Depois de cirurgias, ciclista deixa hospital

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 28/05/2019 às 22:58:00

 

Segue em recuperação domiciliar a ciclista Jacqueline Costa Oliveira. Após ser atropelada por um caminhão enquanto transitava pela rodovia SE-100 nas proximidades do povoado Jatobá no município de Santo Amaro, a vítima foi encaminhada ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), como o apoio de profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). No setor de traumas, a equipe médica identificou a necessidade de realizar procedimentos cirúrgicos na região da coluna e no fêmur. Conforme informações apresentadas pelo irmão, Jadson Oliveira, de igual modo ao período em que esteve internada no Huse, a ciclista segue respondendo de forma positiva ao pós-operário.
O acidente ocorreu no sábado, dia 11 deste mês; no dia 16 foram realizadas as cirurgias. Em decorrência o avanço clinico apresentado pela paciente, menos de 48 horas após sair da sala de cirurgia a jovem foi novamente consultada e recebeu alta médica. "Nos surpreendemos com a garra dela. Essa força interior e as correntes de orações que os amigos também fizeram parte ajudou diretamente para que a recuperação fosse rápida. Uma liberação da equipe médica que chegou mais cedo do que nós esperávamos. Hoje ela segue avançando com um pós-operatório incrível", declarou Jadson. Uma nova avaliação será realizada na primeira quinzena de junho.
O motorista suspeito de conduzir o caminhão foi abordado por homens do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), e, em rápida consulta, foi constatado irregularidade documental. Segundo o cadastro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/Sergipe), o condutor - de identidade não revelada, não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria 'C', destinada a motoristas os quais conduzem veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto total seja maior que três mil e quinhentos quilos. Em flagrante, o caminhoneiro foi encaminhado para a delegacia a fim de prestar depoimento. A Polícia Civil não oficializou os tramites atuais do processo.
Choque - Completou ontem uma semana em que Paulo Soares, de 25 anos, sofreu uma descarga elétrica na rua Apulcro Mota, no Centro de Aracaju. O boletim de ocorrência aberto para estudar as causas do acidente indica que o operário realizava serviços na rede de telefonia, quando sofreu o choque. Antes da chegada da equipe de resgate, a vítima ficou por volta de cinco minutos preso aos fios e em chamas. Apesar da cena forte, um boletim médico divulgado na manhã de ontem pela direção hospitalar indicou que Paulo de Jesus teve 40% do corpo queimado, mas segue internado na Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) e não corre risco de morte.
De acordo com o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), Paulo Soares passou por uma cirurgia na última sexta-feira (24) e segue se recuperando dentro do previsto pelos profissionais que o acompanha, mas ainda é cedo para apresentar uma previsão de alta. (Milton Alves Júnior)

Segue em recuperação domiciliar a ciclista Jacqueline Costa Oliveira. Após ser atropelada por um caminhão enquanto transitava pela rodovia SE-100 nas proximidades do povoado Jatobá no município de Santo Amaro, a vítima foi encaminhada ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), como o apoio de profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). No setor de traumas, a equipe médica identificou a necessidade de realizar procedimentos cirúrgicos na região da coluna e no fêmur. Conforme informações apresentadas pelo irmão, Jadson Oliveira, de igual modo ao período em que esteve internada no Huse, a ciclista segue respondendo de forma positiva ao pós-operário.
O acidente ocorreu no sábado, dia 11 deste mês; no dia 16 foram realizadas as cirurgias. Em decorrência o avanço clinico apresentado pela paciente, menos de 48 horas após sair da sala de cirurgia a jovem foi novamente consultada e recebeu alta médica. "Nos surpreendemos com a garra dela. Essa força interior e as correntes de orações que os amigos também fizeram parte ajudou diretamente para que a recuperação fosse rápida. Uma liberação da equipe médica que chegou mais cedo do que nós esperávamos. Hoje ela segue avançando com um pós-operatório incrível", declarou Jadson. Uma nova avaliação será realizada na primeira quinzena de junho.
O motorista suspeito de conduzir o caminhão foi abordado por homens do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), e, em rápida consulta, foi constatado irregularidade documental. Segundo o cadastro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/Sergipe), o condutor - de identidade não revelada, não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria 'C', destinada a motoristas os quais conduzem veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto total seja maior que três mil e quinhentos quilos. Em flagrante, o caminhoneiro foi encaminhado para a delegacia a fim de prestar depoimento. A Polícia Civil não oficializou os tramites atuais do processo.

Choque - Completou ontem uma semana em que Paulo Soares, de 25 anos, sofreu uma descarga elétrica na rua Apulcro Mota, no Centro de Aracaju. O boletim de ocorrência aberto para estudar as causas do acidente indica que o operário realizava serviços na rede de telefonia, quando sofreu o choque. Antes da chegada da equipe de resgate, a vítima ficou por volta de cinco minutos preso aos fios e em chamas. Apesar da cena forte, um boletim médico divulgado na manhã de ontem pela direção hospitalar indicou que Paulo de Jesus teve 40% do corpo queimado, mas segue internado na Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) e não corre risco de morte.
De acordo com o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), Paulo Soares passou por uma cirurgia na última sexta-feira (24) e segue se recuperando dentro do previsto pelos profissionais que o acompanha, mas ainda é cedo para apresentar uma previsão de alta. (Milton Alves Júnior)