Homem que matou a ex-mulher em Itabaiana é preso

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
\'Zé Batata’ foi preso depois de matar a mulher em Itabaiana
\'Zé Batata’ foi preso depois de matar a mulher em Itabaiana

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/06/2019 às 23:28:00

 

Policiais da Delegacia Regional de Itabaiana (Agreste) prenderam em flagrante Antônio Carlos de Souza Oliveira, o "Zé da Batata", acusado de matar a ex-mulher, Jeane Pinho Almeida, 37 anos. O crime aconteceu na tarde desta terça-feira, em um armazém onde Jeane trabalhava, no bairro São Cristóvão, periferia da cidade serrana. Segundo a polícia, ela descascava cebolas e levou três tiros disparados por Antônio Carlos, que chegou e fugiu do local em um carro. 
De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi localizado no começo da tarde de ontem, em um sítio no povoado Tábua, zona rural de Malhador (Agreste), mesma cidade onde aconteceram o velório e o enterro do corpo de Jeane. Antônio foi apontado como principal suspeito do crime porque já respondeu por vários crimes de ameaça e violência doméstica cometidos contra a vítima, tendo inclusive sido preso em fevereiro deste ano, por descumprir uma medida protetiva concedida em favor de Jeane. O preso havia sido liberado no final de março, mas estava proibido de se aproximar da vítima. 
'Zé da Batata' foi autuado em flagrante por feminicídio (assassinato de mulheres pela condição do gênero ou motivação machista), pois o crime foi cometido menos de 24 horas após a prisão dele. Outros detalhes do caso serão informados hoje, em entrevista coletiva, pela Delegada da Mulher de Itabaiana, Josefa Valéria.

Policiais da Delegacia Regional de Itabaiana (Agreste) prenderam em flagrante Antônio Carlos de Souza Oliveira, o "Zé da Batata", acusado de matar a ex-mulher, Jeane Pinho Almeida, 37 anos. O crime aconteceu na tarde desta terça-feira, em um armazém onde Jeane trabalhava, no bairro São Cristóvão, periferia da cidade serrana. Segundo a polícia, ela descascava cebolas e levou três tiros disparados por Antônio Carlos, que chegou e fugiu do local em um carro. 
De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi localizado no começo da tarde de ontem, em um sítio no povoado Tábua, zona rural de Malhador (Agreste), mesma cidade onde aconteceram o velório e o enterro do corpo de Jeane. Antônio foi apontado como principal suspeito do crime porque já respondeu por vários crimes de ameaça e violência doméstica cometidos contra a vítima, tendo inclusive sido preso em fevereiro deste ano, por descumprir uma medida protetiva concedida em favor de Jeane. O preso havia sido liberado no final de março, mas estava proibido de se aproximar da vítima. 
'Zé da Batata' foi autuado em flagrante por feminicídio (assassinato de mulheres pela condição do gênero ou motivação machista), pois o crime foi cometido menos de 24 horas após a prisão dele. Outros detalhes do caso serão informados hoje, em entrevista coletiva, pela Delegada da Mulher de Itabaiana, Josefa Valéria.