Forró e alegria contagiam ouvintes e turistas no evento comemorativo da Rádio Aperipê, no centro de Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/06/2019 às 22:56:00

 

Em clima de festa, os apresentadores da Rádio Aperipê AM 630, Flávio Lima e Zito Costa, conduziram a programação especial de 80 anos na manhã de ontem, 15, diretamente do Mercado Municipal Antônio Franco. Ouvintes assíduos e turistas que passavam no local foram envolvidos pelo som dos convidados Erivaldo de Carira e Paula Saldine.
O forró contagiante foi um dos personagens principais do evento que, segundo a diretora-presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap/SE), Conceição Vieira, tem o objetivo de aproximar ainda mais o público dos eventos de uma emissora que tem a cultura como principal ferramenta de comunicação. "Os integrantes da rádio, os artistas e o nosso público são essenciais para o fortalecimento da identidade do povo sergipano", afirma a presidente.
Com um total de 33 trabalhos gravados, o cantor Zito Costa integra o quadro de apresentadores da Rádio Aperipê há seis anos a frente do programa 'Sertanejando', exibido de segunda a sexta de 16h às 18h. "É uma alegria sem tamanho ver uma emissora de rádio pública com uma história tão grande, bonita e satisfatória para toda população de Sergipe", relata Zito Costa, que também apresenta o programa 'Nossa Terra, Nossa Gente' da TV Aperipê.
A rádio que há 80 anos leva cultura para os sergipanos também é berço de grandes artistas. Erivaldo de Carira lembra com carinho de seu início de carreira, pois foi a Rádio Aperipê - no programa de Clemilda 'Forró no Asfalto' em 1984 - a única que acolheu o lançamento de seu primeiro disco de vinil. "A rádio exerce um papel muito importante na divulgação da nossa cultura, toda direção e equipe estão de parabéns pelo grande sucesso do programa", declara Erivaldo.
A cantora sergipana Paula Saldine expressa o carinho pelo reconhecimento da rádio pública em dar oportunidade para os novos artistas da região. "Eu tenho apenas três anos de carreira e, mesmo com o pouco tempo de estrada, a Aperipê abraçou o meu trabalho. É um prazer fazer parte da comemoração de uma rádio que incentiva o nosso trabalho e a cultura do Estado", reconhece a cantora. A Rádio Aperipê também foi palco de artistas como Jailson do Acordeon, Lourinho do Acordeon, Robertinho dos oito baixos, entre muitos outros músicos que enaltecem o forró em Sergipe.
Um dos programas preferidos do senhor João Batista, ouvinte assíduo da Rádio que estava presente na comemoração, é o 'Sertanejando'. "Eu fiz questão de comparecer porque eu acompanho desde criança a programação da Aperipê, estou muito feliz em assistir ao vivo tudo acontecer", declara João, que já deixou claro que também vai prestigiar o programa a ser realizado amanhã, dia 16, no mercado Milton Santos, localizado no Augusto Franco, no período de 10h às 12h.

Em clima de festa, os apresentadores da Rádio Aperipê AM 630, Flávio Lima e Zito Costa, conduziram a programação especial de 80 anos na manhã de ontem, 15, diretamente do Mercado Municipal Antônio Franco. Ouvintes assíduos e turistas que passavam no local foram envolvidos pelo som dos convidados Erivaldo de Carira e Paula Saldine.
O forró contagiante foi um dos personagens principais do evento que, segundo a diretora-presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap/SE), Conceição Vieira, tem o objetivo de aproximar ainda mais o público dos eventos de uma emissora que tem a cultura como principal ferramenta de comunicação. "Os integrantes da rádio, os artistas e o nosso público são essenciais para o fortalecimento da identidade do povo sergipano", afirma a presidente.
Com um total de 33 trabalhos gravados, o cantor Zito Costa integra o quadro de apresentadores da Rádio Aperipê há seis anos a frente do programa 'Sertanejando', exibido de segunda a sexta de 16h às 18h. "É uma alegria sem tamanho ver uma emissora de rádio pública com uma história tão grande, bonita e satisfatória para toda população de Sergipe", relata Zito Costa, que também apresenta o programa 'Nossa Terra, Nossa Gente' da TV Aperipê.
A rádio que há 80 anos leva cultura para os sergipanos também é berço de grandes artistas. Erivaldo de Carira lembra com carinho de seu início de carreira, pois foi a Rádio Aperipê - no programa de Clemilda 'Forró no Asfalto' em 1984 - a única que acolheu o lançamento de seu primeiro disco de vinil. "A rádio exerce um papel muito importante na divulgação da nossa cultura, toda direção e equipe estão de parabéns pelo grande sucesso do programa", declara Erivaldo.
A cantora sergipana Paula Saldine expressa o carinho pelo reconhecimento da rádio pública em dar oportunidade para os novos artistas da região. "Eu tenho apenas três anos de carreira e, mesmo com o pouco tempo de estrada, a Aperipê abraçou o meu trabalho. É um prazer fazer parte da comemoração de uma rádio que incentiva o nosso trabalho e a cultura do Estado", reconhece a cantora. A Rádio Aperipê também foi palco de artistas como Jailson do Acordeon, Lourinho do Acordeon, Robertinho dos oito baixos, entre muitos outros músicos que enaltecem o forró em Sergipe.
Um dos programas preferidos do senhor João Batista, ouvinte assíduo da Rádio que estava presente na comemoração, é o 'Sertanejando'. "Eu fiz questão de comparecer porque eu acompanho desde criança a programação da Aperipê, estou muito feliz em assistir ao vivo tudo acontecer", declara João, que já deixou claro que também vai prestigiar o programa a ser realizado amanhã, dia 16, no mercado Milton Santos, localizado no Augusto Franco, no período de 10h às 12h.