Sergipe preenche 47 vagas do Programa Mais Médicos em 29 municípios

Geral

 

O governo de Sergi-
pe, através da Se-
cretaria de Estado da Saúde (SES), informa que os 47 médicos aprovados em edital do Programa Mais Médicos, lançado pelo Ministério da Saúde (MS) em 13 de maio deste ano para o preenchimento de vagas remanescentes em 29 municípios sergipanos, terão até sexta-feira (28), para se apresentarem nos locais para os quais foram designados.  Atualmente, dos 75 municípios que compõem o estado de Sergipe, 49 estão aderidos ao Programa, com 148 profissionais atuantes. Com a chegada dos novos médicos esse número passará a 195.
"Desde a saída dos médicos cubanos este é o segundo edital lançado pelo Ministério da Saúde e, das 54 vagas de Sergipe, temos 47 para preenchimento porque o município de Itabaiana que tinha oito vagas, só validou no sistema duas, e São Francisco que tinha uma vaga cancelou o pedido porque já havia contratado um profissional para substituir. Então, efetivamente, são 47 médicos distribuídos em 29 municípios. Eles têm até o dia 28 para se apresentar com a documentação necessária, o município vai conferir e, através do Sistema de Gerenciamento de Projetos, validará aquele médico. Assim que valida o profissional já pode começar a trabalhar", explicou a Referência Técnica do Programa em Sergipe pela SES, Elisa Leite.
Os municípios com mais vagas abertas são Nossa Senhora do Socorro, com cinco, Poço Redondo com quatro, Capela e Nossa Senhora da Glória, com três cada um. Os demais que receberão novos profissionais são: Arauá, Canindé de São Francisco, Carira, Cedro de São João, Gararu, Indiaroba, Itabaiana, Itabaianinha, Japoatã, Lagarto, Malhador, Monte Alegre, Neópolis, Nossa Senhora das Dores, Pedrinhas, Pirambu, Poço Verde, Porto da Folha, Propriá, Rosário do Catete, Salgado, Santa Luzia do Itanhy, Simão Dias, Tobias Barreto e Umbaúba.
"Todo o processo de inscrição, seleção e publicação da lista é feito via on-line direto com o Ministério da Saúde, nós da SES, junto com a Comissão de Coordenação Estadual (CCE) do Programa Mais Médicos, a partir do momento em que os profissionais chegam aos municípios, fazemos o acolhimento e começamos a passar todas as orientações necessárias como direitos e deveres dos profissionais, prestação de auxílio e apoio aos municípios verificando o que precisam, ajuda de custo para os médicos, moradia, enfim, todos os detalhes do Programa que estão previstos na portaria. A gente faz esse acolhimento, explica tudo e a partir daí, passamos a acompanhar a atuação deles nos municípios. Agora é aguardar que se apresentem e vamos ver se todos estarão com a documentação em ordem, se as vagas não forem totalmente preenchidas, as remanescentes serão abertas para médicos brasileiros com formação no exterior, como prevê o edital", disse Elisa.

O governo de Sergi- pe, através da Se- cretaria de Estado da Saúde (SES), informa que os 47 médicos aprovados em edital do Programa Mais Médicos, lançado pelo Ministério da Saúde (MS) em 13 de maio deste ano para o preenchimento de vagas remanescentes em 29 municípios sergipanos, terão até sexta-feira (28), para se apresentarem nos locais para os quais foram designados.  Atualmente, dos 75 municípios que compõem o estado de Sergipe, 49 estão aderidos ao Programa, com 148 profissionais atuantes. Com a chegada dos novos médicos esse número passará a 195.
"Desde a saída dos médicos cubanos este é o segundo edital lançado pelo Ministério da Saúde e, das 54 vagas de Sergipe, temos 47 para preenchimento porque o município de Itabaiana que tinha oito vagas, só validou no sistema duas, e São Francisco que tinha uma vaga cancelou o pedido porque já havia contratado um profissional para substituir. Então, efetivamente, são 47 médicos distribuídos em 29 municípios. Eles têm até o dia 28 para se apresentar com a documentação necessária, o município vai conferir e, através do Sistema de Gerenciamento de Projetos, validará aquele médico. Assim que valida o profissional já pode começar a trabalhar", explicou a Referência Técnica do Programa em Sergipe pela SES, Elisa Leite.
Os municípios com mais vagas abertas são Nossa Senhora do Socorro, com cinco, Poço Redondo com quatro, Capela e Nossa Senhora da Glória, com três cada um. Os demais que receberão novos profissionais são: Arauá, Canindé de São Francisco, Carira, Cedro de São João, Gararu, Indiaroba, Itabaiana, Itabaianinha, Japoatã, Lagarto, Malhador, Monte Alegre, Neópolis, Nossa Senhora das Dores, Pedrinhas, Pirambu, Poço Verde, Porto da Folha, Propriá, Rosário do Catete, Salgado, Santa Luzia do Itanhy, Simão Dias, Tobias Barreto e Umbaúba.
"Todo o processo de inscrição, seleção e publicação da lista é feito via on-line direto com o Ministério da Saúde, nós da SES, junto com a Comissão de Coordenação Estadual (CCE) do Programa Mais Médicos, a partir do momento em que os profissionais chegam aos municípios, fazemos o acolhimento e começamos a passar todas as orientações necessárias como direitos e deveres dos profissionais, prestação de auxílio e apoio aos municípios verificando o que precisam, ajuda de custo para os médicos, moradia, enfim, todos os detalhes do Programa que estão previstos na portaria. A gente faz esse acolhimento, explica tudo e a partir daí, passamos a acompanhar a atuação deles nos municípios. Agora é aguardar que se apresentem e vamos ver se todos estarão com a documentação em ordem, se as vagas não forem totalmente preenchidas, as remanescentes serão abertas para médicos brasileiros com formação no exterior, como prevê o edital", disse Elisa.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS