Arrecadação estadual tem queda de R$ 136 milhões em junho

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 01/07/2019 às 23:15:00

 

A forte queda nos re-
passes do FPE alia-
da ao comportamento ruim das demais receitas estaduais provocaram uma queda na arrecadação do Estado de R$ 136 milhões no mês de junho em comparação com maio, reforçando o cenário de instabilidade da economia.
As receitas orçamentárias em junho somaram R$ 824,9 milhões em maio, enquanto o mês de junho fechou em R$ 688 milhões. No caso exclusivo do FPE, o Estado de Sergipe fecha o mês de junho com uma queda de R$ 65,5 milhões nos repasses do FPE em comparação com o mês imediatamente anterior, superando as estimativas divulgadas no início do mês pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que apontava para um repasse de R$ 59 milhões a menos em relação a maio.
No dia 10 deste mês - data que corresponde ao depósito da primeira parcela do FPE -, o repasse apresentou uma queda de R$ 81,5 milhões, com uma recuperação de R$ 28,2 milhões na parcela do dia 20 e uma nova queda neste dia 30 de R$ 12,1 milhões. No fechamento do mês de junho/2019, os valores transferidos pela União para Sergipe resultam em um saldo negativo de R$ 65,5 milhões, na comparação com o mês de maio.
De acordo com os números disponibilizados no site da Secretaria do Tesouro Nacional, o cenário em 2019 foi ainda pior que os meses de maio e junho do ano passado, quando a queda comparativa de um mês para o outro alcançou o montante de R$ 22,2 milhões. Se observados exclusivamente os números relativos a junho de 2018 em comparação com 2019, o Estado de Sergipe terá o registro de R$ 14,3 milhões a menos em suas contas, em função de repasses menores este ano.

A forte queda nos re- passes do FPE alia- da ao comportamento ruim das demais receitas estaduais provocaram uma queda na arrecadação do Estado de R$ 136 milhões no mês de junho em comparação com maio, reforçando o cenário de instabilidade da economia.
As receitas orçamentárias em junho somaram R$ 824,9 milhões em maio, enquanto o mês de junho fechou em R$ 688 milhões. No caso exclusivo do FPE, o Estado de Sergipe fecha o mês de junho com uma queda de R$ 65,5 milhões nos repasses do FPE em comparação com o mês imediatamente anterior, superando as estimativas divulgadas no início do mês pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que apontava para um repasse de R$ 59 milhões a menos em relação a maio.
No dia 10 deste mês - data que corresponde ao depósito da primeira parcela do FPE -, o repasse apresentou uma queda de R$ 81,5 milhões, com uma recuperação de R$ 28,2 milhões na parcela do dia 20 e uma nova queda neste dia 30 de R$ 12,1 milhões. No fechamento do mês de junho/2019, os valores transferidos pela União para Sergipe resultam em um saldo negativo de R$ 65,5 milhões, na comparação com o mês de maio.
De acordo com os números disponibilizados no site da Secretaria do Tesouro Nacional, o cenário em 2019 foi ainda pior que os meses de maio e junho do ano passado, quando a queda comparativa de um mês para o outro alcançou o montante de R$ 22,2 milhões. Se observados exclusivamente os números relativos a junho de 2018 em comparação com 2019, o Estado de Sergipe terá o registro de R$ 14,3 milhões a menos em suas contas, em função de repasses menores este ano.