Brasil pronto para encarar o Catar

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/06/2019 às 22:18:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
A seleção brasileira re-
alizou na tarde des
ta terça-feira (4) o seu último treinamento na Granja Comary, visando a Copa América. O grupo de jogadores deixou Teresópolis (RJ) no início da noite e viajou em voo fretado à Brasília, onde nesta quarta-feira (5) encara o Catar em amistoso preparatório, o penúltimo antes da estreia contra a Bolívia no dia 14 de junho no Morumbi.
O treino desta terça-feira teve a participação de 19 dos 23 convocados. O lateral-direito Fagner chegou a Teresópolis no fim da manhã, mas ainda acusando dores na coxa esquerda - ele foi poupado do treinamento. Apesar disso, o jogador do Corinthians viajou junto com a seleção brasileira à Brasília.
Envolvido em uma acusação de estupro e intimado a depor no Rio de Janeiro em uma investigação sobre suposto vazamento de imagens íntimas, o atacante Neymar treinou normalmente. Mais uma vez, contudo, ele manteve o semblante fechado.
Apesar de o elenco ter ficado 14 dias concentrado em Teresópolis, o técnico Tite não conseguiu comandar um único treino com todos os seus convocados. Três deles nem sequer se juntaram ao grupo ainda: o goleiro Alisson e o atacante Roberto Firmino, do Liverpool, tiveram problemas com o voo que os traria da Inglaterra e irão se juntar à seleção apenas na quinta-feira, em Porto Alegre.

A seleção brasileira re- alizou na tarde des ta terça-feira (4) o seu último treinamento na Granja Comary, visando a Copa América. O grupo de jogadores deixou Teresópolis (RJ) no início da noite e viajou em voo fretado à Brasília, onde nesta quarta-feira (5) encara o Catar em amistoso preparatório, o penúltimo antes da estreia contra a Bolívia no dia 14 de junho no Morumbi.
O treino desta terça-feira teve a participação de 19 dos 23 convocados. O lateral-direito Fagner chegou a Teresópolis no fim da manhã, mas ainda acusando dores na coxa esquerda - ele foi poupado do treinamento. Apesar disso, o jogador do Corinthians viajou junto com a seleção brasileira à Brasília.
Envolvido em uma acusação de estupro e intimado a depor no Rio de Janeiro em uma investigação sobre suposto vazamento de imagens íntimas, o atacante Neymar treinou normalmente. Mais uma vez, contudo, ele manteve o semblante fechado.
Apesar de o elenco ter ficado 14 dias concentrado em Teresópolis, o técnico Tite não conseguiu comandar um único treino com todos os seus convocados. Três deles nem sequer se juntaram ao grupo ainda: o goleiro Alisson e o atacante Roberto Firmino, do Liverpool, tiveram problemas com o voo que os traria da Inglaterra e irão se juntar à seleção apenas na quinta-feira, em Porto Alegre.