Socorro é campeão sergipano Sub-20 A2

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Jovens atletas do Socorro comemoram o primeiro título conquistado pela equipe que tem menos de um ano de fundação
Jovens atletas do Socorro comemoram o primeiro título conquistado pela equipe que tem menos de um ano de fundação

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 27/06/2019 às 22:45:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
A mais nova equipe 
profissional do fute-
bol sergipano já estreia com o pé direito. A equipe do Socorro Sport Club venceu o Estanciano por 3x0 na disputa de pênalti, depois de um empate em 2x2 no tempo normal e conquistou o título estadual. Além da conquista do troféu radialista Carlos Magno, a equipe ganhou a vaga para a Copa São Paulo de 2020.
No tempo normal acabou empatado o jogo em 2 a 2, ficando a decisão para ser definida nos tiros livres diretos da marca do pênalti. O "Siri" rubro-negro sagrou-se campeão e levou o troféu "Radialista Carlos Magno".
Um jogo emocionante tornou a tarde desta quarta-feira, mais alegre, principalmente, para aqueles que conquistaram o título da temporada do Sub-20 da Segunda Divisão Sergipana. O Socorro Sport Club, agremiação fundada no ano passado por Saulo Medeiros, levou a melhor, mesmo empatando no tempo normal, em 2 a 2, com o Estanciano.
No primeiro tempo de jogo os rubro-negros saíram com uma vitória parcial de 2 a 1, cedendo o empate somente na segunda etapa e levando a disputa para as cobranças de pênaltis. Daniel e Davi assinalaram para o "Siri" rubro-negro, enquanto Jackson e Valter marcaram para o Canarinho do Piauitinga, isso no tempo normal.
Nas cobranças de pênaltis, mais uma vez o SSC ditou a regra do jogo e venceu o EEC, por 3 a 0, e conquistou o caneco de campeão, que recebeu o nome do Radialista Carlos Magno, homenagem justa, feita pela Federação Sergipana de Futebol (FSF). O presidente da mentora, Milton Dantas, e o homenageado Carlos Magno, estiveram entregando a premiação aos campeões e vice-campeões do torneio.

A mais nova equipe  profissional do fute- bol sergipano já estreia com o pé direito. A equipe do Socorro Sport Club venceu o Estanciano por 3x0 na disputa de pênalti, depois de um empate em 2x2 no tempo normal e conquistou o título estadual. Além da conquista do troféu radialista Carlos Magno, a equipe ganhou a vaga para a Copa São Paulo de 2020.No tempo normal acabou empatado o jogo em 2 a 2, ficando a decisão para ser definida nos tiros livres diretos da marca do pênalti. O "Siri" rubro-negro sagrou-se campeão e levou o troféu "Radialista Carlos Magno".
Um jogo emocionante tornou a tarde desta quarta-feira, mais alegre, principalmente, para aqueles que conquistaram o título da temporada do Sub-20 da Segunda Divisão Sergipana. O Socorro Sport Club, agremiação fundada no ano passado por Saulo Medeiros, levou a melhor, mesmo empatando no tempo normal, em 2 a 2, com o Estanciano.
No primeiro tempo de jogo os rubro-negros saíram com uma vitória parcial de 2 a 1, cedendo o empate somente na segunda etapa e levando a disputa para as cobranças de pênaltis. Daniel e Davi assinalaram para o "Siri" rubro-negro, enquanto Jackson e Valter marcaram para o Canarinho do Piauitinga, isso no tempo normal.
Nas cobranças de pênaltis, mais uma vez o SSC ditou a regra do jogo e venceu o EEC, por 3 a 0, e conquistou o caneco de campeão, que recebeu o nome do Radialista Carlos Magno, homenagem justa, feita pela Federação Sergipana de Futebol (FSF). O presidente da mentora, Milton Dantas, e o homenageado Carlos Magno, estiveram entregando a premiação aos campeões e vice-campeões do torneio.