Operação tem três suspeitos presos por furto em Lagarto

Cidades

 

A Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira uma operação policial em Lagarto (Centro-Sul), que resultou na prisão de três suspeitos por furtos e assaltos: Carlos André Gonçalves Passos, 34 anos, Gleidson Francisco dos Santos de Jesus, 20, e Luis Carlos dos Santos Oliveira, 21. O trabalho contou com a participação de todas as divisões da Delegacia Regional de Lagarto.
Segundo a delegada Mariana Amorim, titular da 2ª Divisão, um boletim de ocorrência foi realizado após o furto em um estabelecimento comercial da cidade lagartense, motivando o início das investigações sobre o fato e culminando na operação deflagrada na quinta. "Nós identificamos que Carlos André havia sido um dos autores do furto e Gleidson e Luis Carlos teriam receptado os objetos, colocando-os à venda, razão pela qual deflagramos uma operação para capturá-los", explicou a delegada.
Durante a ação policial, Carlos André reagiu à abordagem e tentou reagir contra os policiais, sendo alvejado pelos agentes e socorrido no Hospital Regional de Lagarto. "O Carlos André é um indivíduo de alta periculosidade, visto que já fugiu do presídio regional Senador Leite Neto e do Centro Integrado de Segurança Pública da cidade de São José da Tapera, em Alagoas, tendo contra ele três mandados de prisão em aberto e uma extensa ficha criminal", comentou a delegada regional, Michele Araújo.
Na ação foram apreendidos diversos objetos furtados do estabelecimento comercial e uma arma de fogo em poder de Carlos André, o qual apresentou o documento de identidade falso e também foi autuado por esse delito.

A Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira uma operação policial em Lagarto (Centro-Sul), que resultou na prisão de três suspeitos por furtos e assaltos: Carlos André Gonçalves Passos, 34 anos, Gleidson Francisco dos Santos de Jesus, 20, e Luis Carlos dos Santos Oliveira, 21. O trabalho contou com a participação de todas as divisões da Delegacia Regional de Lagarto.
Segundo a delegada Mariana Amorim, titular da 2ª Divisão, um boletim de ocorrência foi realizado após o furto em um estabelecimento comercial da cidade lagartense, motivando o início das investigações sobre o fato e culminando na operação deflagrada na quinta. "Nós identificamos que Carlos André havia sido um dos autores do furto e Gleidson e Luis Carlos teriam receptado os objetos, colocando-os à venda, razão pela qual deflagramos uma operação para capturá-los", explicou a delegada.
Durante a ação policial, Carlos André reagiu à abordagem e tentou reagir contra os policiais, sendo alvejado pelos agentes e socorrido no Hospital Regional de Lagarto. "O Carlos André é um indivíduo de alta periculosidade, visto que já fugiu do presídio regional Senador Leite Neto e do Centro Integrado de Segurança Pública da cidade de São José da Tapera, em Alagoas, tendo contra ele três mandados de prisão em aberto e uma extensa ficha criminal", comentou a delegada regional, Michele Araújo.
Na ação foram apreendidos diversos objetos furtados do estabelecimento comercial e uma arma de fogo em poder de Carlos André, o qual apresentou o documento de identidade falso e também foi autuado por esse delito.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS