Argentina vence Venezuela e pega Brasil na semifinal

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 28/06/2019 às 21:42:00

 

A Argentina enfrentará o Brasil na semifinal da Copa América 2019. A bicampeã mundial venceu a Venezuela por 2 a 0, na tarde desta sexta-feira, no Maracanã, em duelo das quartas de final da competição, e segue viva no torneio. 
Lautaro Martínez e Lo Celso marcaram os gols do jogo. Na quinta-feira, a seleção brasileira eliminou o Paraguai nos pênaltis. Brasil e Argentina vão jogar na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Mineirão. Será a primeira vez que os dois rivais se enfrentam em um confronto de mata-mata. 
A Argentina apostou na pressão com o jogo aéreo logo no começo. O gol de Lautaro saiu justamente em uma dessas jogadas pelo alto. Depois do gol, os argentinos tiraram o pé, mas não perderam o controle da partida em nenhum momento da primeira etapa. 
A bicampeã do mundo teve boa chance de fazer o segundo no início da etapa final, mas Lautaro acertou a trave. Assim como aconteceu no primeiro tempo, a Argentina diminuiu o ritmo e se limitou a defender. Os argentinos chegaram a sofrer certa pressão da Venezuela, mas tranquilizaram a torcida com gol de Lo Celso. 
A Venezuela ganhou respeito ao segurar o Brasil e se classificar em segundo lugar do grupo A., porém, o mesmo futebol não foi visto no jogo de hoje contra a Argentina. Os venezuelanos começaram muito mal e logo sofreram gol. É verdade que melhoraram um pouco depois, mas nada que assustasse a meta de Armani. No segundo tempo, a Venezuela se lançou mais ao ataque precisando do empate. Soteldo, meia-atacante do Santos, entrou no lugar do zagueiro Mago em uma aposta do técnico Dudamel de mudar o jogo. Hernández teve ótima oportunidade nas costas da defesa argentina.

A Argentina enfrentará o Brasil na semifinal da Copa América 2019. A bicampeã mundial venceu a Venezuela por 2 a 0, na tarde desta sexta-feira, no Maracanã, em duelo das quartas de final da competição, e segue viva no torneio. 
Lautaro Martínez e Lo Celso marcaram os gols do jogo. Na quinta-feira, a seleção brasileira eliminou o Paraguai nos pênaltis. Brasil e Argentina vão jogar na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Mineirão. Será a primeira vez que os dois rivais se enfrentam em um confronto de mata-mata. 
A Argentina apostou na pressão com o jogo aéreo logo no começo. O gol de Lautaro saiu justamente em uma dessas jogadas pelo alto. Depois do gol, os argentinos tiraram o pé, mas não perderam o controle da partida em nenhum momento da primeira etapa. 
A bicampeã do mundo teve boa chance de fazer o segundo no início da etapa final, mas Lautaro acertou a trave. Assim como aconteceu no primeiro tempo, a Argentina diminuiu o ritmo e se limitou a defender. Os argentinos chegaram a sofrer certa pressão da Venezuela, mas tranquilizaram a torcida com gol de Lo Celso. 
A Venezuela ganhou respeito ao segurar o Brasil e se classificar em segundo lugar do grupo A., porém, o mesmo futebol não foi visto no jogo de hoje contra a Argentina. Os venezuelanos começaram muito mal e logo sofreram gol. É verdade que melhoraram um pouco depois, mas nada que assustasse a meta de Armani. No segundo tempo, a Venezuela se lançou mais ao ataque precisando do empate. Soteldo, meia-atacante do Santos, entrou no lugar do zagueiro Mago em uma aposta do técnico Dudamel de mudar o jogo. Hernández teve ótima oportunidade nas costas da defesa argentina.