De técnico novo, Coruripe que fazer o "dever de casa"

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/05/2019 às 07:34:00

 

Competição de tiro curto como o Brasileiro da Série D time que quer se classificar tem que fazer o "dever de casa", que significa vencer nos seus domínios. É isso que quer fazer o Coruripe-AL, adversário do Sergipe neste sábado.  O time perdeu o treinador Elenilson Santos, está de técnico novo e com uma equipe totalmente modificada. O Coruripe fez os últimos ajustes nesta sexta-feira e terá nova cara para estrear na Série D.
O Hulk alcançou a terceira colocação no campeonato estadual atrás apenas de CSA e CRB. O Coruripe recebe o Sergipe, no Gerson Amaral, às 19h deste sábado. Essa será a partida de abertura da Série D 2019.
O clube renovou com 15 atletas que participaram do estadual, mas segue fazendo contratações para complementar o plantel. No comando também existe uma novidade: o técnico Lino substitui Elenilson Santos, que esteve à frente do Coruripe durante o estadual.
Novidades - Para recompor as saídas que aconteceram, o Coruripe anunciou mais reforços: o lateral-direito Lázaro (ex-Operário-MT), o lateral esquerdo Drey, o volante Rambo (ex-Murici), os meias Berg (ex-Sete de Setembro) e Guilherme (ex-CEO), os atacantes Fabinho (ex-Jaciobá) e Josy (ex-4 de julho), e o goleiro Ferreira (ex-Sergipe). Com esses, 28 jogadores formam o elenco, com um total de 13 novos contratados.

Competição de tiro curto como o Brasileiro da Série D time que quer se classificar tem que fazer o "dever de casa", que significa vencer nos seus domínios. É isso que quer fazer o Coruripe-AL, adversário do Sergipe neste sábado.  O time perdeu o treinador Elenilson Santos, está de técnico novo e com uma equipe totalmente modificada. O Coruripe fez os últimos ajustes nesta sexta-feira e terá nova cara para estrear na Série D.
O Hulk alcançou a terceira colocação no campeonato estadual atrás apenas de CSA e CRB. O Coruripe recebe o Sergipe, no Gerson Amaral, às 19h deste sábado. Essa será a partida de abertura da Série D 2019.
O clube renovou com 15 atletas que participaram do estadual, mas segue fazendo contratações para complementar o plantel. No comando também existe uma novidade: o técnico Lino substitui Elenilson Santos, que esteve à frente do Coruripe durante o estadual.

Novidades - Para recompor as saídas que aconteceram, o Coruripe anunciou mais reforços: o lateral-direito Lázaro (ex-Operário-MT), o lateral esquerdo Drey, o volante Rambo (ex-Murici), os meias Berg (ex-Sete de Setembro) e Guilherme (ex-CEO), os atacantes Fabinho (ex-Jaciobá) e Josy (ex-4 de julho), e o goleiro Ferreira (ex-Sergipe). Com esses, 28 jogadores formam o elenco, com um total de 13 novos contratados.