Brasil pronto para pegar o Paraguai

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O meia Allan ganhou a vaga de Casemiro na partida desta noite contra o Paraguai, pelas quartas de final da Copa Anérica-2019
O meia Allan ganhou a vaga de Casemiro na partida desta noite contra o Paraguai, pelas quartas de final da Copa Anérica-2019

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 26/06/2019 às 22:53:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
O encontro envol
vendo as seleções 
de Brasil e Paraguai abre nesta quinta-feira a fase de quartas de final da Copa América 2019. A partida terá como cenário a Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O início está marcado para 21h30 (horário de Brasília). O ganhador do confronto vai enfrentar nas semifinais quem levar a melhor no duelo envolvendo Venezuela e Argentina.
Sem poder contar com Casemiro, o treinador Tite adiantou que Allan será o dono da posição. Coincidentemente, esse mesmo adversário de hoje, eliminou o Brasil nas duas últimas edições da Copa América.
Jogadores e comissão técnica esperam que esse fantasma da eliminação, não seja um fator negativo para o desempenho do Brasil. Em coletiva de imprensa realizada na noite desta quarta-feira (26), o treinador avisou que o camisa 15 será o substituto de Casemiro, suspenso pelo segundo cartão amarelo. "Fernandinho não está 100% fisicamente. Não tem condições. Allan vai para o jogo", disparou Tite.
A partir de agora todos os encontros serão eliminatórios. O regulamento da competição continental estabelece que em caso de igualdade no tempo regulamentar a definição será feita em decisão por pênaltis nas quartas de final. A prorrogação só será adotada a partir das semifinais. 
A evolução apresentada na terceira partida significa que o conservador técnico Tite deverá manter a equipe para o encontro desta quinta-feira. O atacante Everton Cebolinha, do Grêmio, virou titular com David Neres assumindo a condição de reserva. A exceção fica por conta do volante Casemiro, suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos. Fernandinho é o maior candidato a assumir o posto.
A forma atual do Paraguai - O Paraguai foi o último time a conseguir um lugar nas quartas de final. Precisou contar com o empate entre Equador e Japão, por 1 a 1, na noite de segunda-feira, 24 de junho, para ficar com o segundo lugar destinado aos melhores terceiros colocados na repescagem. Se houvesse vitória de equatorianos ou japoneses, os paraguaios teriam completado sua participação na Copa América 2019 na primeira fase. Chegam ao estágio de quartas de final com a pior campanha entre os oito sobreviventes. Nas últimas dez partidas, a seleção paraguaia venceu apenas uma vez. Sofreu cinco derrotas e empatou quatro confrontos.
Prováveis escalações - BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Filipe Luís; Fernandinho, Arthur e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Everton. Técnico: Tite.
PARAGUAI: Gatito Fernández; Piris (Escobar), Gómez, Balbuena (Alonso) e Arzamendia; Rodrigo Rojas, Richard Sánchez; Oscar Romero (Matias Rojas) e Derlis Gonzalez; Almirón e Óscar Carozo (Santander). Técnico: Eduardo Berizzo.
Arbitragem de Roberto Tobar, auxiliado por Christian Scheimann e Claudio Rios, com Julio Bascuñan no VAR (quarteto chilenos).

O encontro envol vendo as seleções  de Brasil e Paraguai abre nesta quinta-feira a fase de quartas de final da Copa América 2019. A partida terá como cenário a Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O início está marcado para 21h30 (horário de Brasília). O ganhador do confronto vai enfrentar nas semifinais quem levar a melhor no duelo envolvendo Venezuela e Argentina.
Sem poder contar com Casemiro, o treinador Tite adiantou que Allan será o dono da posição. Coincidentemente, esse mesmo adversário de hoje, eliminou o Brasil nas duas últimas edições da Copa América.
Jogadores e comissão técnica esperam que esse fantasma da eliminação, não seja um fator negativo para o desempenho do Brasil. Em coletiva de imprensa realizada na noite desta quarta-feira (26), o treinador avisou que o camisa 15 será o substituto de Casemiro, suspenso pelo segundo cartão amarelo. "Fernandinho não está 100% fisicamente. Não tem condições. Allan vai para o jogo", disparou Tite.
A partir de agora todos os encontros serão eliminatórios. O regulamento da competição continental estabelece que em caso de igualdade no tempo regulamentar a definição será feita em decisão por pênaltis nas quartas de final. A prorrogação só será adotada a partir das semifinais. 
A evolução apresentada na terceira partida significa que o conservador técnico Tite deverá manter a equipe para o encontro desta quinta-feira. O atacante Everton Cebolinha, do Grêmio, virou titular com David Neres assumindo a condição de reserva. A exceção fica por conta do volante Casemiro, suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos. Fernandinho é o maior candidato a assumir o posto.

A forma atual do Paraguai - O Paraguai foi o último time a conseguir um lugar nas quartas de final. Precisou contar com o empate entre Equador e Japão, por 1 a 1, na noite de segunda-feira, 24 de junho, para ficar com o segundo lugar destinado aos melhores terceiros colocados na repescagem. Se houvesse vitória de equatorianos ou japoneses, os paraguaios teriam completado sua participação na Copa América 2019 na primeira fase. Chegam ao estágio de quartas de final com a pior campanha entre os oito sobreviventes. Nas últimas dez partidas, a seleção paraguaia venceu apenas uma vez. Sofreu cinco derrotas e empatou quatro confrontos.

Prováveis escalações - BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Filipe Luís; Fernandinho, Arthur e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Everton. Técnico: Tite.

PARAGUAI: Gatito Fernández; Piris (Escobar), Gómez, Balbuena (Alonso) e Arzamendia; Rodrigo Rojas, Richard Sánchez; Oscar Romero (Matias Rojas) e Derlis Gonzalez; Almirón e Óscar Carozo (Santander). Técnico: Eduardo Berizzo.

Arbitragem de Roberto Tobar, auxiliado por Christian Scheimann e Claudio Rios, com Julio Bascuñan no VAR (quarteto chilenos).