Igor Gnomo retorna ao palco do Quinta Instrumental

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 22/05/2019 às 23:22:00

 

A próxima edição do projeto Quinta Instrumental, realizado pela Prefeitura de Aracaju, através da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), no dia 23 de maio, irá apresentar, pela terceira vez, o guitarrista Igor Gnomo. O artista, que fará a abertura do evento, possui uma carreira consolidada e é reverenciado em todo o país. Na oportunidade, a partir das 19h, na praça General Valadão, ele dividirá palco com outros grandes nomes da música brasileira, Cainã Cavalcante e Bebe Kramer.
Com sonoridade influenciada pelo jazz em simbiose com a música brasileira, o grupo formado por Igor Gnomo (guitarra), Gildo Madeira (percussão) e André Jumper (baixo), transita entre a energia da rítmica africana e improvisação o jazz. Para o seu retorno ao Quinta Instrumental, Gnomo promete um show recheado com o melhor do baião, Ijexá e do samba de chula, misturado à influências do jazz/rock, levando o melhor do seu repertório.
Pela terceira vez no Quinta Instrumental, o artista reconhece o projeto e sua nova roupagem como um importante incentivo à música instrumental sergipana. "Fiquei muito feliz quando soube que estaríamos em mais uma edição, pois, com a ampliação do projeto e uma equipe ainda mais eficiente, será uma noite memorável para nós. Parabenizo toda equipe da Funcaju. Sergipe representa muito bem a cena instrumental a nível nacional", ressaltou.
Logo após, a noite terá continuidade com a apresentação e lançamento do novo projeto de Cainã Cavalcante e Bebe Kramer. 
 
Cainã Cavalcante e Bebe Kramer - O duo promete trazer um repertório memorável com composições autorais e  clássicos de Dominguinhos. 
"Tocar em Sergipe é sempre uma ótima experiência, pois se trata de uma cidade que com todo o apoio da Funcaju produz e absorve muita cultura. Fazer esse show com Cainã e apresentar esse novo projeto me deixa com a sensação de que será um momento muito especial, pra nós e para o público aracajuano", contou Bebe Kramer. 
Cainã é violonista, guitarrista, compositor e um dos mais importantes nomes no cenário da música instrumental brasileira. Já trabalhou ao lado de grandes artistas como Mestrinho, Elba Ramalho e Arismar do Espírito Santo. 
Bebe Kramer é considerado um dos maiores acordeonistas do Brasil na atualidade e um dos nomes mais significativos da nova geração de acordeonistas também no exterior. Sua música já o levou em turnês por diversos países do mundo todo. 
"Já estive com Bebe Kramer em outros projetos, mas, desta vez, se torna mais especial, porque estaremos no formato de duo e, para isso, preparamos um repertório de músicas autorais e composições de outros grandes nomes da música. A ideia é que o público seja o "terceiro" músico. Queremos que o público de Aracaju seja o maior e mais afinado coral do mundo", comentou o músico Cainã Cavalcante.

A próxima edição do projeto Quinta Instrumental, realizado pela Prefeitura de Aracaju, através da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), no dia 23 de maio, irá apresentar, pela terceira vez, o guitarrista Igor Gnomo. O artista, que fará a abertura do evento, possui uma carreira consolidada e é reverenciado em todo o país. Na oportunidade, a partir das 19h, na praça General Valadão, ele dividirá palco com outros grandes nomes da música brasileira, Cainã Cavalcante e Bebe Kramer.
Com sonoridade influenciada pelo jazz em simbiose com a música brasileira, o grupo formado por Igor Gnomo (guitarra), Gildo Madeira (percussão) e André Jumper (baixo), transita entre a energia da rítmica africana e improvisação o jazz. Para o seu retorno ao Quinta Instrumental, Gnomo promete um show recheado com o melhor do baião, Ijexá e do samba de chula, misturado à influências do jazz/rock, levando o melhor do seu repertório.
Pela terceira vez no Quinta Instrumental, o artista reconhece o projeto e sua nova roupagem como um importante incentivo à música instrumental sergipana. "Fiquei muito feliz quando soube que estaríamos em mais uma edição, pois, com a ampliação do projeto e uma equipe ainda mais eficiente, será uma noite memorável para nós. Parabenizo toda equipe da Funcaju. Sergipe representa muito bem a cena instrumental a nível nacional", ressaltou.
Logo após, a noite terá continuidade com a apresentação e lançamento do novo projeto de Cainã Cavalcante e Bebe Kramer. 
 Cainã Cavalcante e Bebe Kramer - O duo promete trazer um repertório memorável com composições autorais e  clássicos de Dominguinhos. 
"Tocar em Sergipe é sempre uma ótima experiência, pois se trata de uma cidade que com todo o apoio da Funcaju produz e absorve muita cultura. Fazer esse show com Cainã e apresentar esse novo projeto me deixa com a sensação de que será um momento muito especial, pra nós e para o público aracajuano", contou Bebe Kramer. 
Cainã é violonista, guitarrista, compositor e um dos mais importantes nomes no cenário da música instrumental brasileira. Já trabalhou ao lado de grandes artistas como Mestrinho, Elba Ramalho e Arismar do Espírito Santo. 
Bebe Kramer é considerado um dos maiores acordeonistas do Brasil na atualidade e um dos nomes mais significativos da nova geração de acordeonistas também no exterior. Sua música já o levou em turnês por diversos países do mundo todo. 
"Já estive com Bebe Kramer em outros projetos, mas, desta vez, se torna mais especial, porque estaremos no formato de duo e, para isso, preparamos um repertório de músicas autorais e composições de outros grandes nomes da música. A ideia é que o público seja o "terceiro" músico. Queremos que o público de Aracaju seja o maior e mais afinado coral do mundo", comentou o músico Cainã Cavalcante.