Regulação de serviços de saúde será ampliada em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/07/2019 às 23:10:00

 

O Consórcio Intermunicipal do Vale do São Francisco (CONIVALES) inicia a primeira gestão associada de serviços com o credenciamento de prestadores de serviços ambulatoriais de média complexidade. 
 A primeira chamada pública consorciada do estado de Sergipe irá atender à demanda de 22 municípios sergipanos, totalizando uma população aproximada de 300 mil habitantes e resolver uma problemática que se arrasta há anos na área da Saúde nos municípios.
 Segundo o presidente do Conivales, Franklin Freire, com o serviço de regulação, o Consórcio irá ofertar na Saúde mais de 500 procedimentos. "Exames de imagem e laboratoriais, consultas especializadas e pequenos procedimentos, além dos exames de patologia clínica, aumentando a oferta para os municípios e resolvendo problemas antigos", destacou o presidente.
 Atualmente a fila de espera de uma ressonância pode chegar a um ano e não é diferente com outros exames como a tomografia. Procedimentos mais simples, como uma ultrassonografia, chega a meses de espera. Com a regulação, os prestadores têm tempo determinado para execução e o consórcio para pagamento, fortalecendo a relação comercial entre as partes, pois haverá garantia a ambos lados.
 Franklin considera ainda que "este é um avanço na saúde e estima em breve colher os frutos de uma população com altos índices de qualidades de vida", concluiu.
Chamamento Público - O CONIVALES abriu edital de chamamento público para empresas de saúde instaladas em Sergipe para prestação de serviços ambulatoriais e de média e alta complexidade. O credenciamento teve início no dia 28 de junho, permanecerá por 12 meses e deverá ser realizado na Rua Francisco Gumercindo Bessa, 173, Grageru - Aracaju, sede do Consórcio.

O Consórcio Intermunicipal do Vale do São Francisco (CONIVALES) inicia a primeira gestão associada de serviços com o credenciamento de prestadores de serviços ambulatoriais de média complexidade. 
 A primeira chamada pública consorciada do estado de Sergipe irá atender à demanda de 22 municípios sergipanos, totalizando uma população aproximada de 300 mil habitantes e resolver uma problemática que se arrasta há anos na área da Saúde nos municípios.
 Segundo o presidente do Conivales, Franklin Freire, com o serviço de regulação, o Consórcio irá ofertar na Saúde mais de 500 procedimentos. "Exames de imagem e laboratoriais, consultas especializadas e pequenos procedimentos, além dos exames de patologia clínica, aumentando a oferta para os municípios e resolvendo problemas antigos", destacou o presidente.
 Atualmente a fila de espera de uma ressonância pode chegar a um ano e não é diferente com outros exames como a tomografia. Procedimentos mais simples, como uma ultrassonografia, chega a meses de espera. Com a regulação, os prestadores têm tempo determinado para execução e o consórcio para pagamento, fortalecendo a relação comercial entre as partes, pois haverá garantia a ambos lados.
 Franklin considera ainda que "este é um avanço na saúde e estima em breve colher os frutos de uma população com altos índices de qualidades de vida", concluiu.

Chamamento Público - O CONIVALES abriu edital de chamamento público para empresas de saúde instaladas em Sergipe para prestação de serviços ambulatoriais e de média e alta complexidade. O credenciamento teve início no dia 28 de junho, permanecerá por 12 meses e deverá ser realizado na Rua Francisco Gumercindo Bessa, 173, Grageru - Aracaju, sede do Consórcio.