Governo apresenta Metodologia de Inscrição do Encontro Nordestino de Cultura 2019

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/05/2019 às 10:20:00

 

Na última terça-feira, 30, o Governo do Estado, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap/SE) apresentou aos/as artistas sergipanos a Metodologia de Inscrição do Edital do Encontro Nordestino de Cultura 2019. O encontro aconteceu no auditório da Secretaria de Estado da Inclusão, da Assistência Social e do Trabalho (SEIT) e, aproximadamente, 100 artistas dos diversos segmentos culturais do Estado participaram do evento.
Na oportunidade, a presidente da Funcap, Conceição Vieira, apresentou as novas diretrizes da gestão atual para os artistas, que de acordo com ela tem como objetivo fomentar a produção, assim como democratizar e garantir o acesso de todas as classes, buscando sempre valorizar o trabalho do artista sergipano.
"Nós estamos tratando da principal atividade artística cultural do estado de Sergipe. Então essa parceria com o Banese, no sentido do financiamento, principalmente dos artistas sergipanos, pois teremos muito poucos artistas de fora do nosso estado. Serão onze dias de festa - do dia 20 ao dia 30, de forró e de realização. Sem contar  com os Concursos de Quadrilha Tradicionais, do Gonzagão e do Arranca Unha. E estamos construindo também o Fórum Nordestino de Cultura. Com esse compromisso assumido pelo Governo do Estado, através da Fundação, a gente  demonstra a responsabilidade, o cuidado e o zelo em  manter a nossa cultura viva e em parceria, discutindo com o Trade Turístico, com o Sistema S e com a Abrasel, para deixar claro que a gente  quer otimizar esse momento, fazendo com que aqueles que são agentes de desenvolvimento econômico para Sergipe, possa atrair mais turistas nesse período" explicou.
Para o presidente da Liga das Quadrilhas Juninas de Sergipe, Sérgio Luiz, a iniciativa é uma forma da Funcap e sua presidente, Conceição Vieira, abrir as portas para os artistas discutirem  a respeito do São João 2019. "Essa é a primeira vez que somos chamados para uma reunião deste suporte, onde juntos poderemos discutir o movimento junino sergipano. Então, a gente fica muito grato e feliz com essa oportunidade", enfatizou.
O presidente do Sindicato dos Músicos de Sergipe, Tonico Saraiva, disse que ao ficar sabendo que o governador Belivaldo Chagas tinha escolhido Conceição Vieira para a pasta da Cultura, a expectativa dos músicos sergipanos mudou. "Conceição é uma pessoa que quando estava na Assembleia Legislativa nas vezes em que visitei a Alese, Conceição sempre se mostrou atenciosa. Quando ela me via, chamava e perguntava  o que estava precisando, se tinha alguma demanda, algum assunto que ela pudesse levar a tribuna da Assembleia. Conceição sempre se mostrou preocupada com a cultura de Sergipe, ela administra diferente e isso é motivo de grande entusiasmo da nossa parte. De parabéns o governador pela escolha do nome de Conceição, que é uma pessoa bem próxima dos artistas", afirmou.
"Esse é um evento interessante demais, que nos trouxe expectativa  com relação a  valorização dos artistas de Sergipe. Saímos daqui satisfeitos e com a certeza de que  trabalhando junto a um gestor que se preocupa com a classe artística e a cultura do nosso estado, como é o caso de Conceição Vieira, a coisa vai de fato acontecer. Estamos confiantes e felizes com o resultado dessa reunião", finalizou a produtora musical, Jardenia Leão.

Na última terça-feira, 30, o Governo do Estado, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap/SE) apresentou aos/as artistas sergipanos a Metodologia de Inscrição do Edital do Encontro Nordestino de Cultura 2019. O encontro aconteceu no auditório da Secretaria de Estado da Inclusão, da Assistência Social e do Trabalho (SEIT) e, aproximadamente, 100 artistas dos diversos segmentos culturais do Estado participaram do evento.
Na oportunidade, a presidente da Funcap, Conceição Vieira, apresentou as novas diretrizes da gestão atual para os artistas, que de acordo com ela tem como objetivo fomentar a produção, assim como democratizar e garantir o acesso de todas as classes, buscando sempre valorizar o trabalho do artista sergipano.
"Nós estamos tratando da principal atividade artística cultural do estado de Sergipe. Então essa parceria com o Banese, no sentido do financiamento, principalmente dos artistas sergipanos, pois teremos muito poucos artistas de fora do nosso estado. Serão onze dias de festa - do dia 20 ao dia 30, de forró e de realização. Sem contar  com os Concursos de Quadrilha Tradicionais, do Gonzagão e do Arranca Unha. E estamos construindo também o Fórum Nordestino de Cultura. Com esse compromisso assumido pelo Governo do Estado, através da Fundação, a gente  demonstra a responsabilidade, o cuidado e o zelo em  manter a nossa cultura viva e em parceria, discutindo com o Trade Turístico, com o Sistema S e com a Abrasel, para deixar claro que a gente  quer otimizar esse momento, fazendo com que aqueles que são agentes de desenvolvimento econômico para Sergipe, possa atrair mais turistas nesse período" explicou.
Para o presidente da Liga das Quadrilhas Juninas de Sergipe, Sérgio Luiz, a iniciativa é uma forma da Funcap e sua presidente, Conceição Vieira, abrir as portas para os artistas discutirem  a respeito do São João 2019. "Essa é a primeira vez que somos chamados para uma reunião deste suporte, onde juntos poderemos discutir o movimento junino sergipano. Então, a gente fica muito grato e feliz com essa oportunidade", enfatizou.
O presidente do Sindicato dos Músicos de Sergipe, Tonico Saraiva, disse que ao ficar sabendo que o governador Belivaldo Chagas tinha escolhido Conceição Vieira para a pasta da Cultura, a expectativa dos músicos sergipanos mudou. "Conceição é uma pessoa que quando estava na Assembleia Legislativa nas vezes em que visitei a Alese, Conceição sempre se mostrou atenciosa. Quando ela me via, chamava e perguntava  o que estava precisando, se tinha alguma demanda, algum assunto que ela pudesse levar a tribuna da Assembleia. Conceição sempre se mostrou preocupada com a cultura de Sergipe, ela administra diferente e isso é motivo de grande entusiasmo da nossa parte. De parabéns o governador pela escolha do nome de Conceição, que é uma pessoa bem próxima dos artistas", afirmou.
"Esse é um evento interessante demais, que nos trouxe expectativa  com relação a  valorização dos artistas de Sergipe. Saímos daqui satisfeitos e com a certeza de que  trabalhando junto a um gestor que se preocupa com a classe artística e a cultura do nosso estado, como é o caso de Conceição Vieira, a coisa vai de fato acontecer. Estamos confiantes e felizes com o resultado dessa reunião", finalizou a produtora musical, Jardenia Leão.