Comércio mantém boa expectativas para o Dia dos Namorados

Cidades

 

Milton Alves Júnior 
Um levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômicos (Dieese), indica que o Estado de Sergipe deve movimentar um montante de 88 milhões de reais somente alusivos a presentes destinados para este Dia dos Namorados, comemorado hoje. Se apegando positivamente aos números contabilizados pelo departamento, lojistas esperam que 693 mil pessoas em todo o Estado de Sergipe realizem compras e presenteiem o/a parceiro (a). Compras em seguimentos variados e com média de preço atingindo a casa dos 130 reais. A realidade regional nesta data comemorativa segue um impulso comercial registrado no país. Somente nos shoppings centers a expectativa é de 6% de aumento nas vendas se comparado com o mesmo período do ano passado.
No centro de Aracaju - principal polo comercial do estado -, a expectativa por parte dos vendedores é que o índice de vendas seja ampliado ainda nesta quarta-feira,  por meio dos consumidores que optaram por deixar as compras para o último dia. De acordo com a lojista Samanta Emmanuele - que trabalha em loja de artigos esportivos -, ao longo dos últimos anos a busca por produtos destinados à moda fitness está em expansão e muitos produtos já foram zerados nessa primeira quinzena de junho. A meta previamente definida para este Dia dos Namorados foi batida no final da manhã de ontem.
"A cada novo ano a gente percebe que a procura por este seguimento está novamente ganhando forças. Muita gente participando de grupos de corridas, academias ou artes marciais, e isso ajuda bastante na melhoria do comércio. Batemos a meta, mas acreditamos que até a tarde dessa quarta a porcentagem será ainda maior devido aos namorados e namoradas que por motivos variados deixaram as compras para os instantes finais", disse. O mesmo otimismo vivenciado em lojas instaladas no centro de Aracaju, também é registrado nos polos de comércio particular.
Um balanço geral das vendas deve ser apresentado na próxima semana pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL).

Milton Alves Júnior 

Um levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômicos (Dieese), indica que o Estado de Sergipe deve movimentar um montante de 88 milhões de reais somente alusivos a presentes destinados para este Dia dos Namorados, comemorado hoje. Se apegando positivamente aos números contabilizados pelo departamento, lojistas esperam que 693 mil pessoas em todo o Estado de Sergipe realizem compras e presenteiem o/a parceiro (a). Compras em seguimentos variados e com média de preço atingindo a casa dos 130 reais. A realidade regional nesta data comemorativa segue um impulso comercial registrado no país. Somente nos shoppings centers a expectativa é de 6% de aumento nas vendas se comparado com o mesmo período do ano passado.
No centro de Aracaju - principal polo comercial do estado -, a expectativa por parte dos vendedores é que o índice de vendas seja ampliado ainda nesta quarta-feira,  por meio dos consumidores que optaram por deixar as compras para o último dia. De acordo com a lojista Samanta Emmanuele - que trabalha em loja de artigos esportivos -, ao longo dos últimos anos a busca por produtos destinados à moda fitness está em expansão e muitos produtos já foram zerados nessa primeira quinzena de junho. A meta previamente definida para este Dia dos Namorados foi batida no final da manhã de ontem.
"A cada novo ano a gente percebe que a procura por este seguimento está novamente ganhando forças. Muita gente participando de grupos de corridas, academias ou artes marciais, e isso ajuda bastante na melhoria do comércio. Batemos a meta, mas acreditamos que até a tarde dessa quarta a porcentagem será ainda maior devido aos namorados e namoradas que por motivos variados deixaram as compras para os instantes finais", disse. O mesmo otimismo vivenciado em lojas instaladas no centro de Aracaju, também é registrado nos polos de comércio particular.
Um balanço geral das vendas deve ser apresentado na próxima semana pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL).

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS