Memória Viva da Medicina Sergipana é lançada com sucesso na capital

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 03/07/2019 às 22:52:00

 

A Sociedade Médica de Sergipe (Somese) lançou no final de junho, o Projeto Memória Viva da Medicina Sergipana, um documentário que conta a história de vida e profissional de 30 médicos sergipanos com sua legitimidade e protagonismo peculiares que tem o objetivo de preservar e disponibilizar um acervo histórico e cultural da área médica no Museu da Gente Sergipana.
O projeto contempla a necessidade de tornar acessíveis essas memórias, através de vídeos, fotos e textos, disponibilizados em meio físico e virtual, fazendo uma justa homenagem em vida a cada profissional, para que futuras gerações de médicos conheçam o trabalho desenvolvido em sua determinada área e o que conseguiram fazer pela medicina.
De acordo com o professor e presidente da Somese, José Aderval Aragão, esse projeto demonstra uma grandiosidade para a história da medicina sergipana. "A atual gestão da Somese percebeu a importância de homenagear e registrar os profissionais ainda em vida para que cada história inspire as novas gerações e os futuros médicos", enfatizou Dr. Aderval.
Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (Sobrames) e membro da Comissão do Acervo, Lúcio Prado, a obra reúne um grupo de médicos que construíram uma história na medicina sergipana. "No momento da gravação, o entrevistado coloca as suas manifestações e conta sua história e um grupo de entrevistadores médicos fazem as interlocuções para que se possa seguir uma linha cronológica e, dessa forma, montamos todo o Acervo", pontuou Lúcio.
Para o médico oncologista e hematologista, José Geraldo Dantas Bezerra, um dos 30 médicos homenageados, recebe com muita honra a homenagem. "É com uma satisfação muito grande que estou aqui hoje porque, afinal de contas, é um reconhecimento de um trabalho que a gente vem desenvolvendo há mais de 40 anos em Sergipe", agradeceu Dr. Geraldo.
Outra homenageada, a ginecologista e obstetra, Ildete Soares Caldas, enaltece o lançamento da obra que batiza de memorável. "Vamos deixar para as gerações futuras a história desses médicos que lutaram pela profissão e que se dedicaram à vida profissional. Os nossos descendentes terão uma coisa viva da nossa história", concluiu.
Homenagem Póstuma - No obra, a Somese, também prestou uma homenagem póstuma aos médicos Cleovansóstenes Pereira de Aguiar, Hugo Bezerra Gurgel, Hyder Bezerra Gurgel, Alexandre Gomes de Menezes Neto e José Augusto Soares Barreto que não participaram das gravações e não tiveram seus depoimentos registrados.
Lista dos 30 Médicos homenageados: Antônio Leite Cruz, Cleômenes Reis de Almeida Barretto, Dalmo Machado Melo, Delso Bringel Calheiros, Dietrich Wilhelm Todt, Djenal Gonçalves Soares, Eduardo Antônio Conde Garcia, Everton de Oliveira, Fedro Menezes Portugal, Francisco Guimarães Rollemberg, Francisco Prado Reis, Gilson Soares Feitosa, Hélio Araújo Oliveira, Ildete Soares Caldas, Iracema Barbosa Carneiro Leão, Jacy Meirelles Carvalho, José Abud, José Alves da Silveira, José Geraldo Dantas Bezerra, José Hamilton Maciel Silva, José Teles de Mendonça, Magali Dias Carvalho, Marcos Teles de Melo, Melício Rezende Machado, Raulino Galrão Lima, Reges Almeida Meira, Rosa Maria Sampaio Vilanova de Carvalho, Sinval Andrade dos Santos, Vollmer Bomfim e Zulmira Freire Rezende.

A Sociedade Médica de Sergipe (Somese) lançou no final de junho, o Projeto Memória Viva da Medicina Sergipana, um documentário que conta a história de vida e profissional de 30 médicos sergipanos com sua legitimidade e protagonismo peculiares que tem o objetivo de preservar e disponibilizar um acervo histórico e cultural da área médica no Museu da Gente Sergipana.
O projeto contempla a necessidade de tornar acessíveis essas memórias, através de vídeos, fotos e textos, disponibilizados em meio físico e virtual, fazendo uma justa homenagem em vida a cada profissional, para que futuras gerações de médicos conheçam o trabalho desenvolvido em sua determinada área e o que conseguiram fazer pela medicina.
De acordo com o professor e presidente da Somese, José Aderval Aragão, esse projeto demonstra uma grandiosidade para a história da medicina sergipana. "A atual gestão da Somese percebeu a importância de homenagear e registrar os profissionais ainda em vida para que cada história inspire as novas gerações e os futuros médicos", enfatizou Dr. Aderval.
Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (Sobrames) e membro da Comissão do Acervo, Lúcio Prado, a obra reúne um grupo de médicos que construíram uma história na medicina sergipana. "No momento da gravação, o entrevistado coloca as suas manifestações e conta sua história e um grupo de entrevistadores médicos fazem as interlocuções para que se possa seguir uma linha cronológica e, dessa forma, montamos todo o Acervo", pontuou Lúcio.
Para o médico oncologista e hematologista, José Geraldo Dantas Bezerra, um dos 30 médicos homenageados, recebe com muita honra a homenagem. "É com uma satisfação muito grande que estou aqui hoje porque, afinal de contas, é um reconhecimento de um trabalho que a gente vem desenvolvendo há mais de 40 anos em Sergipe", agradeceu Dr. Geraldo.
Outra homenageada, a ginecologista e obstetra, Ildete Soares Caldas, enaltece o lançamento da obra que batiza de memorável. "Vamos deixar para as gerações futuras a história desses médicos que lutaram pela profissão e que se dedicaram à vida profissional. Os nossos descendentes terão uma coisa viva da nossa história", concluiu.

Homenagem Póstuma - No obra, a Somese, também prestou uma homenagem póstuma aos médicos Cleovansóstenes Pereira de Aguiar, Hugo Bezerra Gurgel, Hyder Bezerra Gurgel, Alexandre Gomes de Menezes Neto e José Augusto Soares Barreto que não participaram das gravações e não tiveram seus depoimentos registrados.
Lista dos 30 Médicos homenageados: Antônio Leite Cruz, Cleômenes Reis de Almeida Barretto, Dalmo Machado Melo, Delso Bringel Calheiros, Dietrich Wilhelm Todt, Djenal Gonçalves Soares, Eduardo Antônio Conde Garcia, Everton de Oliveira, Fedro Menezes Portugal, Francisco Guimarães Rollemberg, Francisco Prado Reis, Gilson Soares Feitosa, Hélio Araújo Oliveira, Ildete Soares Caldas, Iracema Barbosa Carneiro Leão, Jacy Meirelles Carvalho, José Abud, José Alves da Silveira, José Geraldo Dantas Bezerra, José Hamilton Maciel Silva, José Teles de Mendonça, Magali Dias Carvalho, Marcos Teles de Melo, Melício Rezende Machado, Raulino Galrão Lima, Reges Almeida Meira, Rosa Maria Sampaio Vilanova de Carvalho, Sinval Andrade dos Santos, Vollmer Bomfim e Zulmira Freire Rezende.