Fogo em agências: PF divulga retrato falado de suspeito

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Retrato falado do suspeito
Retrato falado do suspeito

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/05/2019 às 10:44:00

 

A Polícia Federal divulgou ontem o retrato falado do suspeito de provocar incêndios em caixas-eletrônicos de diversas agências bancárias de Aracaju. A imagem foi elaborada pelo Grupo de Identificação da Polícia Federal, com informações passadas por uma testemunha do crime. Também foram divulgadas imagens captadas por imagens de câmeras de segurança das agências atacadas.
O suspeito é um homem de cor parda, magro, com idade aparente entre 23 e 26 anos, altura aproximada de 1,65m e peso de 65 a 70 quilos. Segundo a polícia, ele usa uma bicicleta para se locomover e uma mochila para transportar material inflamável. E que ele costuma praticar esses atos de vandalismo nos finais de semana, por volta das 20h, na área de autoatendimento de agências bancárias.
De acordo com a Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio e ao Tráfico de Armas (DELEPAT/PF), o investigado é responsável por provocar princípio de incêndio em, no mínimo, quatro agências da Caixa Econômica Federal. O último crime foi cometido no dia 7 de abril, em uma agência da Caixa na Avenida Ministro Geraldo Barreto Sobral, no bairro Jardins. Há indícios que o mesmo homem seja o responsável por atear fogo em outras agências do Banco do Brasil, cuja investigação corre em paralelo na Polícia Civil.
Qualquer informação que permita identificar o suspeito deve ser imediatamente comunicada ao plantão da Polícia Federal nos telefones (79) 3234-8500 e (79) 3234-8579. O anonimato será preservado e o denunciante não precisa se identificar.

A Polícia Federal divulgou ontem o retrato falado do suspeito de provocar incêndios em caixas-eletrônicos de diversas agências bancárias de Aracaju. A imagem foi elaborada pelo Grupo de Identificação da Polícia Federal, com informações passadas por uma testemunha do crime. Também foram divulgadas imagens captadas por imagens de câmeras de segurança das agências atacadas.
O suspeito é um homem de cor parda, magro, com idade aparente entre 23 e 26 anos, altura aproximada de 1,65m e peso de 65 a 70 quilos. Segundo a polícia, ele usa uma bicicleta para se locomover e uma mochila para transportar material inflamável. E que ele costuma praticar esses atos de vandalismo nos finais de semana, por volta das 20h, na área de autoatendimento de agências bancárias.
De acordo com a Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio e ao Tráfico de Armas (DELEPAT/PF), o investigado é responsável por provocar princípio de incêndio em, no mínimo, quatro agências da Caixa Econômica Federal. O último crime foi cometido no dia 7 de abril, em uma agência da Caixa na Avenida Ministro Geraldo Barreto Sobral, no bairro Jardins. Há indícios que o mesmo homem seja o responsável por atear fogo em outras agências do Banco do Brasil, cuja investigação corre em paralelo na Polícia Civil.
Qualquer informação que permita identificar o suspeito deve ser imediatamente comunicada ao plantão da Polícia Federal nos telefones (79) 3234-8500 e (79) 3234-8579. O anonimato será preservado e o denunciante não precisa se identificar.