram estabelecidas para aos dois. Eles não podem deixar o estado por mais de 10 dias sem autorização de juízo; terão que se apresentar mensalmente em juízo; estão proibidos de acesso a locais pertencentes à Administração Pública direta ou indireta municipal; e proibidos de contato com os demais denunciados e testemunhas.

Veja essa ...

O presidente Jair Bolsonaro barrou a veiculação de uma campanha publicitária do Banco do Brasil marcada pela diversidade de raça e estilo dos atores e atrizes. A peça, de 30 segundos, adota um tom jovial para convidar o público a abrir conta na instituição.  A ordem foi dada por Bolsonaro diretamente ao presidente do banco, Rubem Novaes, e o diretor de Comunicação e Marketing da Instituição, Delano Valentim, foi demitido no desdobramento do caso. É a volta da censura...

Curtas

O governador Belivaldo Chagas disse ontem que está buscando uma nova linha de crédito junto ao Banco do Brasil para reconstrução das rodovias estaduais. Espera iniciar o processo de licitação até maio.

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) vai presidir a Frente Parlamentar de Senadores do Norte e Nordeste.  "É uma honra. Um momento de unidade de duas regiões de grandes potenciais, mas que precisam da nossa atenção para a promoção do desenvolvimento econômico. Vamos ao trabalho!", disse o parlamentar.

Com o projeto "Agroambiental: Plantando ideias e colhendo atitudes", o prefeito Edson Santos Cruz (MDB- Santa Luzia do Itanhi) é um dos finalistas do prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2019. O projeto visa a construção de hortas escolares orgânicas, contribuindo para o desenvolvimento de uma cidade mais sustentável.

O professor vereador Dionísio Neto (REDE-Estância) apresentou indicação na Câmara Municipal sugerindo que seja realizada uma exposição pelos 30 anos de falecimento do cantor Luiz Gonzaga, em razão do seu legado do "Rei do Baião". Quer que ela ocorra durante os festejos juninos deste ano do município.