Forró Caju 2019 animou os festejos juninos da capital sergipana

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 01/07/2019 às 23:00:00

 

O Forró Caju 2019 encerrou a sua 25ª edição no último final de semana e já deixou saudades. Sergipanos e turistas se despediram dos festejos juninos em duas noites de festa com atrações locais e nacionais que se dividiram entre o palco principal, Luiz Gonzaga, e o Arraial da Clemilda, nos dias 28 e 29 de junho. O evento, realizado pela Prefeitura de Aracaju, com patrocínio do Ministério do Turismo, também ofereceu apresentações culturais e de quadrilhas ao público que lotou a praça de eventos Hilton Lopes, localizada na região dos mercados centrais da capital sergipana.
Na noite de sexta-feira, 28, Avine Vinny, Luan Estilizado, Trio Nordestino e Márcia Fellipe animaram o público no palco Luiz Gonzaga. Reconhecido no cenário nacional, Avine Vinny trouxe um estilo mais moderno para aracajuanos e turistas. Assim como, o paraibano Luan Estilizado, que sem largar a sanfona,  fez o público cantar em uma só voz com suas músicas. A origem e trajetória do forró foram lembradas pelo público com o show de Trio Nordestino. Os integrantes homenagearam o centenário de Jackson do Pandeiro e os grandes mestres do forró: Dominguinhos, Luiz Gonzaga e Marinês, além de Lindú, Cobra e Coroné, fundadores do Trio. Uma das maiores vozes do forró eletrônico, Márcia Felipe, também teve um espaço especial na festa levando ao público a sua nova música, Drive Thru, gravada com o cantor Gusttavo Lima, e um repertório eclético.
Já o último dia de festa contou com Solange Almeida, Jeanny Lins e Dedé Brasil, Lourinho do Acordeon e Jonas Esticado. Pela primeira vez em carreira solo no Forró Caju, Solange encantou o público com o repertório do seu novo o EP 'Essência'. Jeanny Lins e Dedé Brasil relembraram sucessos da época em que fizeram parte da Banda Forró Maior e fizeram com que o público voltasse no tempo ao som de clássicos de 15 anos atrás. O autêntico forró pé-de-serra foi trazido por Lourinho do Acordeon que prestigiou cantores consagrados da região Nordeste, como Dominguinhos e Luiz Gonzaga, durante o seu show. A 25ª edição encerrou com o cantor Jonas Esticado, atração bastante aguardada, principalmente pelos amantes da mistura do forró com sertanejo.

O Forró Caju 2019 encerrou a sua 25ª edição no último final de semana e já deixou saudades. Sergipanos e turistas se despediram dos festejos juninos em duas noites de festa com atrações locais e nacionais que se dividiram entre o palco principal, Luiz Gonzaga, e o Arraial da Clemilda, nos dias 28 e 29 de junho. O evento, realizado pela Prefeitura de Aracaju, com patrocínio do Ministério do Turismo, também ofereceu apresentações culturais e de quadrilhas ao público que lotou a praça de eventos Hilton Lopes, localizada na região dos mercados centrais da capital sergipana.
Na noite de sexta-feira, 28, Avine Vinny, Luan Estilizado, Trio Nordestino e Márcia Fellipe animaram o público no palco Luiz Gonzaga. Reconhecido no cenário nacional, Avine Vinny trouxe um estilo mais moderno para aracajuanos e turistas. Assim como, o paraibano Luan Estilizado, que sem largar a sanfona,  fez o público cantar em uma só voz com suas músicas. A origem e trajetória do forró foram lembradas pelo público com o show de Trio Nordestino. Os integrantes homenagearam o centenário de Jackson do Pandeiro e os grandes mestres do forró: Dominguinhos, Luiz Gonzaga e Marinês, além de Lindú, Cobra e Coroné, fundadores do Trio. Uma das maiores vozes do forró eletrônico, Márcia Felipe, também teve um espaço especial na festa levando ao público a sua nova música, Drive Thru, gravada com o cantor Gusttavo Lima, e um repertório eclético.
Já o último dia de festa contou com Solange Almeida, Jeanny Lins e Dedé Brasil, Lourinho do Acordeon e Jonas Esticado. Pela primeira vez em carreira solo no Forró Caju, Solange encantou o público com o repertório do seu novo o EP 'Essência'. Jeanny Lins e Dedé Brasil relembraram sucessos da época em que fizeram parte da Banda Forró Maior e fizeram com que o público voltasse no tempo ao som de clássicos de 15 anos atrás. O autêntico forró pé-de-serra foi trazido por Lourinho do Acordeon que prestigiou cantores consagrados da região Nordeste, como Dominguinhos e Luiz Gonzaga, durante o seu show. A 25ª edição encerrou com o cantor Jonas Esticado, atração bastante aguardada, principalmente pelos amantes da mistura do forró com sertanejo.