Divulgados nomes de suspeitos por assalto em posto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A SSP divulgou as fotos dos dois acusados
A SSP divulgou as fotos dos dois acusados

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 03/07/2019 às 23:05:00

 

A Polícia Civil detalhou na manhã de ontem as investigações que levaram à identificação de dois homens que assaltaram dois funcionários de uma construtora em um posto da rede Petrox na esquina das avenidas Beira-Mar e Anísio Azevedo, na 13 de Julho (zona sul). O crime aconteceu em 15 de maio. De acordo com o Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), o crime foi cometido pelos ex-presidiários Ferdinando Nolasco do Nascimento, 35 anos, e Diego Dantas Viana Souza, 23.
Segundo a delegada Juliana Alcoforado, os policiais chegaram às identidades dos dois homens envolvidos ainda nos primeiros dias de investigação, através de imagens de câmeras segurança do posto. Elas foram divulgadas 15 dias depois do crime e somaram-se a outras informações levantadas pelo Depatri, com o apoio da Divisão de Inteligência Policial (Dipol) e do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur). "Fizemos um retrospecto do que eles executaram no dia do crime e conseguimos obter imagens deles antes que o roubo fosse executado e a partir dai não houve dúvidas que se trata deles dois, divulgamos essas imagens e pedimos à população que nos ajude a reconhecê-los", explicou ela.  
Apurou-se ainda que Ferdinando Nolasco já teve passagem por crimes de roubo, enquanto Diego Viana respondeu por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ainda segundo a delegada, os suspeitos também estão envolvidos em outros crimes semelhantes. Os funcionários tinham acabado de sacar R$ 170 mil em dinheiro para fazer os pagamentos dos salários dos funcionários da empresa, quando foram surpreendidos pela dupla. 
A delegada pede o apoio da população para que a Polícia chegue até os suspeitos do assalto. Qualquer informação que leve até os suspeitos deve ser repassada através do Disque Denúncia 181. O sigilo é garantido.

A Polícia Civil detalhou na manhã de ontem as investigações que levaram à identificação de dois homens que assaltaram dois funcionários de uma construtora em um posto da rede Petrox na esquina das avenidas Beira-Mar e Anísio Azevedo, na 13 de Julho (zona sul). O crime aconteceu em 15 de maio. De acordo com o Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri), o crime foi cometido pelos ex-presidiários Ferdinando Nolasco do Nascimento, 35 anos, e Diego Dantas Viana Souza, 23.
Segundo a delegada Juliana Alcoforado, os policiais chegaram às identidades dos dois homens envolvidos ainda nos primeiros dias de investigação, através de imagens de câmeras segurança do posto. Elas foram divulgadas 15 dias depois do crime e somaram-se a outras informações levantadas pelo Depatri, com o apoio da Divisão de Inteligência Policial (Dipol) e do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur). "Fizemos um retrospecto do que eles executaram no dia do crime e conseguimos obter imagens deles antes que o roubo fosse executado e a partir dai não houve dúvidas que se trata deles dois, divulgamos essas imagens e pedimos à população que nos ajude a reconhecê-los", explicou ela.  
Apurou-se ainda que Ferdinando Nolasco já teve passagem por crimes de roubo, enquanto Diego Viana respondeu por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ainda segundo a delegada, os suspeitos também estão envolvidos em outros crimes semelhantes. Os funcionários tinham acabado de sacar R$ 170 mil em dinheiro para fazer os pagamentos dos salários dos funcionários da empresa, quando foram surpreendidos pela dupla. 
A delegada pede o apoio da população para que a Polícia chegue até os suspeitos do assalto. Qualquer informação que leve até os suspeitos deve ser repassada através do Disque Denúncia 181. O sigilo é garantido.