Homem morre e dois ficam feridos após consumo de bebidas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 08/05/2019 às 22:32:00

 

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), por meio de peritos da Polícia Civil, segue investigando o suposto caso de envenenamento registrado na última terça-feira (7), no Povoado Gidelson, município sergipano de Salgado. De acordo com relatos iniciais apresentados pela 6º Batalhão da Polícia Militar, três homens consumiam bebidas alcoólicas em uma residência, quando começaram a passar mal. Uma das vítimas, com 63 anos de idade, morreu logo após receber os primeiros socorros no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju. As demais vítimas - com identidades não reveladas, foram acolhidas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e em seguida encaminhadas para o Hospital Regional de Lagarto.
Na perspectiva de elucidar a ocorrência em curto prazo, o grupo de peritos coordenado pelo delegado Paulo Cristiano tem abordado familiares, amigos e os próprios homens internados a fim de compreender o crime. "Estamos apurando os fatos a partir de depoimentos que nos são repassados. Além disso, também colhemos amostras do líquido consumido para que todas as dúvidas presentes neste caso sejam tiradas e possamos identificar o causador, em especial, da morte e do encaminhamento de duas pessoas para o hospital. Por enquanto a suspeita é de envenenamento, mas apenas após as análises será possível confirmar, ou não, estes indícios."
Questionado pelo JORNAL DO DIA sobre o encaminhamento das investigações, o delegado recomendou que, caso alguma testemunha possua quaisquer informação as quais possam contribuir com as investigações, que estes detalhes sejam repassados através do Disque Denúncias 181, ou por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), 190. O sigilo dos denunciantes é garantido pelo Governo do Estado. Quanto aos procedimentos já adotados, Paulo Cristiano informou que: "todos os detalhes serão apresentados gradativamente a partir que os fatos sejam revelados. O passo-a-passo das investigações será revelado de acordo com os encaminhamentos naturais que o caso nos exige".
Quadro clínico - No início da noite de ontem a Secretaria de Estado da Saúde informou ao JD que o estado clínico dos pacientes internados segue estável, porém com regulares sinais de melhoria. Um novo boletim médico deve ser apresentado na manhã de hoje pela direção hospitalar. (Milton Alves Júnior)

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), por meio de peritos da Polícia Civil, segue investigando o suposto caso de envenenamento registrado na última terça-feira (7), no Povoado Gidelson, município sergipano de Salgado. De acordo com relatos iniciais apresentados pela 6º Batalhão da Polícia Militar, três homens consumiam bebidas alcoólicas em uma residência, quando começaram a passar mal. Uma das vítimas, com 63 anos de idade, morreu logo após receber os primeiros socorros no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju. As demais vítimas - com identidades não reveladas, foram acolhidas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e em seguida encaminhadas para o Hospital Regional de Lagarto.
Na perspectiva de elucidar a ocorrência em curto prazo, o grupo de peritos coordenado pelo delegado Paulo Cristiano tem abordado familiares, amigos e os próprios homens internados a fim de compreender o crime. "Estamos apurando os fatos a partir de depoimentos que nos são repassados. Além disso, também colhemos amostras do líquido consumido para que todas as dúvidas presentes neste caso sejam tiradas e possamos identificar o causador, em especial, da morte e do encaminhamento de duas pessoas para o hospital. Por enquanto a suspeita é de envenenamento, mas apenas após as análises será possível confirmar, ou não, estes indícios."
Questionado pelo JORNAL DO DIA sobre o encaminhamento das investigações, o delegado recomendou que, caso alguma testemunha possua quaisquer informação as quais possam contribuir com as investigações, que estes detalhes sejam repassados através do Disque Denúncias 181, ou por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), 190. O sigilo dos denunciantes é garantido pelo Governo do Estado. Quanto aos procedimentos já adotados, Paulo Cristiano informou que: "todos os detalhes serão apresentados gradativamente a partir que os fatos sejam revelados. O passo-a-passo das investigações será revelado de acordo com os encaminhamentos naturais que o caso nos exige".

Quadro clínico - No início da noite de ontem a Secretaria de Estado da Saúde informou ao JD que o estado clínico dos pacientes internados segue estável, porém com regulares sinais de melhoria. Um novo boletim médico deve ser apresentado na manhã de hoje pela direção hospitalar. (Milton Alves Júnior)