Polícia investiga assassinato de marchante em Laranjeiras

Cidades

 

A Polícia Civil investiga o assassinato do marchante Demir Pinheiro Ribeiro, 54 anos, que foi baleado na noite desta segunda-feira, na Rua da Palha, área central de Laranjeiras (Vale do Cotinguiba). Testemunhas informaram que ele conversava com amigos na porta de um centro odontológico do bairro, quando foi atacado por dois homens armados que passaram pelo local em um carro de cor prata. Eles na direção das pessoas que estavam no grupo, mas Demir foi o único atingido, com um tiro no tórax e outro no braço. 
Os criminosos fugiram rápido do local e o marchante foi socorrido pelos acompanhantes, mas morreu enquanto era atendido no Hospital São João de Deus, em Laranjeiras. Equipes da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ª CIPM) estiveram no local e levantaram as primeiras pistas sobre a identificação dos criminosos. Familiares de Demir informaram que ele não tinha inimigos e não tinha envolvimento em nenhum problema, indicando que ele pode ter sido confundido com outra pessoa. O crime será investigado pela Delegacia de Laranjeiras. 

A Polícia Civil investiga o assassinato do marchante Demir Pinheiro Ribeiro, 54 anos, que foi baleado na noite desta segunda-feira, na Rua da Palha, área central de Laranjeiras (Vale do Cotinguiba). Testemunhas informaram que ele conversava com amigos na porta de um centro odontológico do bairro, quando foi atacado por dois homens armados que passaram pelo local em um carro de cor prata. Eles na direção das pessoas que estavam no grupo, mas Demir foi o único atingido, com um tiro no tórax e outro no braço. 
Os criminosos fugiram rápido do local e o marchante foi socorrido pelos acompanhantes, mas morreu enquanto era atendido no Hospital São João de Deus, em Laranjeiras. Equipes da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ª CIPM) estiveram no local e levantaram as primeiras pistas sobre a identificação dos criminosos. Familiares de Demir informaram que ele não tinha inimigos e não tinha envolvimento em nenhum problema, indicando que ele pode ter sido confundido com outra pessoa. O crime será investigado pela Delegacia de Laranjeiras. 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS