Confiança vence o Galo no Amigão

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A VITÓRIA CONTRA O TREZE NA PARAÍBA GARANTIU A SEXTA COLOCAÇÃO NO GRUPO. PRÓXIMO ADVERSÁRIO É O LÍDER FERROVIÁRIO
A VITÓRIA CONTRA O TREZE NA PARAÍBA GARANTIU A SEXTA COLOCAÇÃO NO GRUPO. PRÓXIMO ADVERSÁRIO É O LÍDER FERROVIÁRIO

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/06/2019 às 22:51:00

 

Ao vencer o Treze de 
Campina Grande 
por 3x1, domingo no estádio Amigão, o Confiança deu um salto na classificação Grupo A e agora está na sexta posição com 11 pontos ganhos. Uma vitória domingo (23) contra o Ferroviário na Arena Batistão, pode colocar o time sergipano no G4, uma vez que o Botafogo-PB que é o último na zona de classificação conta com 12 pontos ganhos.
O Confiança foi sempre superior ao adversário e o placar não reflete essa superioridade. Os gols da partida foram assinalados por Rafael Vila, Rafael Villa aos 16', Thiaguinho aos 21 (contra) e Everton 38 todos do primeiro tempo. O único gol do Treze foi assinado por Thiago Ennes (contra) aos 30' do segundo tempo.  
O Treze entrou em campo procurando o jogo e teve algumas boas chegadas ao campo de ataque nos primeiros minutos, mas logo viu o Confiança tomar conta da partida. Eficiente, o time sergipano abriu o placar aos 13 minutos. No lance, Rafael Gorne recebeu de Everton, chutou e parou em defesa de Mauro Iguatu, que deu o rebote para Rafael Villa marcar.
O Dragão não deu muito tempo para que o adversário esboçasse uma reação e não demorou a ampliar. Aos 21 minutos, o alvinegro Thiaguinho mandou contra o próprio gol na tentativa de afastar um cruzamento feito por Marcelinho. O terceiro saiu aos 38, quando Ítalo afastou, mas Everton ficou com a bola e chutou forte para fazer o terceiro.
No segundo tempo, o Confiança seguiu bem posicionado na defesa, sem dar muito espaço para um já desmotivado Treze. Um pouco de esperança surgiu do lado paraibano quando o Dragão ficou com um jogador a menos, em razão da expulsão de Flávio, aos 24 minutos.  
Com a superioridade numérica, o Galo conseguiu encontrar espaços na defesa adversária e diminuiu. Aos 30, minutos, o lateral azulino Thiago Ennes tentou afastar a bola após cobrança de falta de Edy, mas jogou para dentro da própria rede. A reação, no entanto, começou tarde demais e parou por aí.
O Confiança volta a campo no dia 23 de junho, domingo, para enfrentar o Ferroviário, no Batistão. O Treze, por sua vez, joga no dia 24, segunda-feira, quando visita o Botafogo da Paraíba no Almeidão.

Ao vencer o Treze de  Campina Grande  por 3x1, domingo no estádio Amigão, o Confiança deu um salto na classificação Grupo A e agora está na sexta posição com 11 pontos ganhos. Uma vitória domingo (23) contra o Ferroviário na Arena Batistão, pode colocar o time sergipano no G4, uma vez que o Botafogo-PB que é o último na zona de classificação conta com 12 pontos ganhos.
O Confiança foi sempre superior ao adversário e o placar não reflete essa superioridade. Os gols da partida foram assinalados por Rafael Vila, Rafael Villa aos 16', Thiaguinho aos 21 (contra) e Everton 38 todos do primeiro tempo. O único gol do Treze foi assinado por Thiago Ennes (contra) aos 30' do segundo tempo.  
O Treze entrou em campo procurando o jogo e teve algumas boas chegadas ao campo de ataque nos primeiros minutos, mas logo viu o Confiança tomar conta da partida. Eficiente, o time sergipano abriu o placar aos 13 minutos. No lance, Rafael Gorne recebeu de Everton, chutou e parou em defesa de Mauro Iguatu, que deu o rebote para Rafael Villa marcar.
O Dragão não deu muito tempo para que o adversário esboçasse uma reação e não demorou a ampliar. Aos 21 minutos, o alvinegro Thiaguinho mandou contra o próprio gol na tentativa de afastar um cruzamento feito por Marcelinho. O terceiro saiu aos 38, quando Ítalo afastou, mas Everton ficou com a bola e chutou forte para fazer o terceiro.
No segundo tempo, o Confiança seguiu bem posicionado na defesa, sem dar muito espaço para um já desmotivado Treze. Um pouco de esperança surgiu do lado paraibano quando o Dragão ficou com um jogador a menos, em razão da expulsão de Flávio, aos 24 minutos.  
Com a superioridade numérica, o Galo conseguiu encontrar espaços na defesa adversária e diminuiu. Aos 30, minutos, o lateral azulino Thiago Ennes tentou afastar a bola após cobrança de falta de Edy, mas jogou para dentro da própria rede. A reação, no entanto, começou tarde demais e parou por aí.
O Confiança volta a campo no dia 23 de junho, domingo, para enfrentar o Ferroviário, no Batistão. O Treze, por sua vez, joga no dia 24, segunda-feira, quando visita o Botafogo da Paraíba no Almeidão.