Acidente grave provoca a morte de motorista

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O acidente foi tão violento que o motorista foi projetado para fora doveículo
O acidente foi tão violento que o motorista foi projetado para fora doveículo

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/05/2019 às 23:09:00

 

Na madrugada de ontem mais uma pessoa morreu vítima de acidente automotivo. Ocorrido por volta das 23h ainda da quarta-feira, 15, na Avenida Etelvino Alves de Lima, no bairro Inácio Barbosa, o motorista Willames Santana Oliveira chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e, diante da gravidade, encaminhado às pressas para uma unidade hospitalar. Apesar da agilidade assistencial, no início da madrugada de ontem o óbito foi confirmado pelo Instituto Médico Legal (IML). Peritos da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), não informaram se o condutor transitava com velocidade acima do permitido.
Inaugurada há pouco mais de um ano, a via expressa é considerada pelos motoristas, motociclistas e ciclistas como bem iluminada, com as devidas sinalizações, e com radares que buscam minimizar o número de veículos os quais circulam em alta velocidade. Essa situação, inclusive, já foi apresentada este ano pelo JORNAL DO DIA após moradores e comerciantes da região denunciarem a falta de prudência insistida por parte dos condutores de automóveis. A população avalia como positiva a instalação dos redutores de velocidade, mas enaltecem a necessidade de implantar outros sistemas de segurança e combate aos desrespeitos ao Código de Trânsito Brasileiro.
As informações iniciais apresentadas pela Secretaria de Estado da Segurança Pública indicam que Willames Santana Oliveira possivelmente perdeu o controle do automóvel quando transitava no trecho entre as avenidas Gasoduto e Augusto Franco, próximo a sede do Departamento de Trânsito de Sergipe (Detran/SE). Com o impacto o motorista foi arremessado para fora do veículo, onde permaneceu até a chegada do Samu. Não foi oficializado quando será emitido o laudo criminal indicando os reais motivos que resultaram em mais uma morte no trânsito de Aracaju.

Na madrugada de ontem mais uma pessoa morreu vítima de acidente automotivo. Ocorrido por volta das 23h ainda da quarta-feira, 15, na Avenida Etelvino Alves de Lima, no bairro Inácio Barbosa, o motorista Willames Santana Oliveira chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e, diante da gravidade, encaminhado às pressas para uma unidade hospitalar. Apesar da agilidade assistencial, no início da madrugada de ontem o óbito foi confirmado pelo Instituto Médico Legal (IML). Peritos da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), não informaram se o condutor transitava com velocidade acima do permitido.
Inaugurada há pouco mais de um ano, a via expressa é considerada pelos motoristas, motociclistas e ciclistas como bem iluminada, com as devidas sinalizações, e com radares que buscam minimizar o número de veículos os quais circulam em alta velocidade. Essa situação, inclusive, já foi apresentada este ano pelo JORNAL DO DIA após moradores e comerciantes da região denunciarem a falta de prudência insistida por parte dos condutores de automóveis. A população avalia como positiva a instalação dos redutores de velocidade, mas enaltecem a necessidade de implantar outros sistemas de segurança e combate aos desrespeitos ao Código de Trânsito Brasileiro.
As informações iniciais apresentadas pela Secretaria de Estado da Segurança Pública indicam que Willames Santana Oliveira possivelmente perdeu o controle do automóvel quando transitava no trecho entre as avenidas Gasoduto e Augusto Franco, próximo a sede do Departamento de Trânsito de Sergipe (Detran/SE). Com o impacto o motorista foi arremessado para fora do veículo, onde permaneceu até a chegada do Samu. Não foi oficializado quando será emitido o laudo criminal indicando os reais motivos que resultaram em mais uma morte no trânsito de Aracaju.