Seleção Brasileira volta ao Maracanã após seis anos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Pela primeira vez, Tite comanda a Seleção Brasileira no estádio mais famoso do mundo, o Maracanã
Pela primeira vez, Tite comanda a Seleção Brasileira no estádio mais famoso do mundo, o Maracanã

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/07/2019 às 00:37:00

 

Demorou, mas a Seleção Brasileira está voltando para o estádio mais famoso do mundo. No próximo domingo, a Amarelinha finalmente reencontrará o Maracanã pela final da Copa América 2019. A última vez que o Brasil jogou no Maracanã foi na final da Copa das Confederações de 2013, e as lembranças são boas: vitória por 3 a 0 sobre a Espanha, festa da torcida e mais um título para a conta.
A partida no Maracanã significará muito para o grupo da Seleção, já que a maior parte dos atuais jogadores do Brasil não estiveram na decisão de 2013. Daquele time, só Daniel Alves, Thiago Silva e Filipe Luís permanecem no elenco. Além deles, Gabriel Jesus e Marquinhos também já atuaram com a Canarinho no estádio, mas não foi pela Seleção Principal. No Maracanã, disputaram e ganharam dois jogos na conquista do ouro nos Jogos Olímpicos 2016.
Será, portanto, a primeira vez no Maraca com a Seleção Brasileira para todos os outros 17 jogadores do time. Para alguns deles, o jogo terá sabor ainda mais especial. É o caso de Roberto Firmino, por exemplo, que nunca jogou no estádio. O atacante, que se transferiu cedo ao futebol europeu, não chegou a atuar no Maracanã pelo Figueirense, e agora terá a oportunidade com a Amarelinha.
-  É minha primeira vez, espero que seja uma grande final, que consigamos fazer um grande jogo e sair com a vitória. Desde que chegamos aqui, o foco era esse, e o sonho foi chegando mais perto - descreveu o atacante.
Comandante da Seleção, o técnico Tite já cansou de trabalhar no Maracanã durante seu tempo no futebol brasileiro. Entre passagens por Corinthians, Palmeiras, Internacional e tantos outros clubes, foram incontáveis partidas no estádio carioca. Mas, desde que assumiu a Seleção Brasileira, ele ainda não visitou o Maraca. E contava os dias para que tivesse essa oportunidade.

Demorou, mas a Seleção Brasileira está voltando para o estádio mais famoso do mundo. No próximo domingo, a Amarelinha finalmente reencontrará o Maracanã pela final da Copa América 2019. A última vez que o Brasil jogou no Maracanã foi na final da Copa das Confederações de 2013, e as lembranças são boas: vitória por 3 a 0 sobre a Espanha, festa da torcida e mais um título para a conta.
A partida no Maracanã significará muito para o grupo da Seleção, já que a maior parte dos atuais jogadores do Brasil não estiveram na decisão de 2013. Daquele time, só Daniel Alves, Thiago Silva e Filipe Luís permanecem no elenco. Além deles, Gabriel Jesus e Marquinhos também já atuaram com a Canarinho no estádio, mas não foi pela Seleção Principal. No Maracanã, disputaram e ganharam dois jogos na conquista do ouro nos Jogos Olímpicos 2016.
Será, portanto, a primeira vez no Maraca com a Seleção Brasileira para todos os outros 17 jogadores do time. Para alguns deles, o jogo terá sabor ainda mais especial. É o caso de Roberto Firmino, por exemplo, que nunca jogou no estádio. O atacante, que se transferiu cedo ao futebol europeu, não chegou a atuar no Maracanã pelo Figueirense, e agora terá a oportunidade com a Amarelinha.
-  É minha primeira vez, espero que seja uma grande final, que consigamos fazer um grande jogo e sair com a vitória. Desde que chegamos aqui, o foco era esse, e o sonho foi chegando mais perto - descreveu o atacante.
Comandante da Seleção, o técnico Tite já cansou de trabalhar no Maracanã durante seu tempo no futebol brasileiro. Entre passagens por Corinthians, Palmeiras, Internacional e tantos outros clubes, foram incontáveis partidas no estádio carioca. Mas, desde que assumiu a Seleção Brasileira, ele ainda não visitou o Maraca. E contava os dias para que tivesse essa oportunidade.